História Mayu - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Anime, Neko
Exibições 11
Palavras 365
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Visual Novel

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


OIIIIIII, eu demorei pra caramba pra postar... nossa e-e
Bom, sorry, mas estou muito ocupada nesses dias...

Capítulo 2 - Takashi, estou doente !!!!


Fanfic / Fanfiction Mayu - Capítulo 2 - Takashi, estou doente !!!!

 

Mayu estava em meu quarto com dois computadores jogando jogos online e interagindo com seus amigos virtuais, e comendo batatas chips(sim, eu acabei comprando no mercado por teimosia dela) ela não vai a escola diz que prefere ficar em casa dormindo e jogando. Ela era teimosa divertida e tenta ser engraçada mas, suas piadas são muito ruins. No momento, estava fazendo meu dever de casa pois, eu tinha a recém voltado da escola. Então Mayu se aproxima:

-O que é um átomo?

Diz a garota curiosa.

-É o nome dado ao formador da matéria ou seja tudo aquilo que ocupa espaço e possui massa.

-Hum... Interessante.

 

Aquele silencio me matava, eu observei a Mayu debruçada sobre seus braços me olhando na ponta da mesa na qual estava fazendo dever de casa. Então precisei dizer algo para quebrar o silencio:

- Esta com fome?

-Não

Disse a garota desinteressada lambendo as mãos, então comecei a observar. Mayu tinha longos cabelos pretos com pontas brancas e suas orelhas e seu rabo de gata, era branco . Sim, ela era uma gata de pelos brancos isso origina a cor de seu rabo e orelhas.

Depois de alguns dias Mayu se adaptou...

 

Depois que adaptei um certo dia eu estava sentada no lado da janela do ônibus, e ficava observando o Takashi, e quando nossos olhares se cruzavam ficava vermelha. E quando ele chegava perto de uma garota meu coração batia forte... Eu não sabia o que era mas tinha vergonha de contar pois tinha medo de veterinário. Quer dizer medico. Não sei se estou doente ou algo do tipo... Só sei que existem sentimentos de tristeza e de alegria. Quando não estou fazendo nada de produtivo penso nele....O que será que é?

 

Pela convivência que tive com Mayu, esses dias ela estava meia estranha qualquer coisa que fazia era um motivo dela ficar vermelha. Certo dia Mayu estava chorando, e foi diretamente para seu quarto então fui atrás dela de fininho então eu vi pela fresta da porta ela falando

                -Eu não aguento mais, não quero ir ao medico.

               

Então entrei e Mayu ficou vermelha paralisada.

-O que ouve?

 -Estou doente e não quero ir ao medico....

Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...