História Me apaixonei pelo meu inimigo - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook
Exibições 93
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem ^ ^

Capítulo 14 - Ela é minha irmã


Fanfic / Fanfiction Me apaixonei pelo meu inimigo - Capítulo 14 - Ela é minha irmã

    

Flashback on

Estava brincando com minhas duas bonecas favoritas,ambas eram com cabelos pretos ondulados e uma pele bem branquinha,elas pareciam que eram irmãs,e foi isso que na minha brincadeira as mesmas era irmãs!

Depois de uma longa brincadeira,fui descansar e refleti:Como será ter um irmão?

Deve ser maravilhoso ter alguém para brincar com você,te fazer rir,te ajudar entre outros...

Eu já tive um irmão mas ele...

Flashback off

Acordei,lembrei de tudo que aconteceu ontem,me sentia humilhada...

Olhei para o lado e pegei meu celular,e olhei para meu caléndario de compromisso e estava escrito,então era hoje:Faz 23 anos que meu irmão tinha morrido...

Como sabem tenho 17 anos,mas antes de eu nascer meus pais tiveram um filho,na verdade quando ele havia nascido ele morreu,o médico disse que ele possuia uma doença que não foi bem especificada,sei que isso saiu confuso mas na epóca não tinha entendido direito,anos depois eu nasci estava saudável o que deixava minha mãe aliviada,e também traumatizada percebi pelo fato de ela começar a ser super protetora,até os 3 anos até um garfo ela tinha medo de que eu me machucasse,quando eu tive 4 anos no dia da morte do meu irmão ela chorava mais do que o normalmente,para fazer que ela se animasse um pouco eu disse:"Mãe ele não está morto,ele está aqui"  ela me abraçou,e assim acendemos algumas velas e começamos a olhar imaginando como seria se ele estivesse conosco.Alguns meses depois minha mãe começou a nos contar histórias e aventuras de como ele seria,as aventuras eram fantásticas porém improváveis que aconteceriam,algumas ele era um xerife outra já era um pirata mas com o tempo minha mãe já havia cansado,papai dizia que quando contava ela chorava,mas com essas histórias eu aprendi o quanto ele era especial e eu o amava!

Coloquei uma roupa casal preta,eu e meu pai estamos juntos nessa,estaremos com esse nosso tradicional "luto" ,ele provavelmente estaria na conzinha,descendo as escadas e a cada degrau imaginei que tipo de pessoa ele seria,um otaku ou um nerd,tinha várias opções,sempre pensava nele no dia que podemos considerar "dele"

Chegei na conzinha  e vi meu pai e a Kim brincando com o chocolate,meu pai deixava marcas no nariz dela,e a mesma na sua bochecha,eles estavam tão fofos e felizes,mas eu tive que interromper.

-...pai

Eles pararam de sorrir,e me olharam com um olhar de furia:

-Olha sua mal educada quem man...(Kim)

Ela ia me dar um tapa,mas fui puxada para esquerda achei que fosse meu pai,mas por incrivel que pareça foi o Jungkook que me puxou?

-Mãe deixa a minha irmã em paz (Jk)

-Você viu o...(Kim)

-É o pai dela,vocês juntos estão começando a dar nojo,fala o que você quiz falar antes maninha!(Jk)

-Pai...hoje é o aniversário do meu irmão...

-Foi para isso? Que inútil...(Pai)

Eu o olhei surpresa e fui seguida pelo Jungkook,entrei no quarto e ele sentou na minha cama:

-Irmão? (Jk)

E assim contei toda a história que já sabemos...

-Mas você tem um irmão agora! (Jk)

-Um que me odeia...

-Vamos acender algumas velas para fazermos luto...?(Jk)

-Obrigada...

Pegarmos duas velas e vi ali imaginando sobre ele,ficamos por um tempo observando o fogo que deixava tudo mais confortável...

-Eu sei que não vai ser a mesma coisa,mas agora eu sou seu irmão..mesmo nos odiando...(Jk)

-Obrigada...

Até que como já estava tarde ele me disse:

-Boa noite (Jk)

-Boa noite e obrigada...

Ele sorriu e se aproximou e me deu um beijo no canto do meu cabelo...

-Desculpa foi por impulso...(Jk)

-Por que está me tratando tão bem?

Eu achei que ele dissese que poderiamos ser amigos ou que gostava mesmo de mim,mas ele disse uma coisa bem profunda:

-É que eu tenho pena de você...idiota (Jk)

Ele fechou a porta e saiu...


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^ ^
Outro cap como tinha dito ^-^
Desculpe qualquer erro de português ><'
Até o próximo cap >w<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...