História Me Apaixonei... - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Iris, Kentin, Kim, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Rosalya, Senhora Shermansky
Tags Amor Doce, Castiel, Drama, Lysandre, Romance
Exibições 237
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - ''Eu só estou tentando não me magoar.''


Fanfic / Fanfiction Me Apaixonei... - Capítulo 20 - ''Eu só estou tentando não me magoar.''

''You are all that mathers to me''

Acordei sentindo o movimento de alguém se mexendo perto de mim, pisquei os olhos e percebi que era Castiel, abrindo assim um sorriso.

- Dormiu bem pequena? – Ele retribuiu o sorriso.

- Sim.

Ele me abraçou e depositou um beijo em minha testa.

- Cadê o pessoal?

- Foram para tirolesa, eu não estava muito a fim de ir na hora em que eles foram, então resolvi ficar por aqui e te esperar acordar pra ver se queria ir.

- Acho que não to muito afim, vou tomar banho. – Levantei da cama ajeitando minha roupa.

- Claro. – Ele se levantou da cama e veio até mim – E sobre ontem? – Ele aproximou seu rosto do meu.

- Acho melhor não. – Virei meu rosto contra o dele.

- Como assim? – Ele me largou enfurecido.

- T-tudo bem, eu só estou tentando não me magoar. – Ele me olhou confuso;

- Eu não vou fazer isso. – Tentou me beijar novamente, mas eu neguei com a mão.

- Lizzie? – Ele perguntou irritado, o que me fez rir.

- É que eu acabei de acordar, e ainda não escovei os dentes, acho isso nojento...

- Lizzie pelo amor de Deus, sai da minha frente antes que eu te mate viva.

- Tem como me matar morta? – Perguntei debochando do que ele acabou de falar.

- Lizzie, Lizzinha do meu coração. Some da minha frente se não eu te mato agora mesmo mermão. – Sai de perto dele rindo.

 

Entrei no banheiro e tomei um banho demorado, sai e me sequei, me vestindo logo depois.

- Então vamos para a tirolesa mesmo? – Falei entrando na cozinha, onde Castiel estava.

- Não sei, só sei que precisamos comer.

Sentei-me numa mesinha, ele tinha preparado um sanduíche. Dois na verdade, e enquanto comíamos ficamos conversando sobre assuntos aleatórios.

- Eu quase ia me esquecendo de algo Liz.

- O que? – Ele segurou meu braço um pouco forte, juntando nossos lábios. O mesmo começou a me beijar com força, sendo muito selvagem por sinal.

- Bem carinhoso você não acha? – Falei com um sorriso sarcástico.

- Bem mais do que você imagina. – Dei uma gargalhada, e selei meus lábios aos deles novamente. Agora era um beijo calmo, e apaixonado...

- Não estou a fim de ir para tirolesa, quero ficar aqui com certo tomate.

- Tudo bem. – Ele fala, dando uma leve mordida em seu lábio inferior.

- Castiel, a gente volta hoje pro colégio?

- Sim, daqui a pouco pra falar a verdade.

- Que pena, gostei desse acampamento. – Falei olhando ao redor.

- Também, aqui aconteceu uma coisa muito especial para mim. – Ele segura minhas mãos, as beijando em seguida.

- Jura? Pra mim não teve nada demais... – Falo com um sorriso um tanto irônico. Ele revira os olhos.

- To meio gay né? – Ele pergunta com meu sorriso preferido.

- Está sim. – Falei soltando algumas risadas.

Ficamos algum tempo ali, conversando. E não vimos o tempo passar...

- OPAAAAAAA! Cheguei nessa caralha. – A Rosa fala ‘’abrindo’’ a porta.

- Ih gente, não se comam ainda. – O Alexy falou entrando em seguida.

- Marido, cala a boca. – Fuzilei o Alexy com o olhar, acho que entendeu o recado.

*murmura:* Marido? – O Castiel pergunta.

*murmura:* Sim, e se reclamar ainda dou um selinho nele. Fica quietinho ai.

- Liz, vamos arrumar as coisas. Os professores já vinheram dar as informações necessárias para voltarmos.

Sai do chalé, indo em direção da barraca com a Rosa.

- Liz, me fala a verdade. Tu dormiste com o Castiel, mas não rolou nada não né? – Ela pergunta ‘’curiosa’’.

- Claro. – Ela me olha incrédula. – Que não né? Tá louca... – Ela desfaz o olhar e abre um sorriso de lado.

- Que seja, mas enfim voltando ao foco nas coisas...

Arrumamos tudo em nossas malas, os meninos estavam desmontando a barraca e tudo de necessário para se desfazer ali!

 [...]

Chegamos ao colégio, a diretora estava lá dando as ‘’boas vindas’’. Fui diretamente para o quarto, arrumando minhas coisas até que a porta se abriu.

- Olá pequena. – O Castiel me deu um selinho.

- Oi tomate.

- Quer ajuda?

- Não, prefiro que arrume as suas coisas. – Falei apontando para a cama dele, que por sinal sas coisas estavam lá em cima.

Ele bufou e começou a arrumar as mesmas.

- Gostosaaaa! – O Alexy falou entrando no quarto e me abraçando.

- Oiii Maridoo. – Falei lhe dando um beijo na bochecha.

 - Vamos pro quarto da Rosa.  – O Alexy falou e só deu tempo de pegar na minha mão me puxando pra fora do quarto, olhei rapidamente pro Castiel que estava com a cara emburrada.

- Ele ficou com ciúmes né? – Alexy fala com um sorriso de debochado.

- Claro ou com certeza?

Fomos para o quarto da Rosa e passamos lá um bom tempo conversando.

- Mas eae como tá você e o Cassy? – Rosalya perguntou abrindo um sorriso no rosto.

- N-nem eu sei. – Falei sentindo minhas bochechas esquentarem.

- Como assim gatinhaa?

- Ah sei la, só aconteceu aquelo rolo todo lá da Ambre, dele e de mim, e depois o beijo e fim.

- Ai credo que horror, só isso? E esse fim, meu Deus que horror! – O Alexy falou fazendo uma cara de nojo.

- Mil vezes horror! – Acompanhou a Rosa.

- Ih gente, vocês queriam o que? Ele se declarou eu também e pronto ué.

- Querida, a gente queria um pedido de namoro. Por que um beijo não significa um relacionamento sério. – A Rosa falou meio obvia.

- Verdade, será que ele gosta de mim mesmo... – Falei meio cabisbaixa.

- Gostar gosta, mas deve estar inseguro ou sei lá Liz. – O Alexy ajeitou uma mecha do meu cabelo atrás da orelha me dando um beijo na testa.

- Isso mesmo.

Conversamos mais um pouco e resolvi ir para o jardim.

Me sentei perto de um árvore e comecei a fazer alguns desenhos, eu estava bem concentrada mas senti alguém tocando em meu ombro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...