História Me apaixonei pela minha melhor amiga - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Natsu Dragneel
Tags Fairy Tail, Friend Zone, Juvia, Naju, Natsu Dragneel, Navia, Traição
Exibições 557
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tá aí galeru, mals a demora tava ocupado aqui resolvendo alguns problemas bom vamos para o capítulo

Comentem o que acharam vlws

Capítulo 1 - Conversa...


Magnólia-23:00 horas da noite

 

Magnólia uma das cidades mais lindas do continente, graças a sua limpa e linda natureza e seus animais exóticos

Mais em uma noite chuvosa, dentro de uma casa se encontrava uma linda garota de lindos cabelos azuis deitada em sua cama 

Essa garota era Juvia Lockser, uma simples garota de 18 anos, com longos cabelos azuis e um corpo escultural. Mais isso não era o suficiente na sua escola, já que era ela considerada a nerd da escola, tirando o fato dela ser da igreja, sua mãe e seu pai sempre a obrigavam a usar roupas bem conservadoras

( Autor – aquelas roupas de igrejas )

Graças a isso ela sofria bully de todos do colégio, ou melhor de quase todos...

 

Juvia Povs

 

Eu estava deitada na cama do meu quarto dormindo tranquilamente, depois de mais um dia de estresse na escola

Sempre sofri bully na escola, graças as minhas notas e minhas roupas conservadoras, mais sempre tiver um anjo da guarda de cabelos rosas me protegendo...

Mais tô nada comecei a ouvir alguém batendo na minha janela

- hum ? – falei me sentando na minha cama que estava cheia de livros, logo olhei para o lado e levantei a minha sobrancelha – Natsu ??? – falei olhando para o meu melhor amigo de infância

Natsu Dragneel um garoto de cabelos rosas naturais e um corpo bem definido, Natsu era um dos garotos mais populares do colégio, vivia rodeado de garotas

Mais isso nunca subiu a cabeça dele, ao contrário ele sempre me protegia dos valentões ou de quem fazia bully comigo 

Mais deixei esses pensamentos de lado, quando olhei para o meu despertado e via que era 23:12 da noite

Apenas suspirou e olhei para janela onde ainda estava Natsu, e fui até lá abri a janela para ele, não estava surpresa por ele aparecer a essa hora

Para fala a verdade eu ficaria surpresa se ele não aparecer, Natsu era o tipo garoto badboy, sempre fazia o que queria a hora que quisesse

E pelo visto ele avia brigado mais uma vez com o seu pai que era bem comum

Logo abri a janela e ele entrou...

Natsu – até que enfim, a sua trepadeira não ia aguentar por muito tempo... – falou ele se jogando na minha cama

- oi também... – falei fechando a minha janela, e logo em seguida me virando para ele que estava vendo alguns dos meus livros

Natsu – Geografia... – falou ele sorrindo, enquanto jogava o livro de volta na minha cama e me olhava – não se cansar de ser nerd ? – perguntou ele sorrindo, apenas devolvi o sorriso e cruzei os braços

- e você não cansar de ser idiota ? – perguntei sorriso ele só colocou a mão no peito e fingiu uma cara triste

Natsu – nossa não precisa pegar pesado... – falou ele e eu só rir enquanto ia até a cama e me jogava na mesma, ele logo se deitou ao meu lado e ficamos assim eu e ele olhando para o teto

- você brigou com o seu pai denovo né ? – perguntei e ele apenas suspirou

Natsu – já falei ele não é meu pai... – falou ele agora me olhando

- então o que ele é ? – perguntei e vi ele volta a olhar para o teto

Natsu – ele é apenas meu padrasto, meu pai morreu a muito tempo... – falou ele olhando para o teto

- é mais não se esqueça que esse seu padrasto, ti criou quando sua mãe ti abandonou, ou você não se lembra ? – perguntei olhando para ele, que apenas me olhou 

Natsu – sim eu lembro, sempre serei grato por isso, mais nunca vou chama ele de pai – falou ele de forma séria

- mais... – não terminei de fala quando ele simplesmente se levantou da minha cama

Natsu – Juvia, por favor eu posso ouvir lição de moral de todos, mais pela amor desse seu deus para de tentar me convencer a chama o Gildarts de pai – falou ele me olhando de forma séria, apenas suspirei pela teimosia dele

 Natsu era um garoto bem problemático, não só na sua família, como também na sua religião ou melhor na sua teimosia que faz ele pensar que deus não existir

- tudo bem... – falei suspirando – agora deitada aqui e me conta o do por que vocês brigaram denovo – falei e ele apenas confirmou enquanto deitava ao meu lado, seja la o que fosse abriga dessa vez, sei que quem começou ela foi Natsu, já que Gildarts sempre foi um cara de bom coração e brigalhão, sempre vivia preocupado com Natsu e sua própria filha Cana – então... – comecei e ele suspirou

Natsu – lembra daquela brigar que arrumei em uma festa ? – ele me perguntou e eu apenas confirmei

- a que você ficou com o olho roxo e eu maquiei ? – perguntei e ele apenas confirmou – o que, que tem isso ?

Natsu – algum idiota filmou e colocou na internet, a Cana acabou vendo e sem quere o Gildarts viu, e claro ele começou a mim da uma lição de moral, falando várias merdas que nem ouvi – falou ele olhando para o teto e eu apenas suspirei 

- eu falei que era melhor fala para ele, mais não você é teimoso demais para me ouvir né ? – perguntei e ele só riu

Natsu – eu não sou teimoso – falou ele sorrindo e eu adquiri a sobrancelha – tá eu sou um pouco...

- um pouco ? – perguntei e ele só riu

Natsu – tá eu sou muito teimoso – falou ele e eu só sorri

- muito mesmo... – falei enquanto subia emcima dele e começava a fazer cócegas na barriga dele

Natsu – pa.para... – falou ele tentando controlar a sua risada

- só se você falar que eu sou linda... – falei enquanto continuava com as cócegas, eu tinha muitos métodos para fazer Natsu falar o que eu queria e esse era um deles

Natsu – vo.você é linda... – falou ele com um pouco de dificuldade e eu na mesma hora parei e cair deitada ao lado dele – v.você vai me pagar por isso Lockser – falou ele sorrindo e eu só rir

- veremos... – falei e ele só riu

Natsu – posso dormir aqui ? – ele me perguntou, olhando para mim e eu só sorri

- claro deitada no sofá da minha janela – falei apontando para o meu sofá de janela

( Autor – aquelas porra que tem no estados unidos, quem quiser ver coloca no Google, sofá de janela )

Natsu – valeu – falou ele se levantando da minha cama e indo até o meu sofá e se deitando 

- boa noite cabeça oca – falei me enrolando e olhando para ele

Natsu – boa noite nerd... – falou ele se virando para o outro lado,apenas sorrir enquanto fechava os olhos e dormia

 

Continua...


Notas Finais


Bom foi isso

Comentem o que acharam vlws

Beijobunda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...