História Me apaixonei, e agora? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Megan Fox, Personagem Originais, Romance
Visualizações 10
Palavras 411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey People! Essa é a minha primeira história, ou seja, sou bem nova nisso. E estou aberta a opiniões, sugestões e críticas construtivas.
É importante a colaboração de vocês, para dar o impulso que qualquer autor necessita, afinal agradar vocês é o objetivo principal, e poder contar com vocês é gratificante.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Me apaixonei, e agora? - Capítulo 1 - Prólogo

Sexta-feira, 15 de setembro.  New Jersey.

        São 07h00 da manhã, quando o toque do despertador me arranca da cama, levanto indo direto para o banheiro, ao terminar meu banho, saio enrolada na toalha indo em direção ao closet; visto uma calça jeans rasgada no joelho e, a maldita blusa de uniforme, calço meu all star branco e prendo meu cabelo em um rabo de cavalo, me olho no espelho e minha aparência me agrada. Arrumo minha mochila quando ouço minha mãe gritar:

        -Helena, anda que você vai se atrasar!

        -Já estou indo mãe!

Marguerite é uma mãe nada convencional, mas se tratando de horário é a típica mãe repressora. Desço as escadas, passo pela sala e, Richard está assistindo TV. Ignorando-o, sigo direto para cozinha.

        -Bom dia, querida!

        -Bom dia, mãe.

Passo por ela, depositando um beijo em seu rosto, abro a geladeira retirando de lá um suco de maracujá, pego o copo de cima da mesa enchendo-o até a borda. Sento-me a mesa, observando minha mãe preparar o café de Richard. Apesar de cretino também o tacho como folgado. Sua presença na casa é insuportável, suas manias de perfecções são extremamente irritantes.

        -Aquele homem não vai trabalhar hoje não? – pergunto, tomando um gole do meu suco.

        -Não fale assim querida ele é o seu pai.

        -Meu pai!?- ironizo.

        -Sim, seu pai. E isso voce não pode mudar.

        -É... infelizmente não. E quando ele vai trabalhar?

        -Hoje ele está de folga, Helena.

Suspiro.

        -Ai que saco!

Ótimo! Meu dia não poderia ficar pior!

Termino meu café, pego minha mochila e me despeço da minha mãe. Saio da cozinha, passando pela sala, enquanto aquele velho me fuzila com o olhar.

Cretino!

Saio de casa e, aguardo o ônibus escolar chegar. Adiantado como sempre.

Subo para o ônibus indo em direção as últimas cadeiras e, me sento escorada a janela.

        As 08h00 em ponto, chego em frente a escola. Saio do ônibus e avisto minhas amigas.

Victoria e Christina me esperam em frente as escadas. Vou em direção a elas e, entramos todas juntas.

        -Bom dia princesa... despertador atrasou, hoje? – diz, Christina sarcástica como sempre.

O sorriso de Victória se alastra o que me inerva um pouco.

        -Pois é, ate achei que voce não viria.

        -Claro que não.

        -Já era de se esperar- sussurra Christina.

        -Ok. Já entendi me atrasei e vocês estão tirando sarro disso. Mas eu não quero me atrasar ainda mais. – digo, puxando-as comigo em direção a sala de aula.

 


Notas Finais


Já que chegaram até aqui, o que custa ler as notas finais...
Não é uma exigência, mas um pedido. Peço a colaboração de todos; Ajudem a história a crescer.
Ajudem-me a alcançar o objetivo de trazer a vocês algo do qual saberei que estão gostando.

Helena Walker ----> https://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=226287618


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...