História Me Apaixonei... - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Iris, Kentin, Kim, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Rosalya, Senhora Shermansky
Tags Amor Doce, Castiel, Drama, Lysandre, Romance
Exibições 236
Palavras 551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


MEUSZAMOR, Primeiramente desculpa pelo cap pequeno!
Segundamente, AEEEEEEEEEEEEE CARALEEEEEEEO. FINALMENTE O CAPITULO MAIS ESPERADO, BOA LEITURA E TCHAU!
OPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, UHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU! <3

Capítulo 19 - Água e nós?


Fanfic / Fanfiction Me Apaixonei... - Capítulo 19 - Água e nós?

''Você foi o melhor que me aconteceu...''

Eu simplesmente abraço ele, e sinto seu coração acelerado.

- Qual a surpresa?

- Bom... – Ele me puxa, e ajeita meus cabelos atrás da orelha.

- Desde que você faltou aquele dia na escola, eu percebi que devia parar de fazer o que fazia. Eu só descontava em você a raiva que eu tinha da... Enfim, eu nunca quis te fazer mal, você já sabe disso, mas há um tempo eu venho querendo te falar:

Ele abre um sorriso de derreter corações e olha nos fundos dos meus olhos;

- Se amar de verdade é desejar sempre o teu abraço, se é não conseguir controlar o sorriso bobo ao falar contigo, se é conversar quase todos os dias e ainda assim sentir saudades... Se amar de verdade é me sentir super mal quando vejo que você não está bem e eu não posso ajudar, se é querer acima de tudo a sua felicidade, se é sentir uma angústia enorme só em pensar em te perder... Se amar de verdade é ir dormir pensando em nós dois e imaginar possíveis ou até impossíveis momentos juntos, se é ver em ti a melhor pessoa pra mim, se é desejar te ter por perto mais que qualquer outra pessoa do mundo... Então, é. Eu te amo de verdade!!!

- Eu percebi que era amor quando depois do ‘’Boa noite’’ havia uma vontade incontrolável de dizer ‘’Eu te amo’’. – Falo abrindo um sorriso largo no rosto. – Castiel, eu te amo.

Ele me olha como se não acreditasse no que eu acabei de dizer, e um sorriso de derreter corações se forma em seus lábios me fazendo suspirar.

- Ate que enfim. – Ele suspira perplexo.

Ele envolve seus braços em minha cintura me puxando para mais perto de si colando nossos corpos molhados pela chuva, seu delicioso cheiro preenche meus pulmões, me deixando em transe.

Ele aproximou cada vez mais o rosto do meu, fazendo com que sua respiração batesse contra minha pele. Ele põe sua mão em meu rosto, e meus olhos se fecham ao sentir finalmente nossos lábios se encostarem.

Uma sensação de arrepios me corrói ao sentir seus lábios macios aos meus, minhas mãos se arrastam para sua nuca, e enrolo meus dedos em seus cabelos, sentindo a textura macia.

Castiel me beija com perfeição, seu beijo é quente, controlador e cheio de doçura. Ele termina o beijo com alguns selinhos demorados e por fim, mordeu meu lábio inferior, me provocando uma leve e prazerosa dor.

E durante tudo isso, a chuva caia sobre nosso rosto. Fazendo assim tudo ser mais gostoso...

- Vamos, se não você vai pegar um resfriado. – Castiel fala tirando sua jaqueta e me cobrindo logo depois com ela.

Andamos de mãos dadas até a barraca, todos estavam dormindo. E como estávamos ensopados pela chuva, resolvemos não dormir na barraca junto do pessoal e sim no chalé.

Enquanto eu desfaço a cama, deito e levanto o edredom, como um convite para ele vir se deitar comigo, e com um sorrisinho ele deita ao meu lado, enlaçando minha cintura. Abraço sua cintura, enroscando nossas pernas e deito minha cabeça em seu peitoral, fechando os olhos ao sentir meu cheiro preferido. O cheiro de Castiel; Ele me olhou sorrindo e pressionou nossos lábios novamente...


Notas Finais


Mano, me segura dels!
Passar bem....
Um xero pá v6s s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...