História Me apaixonei pelo meu inimigo - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook
Exibições 125
Palavras 625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem ^ ^

(Antes de me pergutarem o motivo de que eu não estava escrevendo:semana de provas)

Capítulo 7 - Ganhei uma madrasta e um irmão


Fanfic / Fanfiction Me apaixonei pelo meu inimigo - Capítulo 7 - Ganhei uma madrasta e um irmão

Flashback on

-Que estamos aqui apenas por causa da nossa filha...,se não já teriamos dado um jeito nesse "relacionamento" dos tempos...(Pai)

-Acho que está correto (Mãe)

Nem eu acreditei que minha própria mãe disse isso,eles pareciam que finjiam que se amava e isso era péssimo...

-Bom vamos descansar,já que depois de amanhã iremos nos mudar...(Pai)

Fiquei uma boa parte da noite pensando no que eles disseram,quando eu consegui dormir tive um sonho mais ou menos assim:

Eu abria os olhos,quando o garoto...do balanço...? Chega para mim e diz:
-Que bom meu amor que você acordou!
Ele me deu um selinho e disse:
-Eu te amo!

De repente eu acordo...eu o viria novamente...?

Flashback off

Era uma simples manhã de sábado,meus pais nem se olhava ao menos uma única vez,não aguentei ver a situação que estava e então falei com a Sana e ela me chamou para ir para casa dela...

Quebra tempo

Estava voltando para casa e fiquei feliz de desabafar com a Sana,passei a manhã e a metade da tarde na casa dela e não fiquei nem um pouco arrependida...

Abri a porta e vi numa mesa um homem desconhecido,ele tinha cara de ter uns 35 ou 36 por ai,ele usava um terno juntamente com uma gravata,ele fechava uma mala e ajeitava seu óculos e dá um passo para trás,vejo minha mãe e meu pai apertando as mãos como se fisseze um acordo,minha mãe estava com um casaco preto e segurando uma mochila de rodinha,meus pais me olham.Minha mãe se aproxima lentamente:

-Filha...(Ela diz botando uma mecha de cabelo atrás da minha orelha)

-Mãe...

-Eu vou para Paris...(Mãe)

-Sério?!?! Que dia vamos???

-Não filha eu vou sozinha,hoje e além de que eu e seu pai nos divorciamos...(Mãe)

-O que?

-Desculpa filha mas não dava mais..(Mãe)

-Podia ao menos ter se mudado para uma casa perto daqui...

-Não teria como,vou morar com a minha prima,mas eu virei te visitar!(Mãe)

Eu estava pronto para fazer um escandalo,mas eles não se amavam,não queria força-los a nada!Pior que eu odiaase admitir:Assim seria melhor...

Nos abraçamos por um longo tempo...

-Tchau filha (Mãe)

-Tchau mãe...

Ela e o advogado deram as costas e foram embora,me olhei e encarei meu pai...

-Filha...

-Pai,eu não estou chatiada com você ou algo do tipo,você se não se amavam e não quero ter forçar a nada...

Ele sorriu e me abraçou

-Obrigado por entender!

Eu resolvi subir e ir pro meu quarto...

Quebra tempo

Estava estudando,quando meu pai entrou no meu quarto e disse:

-Filha se arrume sua mala!

-Mala?

-Iremos nos mudar!

-Para onde?

-Para casa da sua nova "madrasta" ela está nos esperando!

Fiquei um pouco surpresa mas ao mesmo tempo lembrei que não iria força-lo a nada...

-Ok pai,vou me arrumar!

-Ok filha e aliás ela tem um filho que é da sua idade!

Ele disse e fechou a porta,a madrasta devia ser a "amante" de meu pai,estava apenas fazendo isso pela causa que eu realmente amo meu pai.Pegei minha mala e lá botei minhas roupas,produtos de higiene e etc...

Quebra tempo

Chegamos naquela enorme casa,e de repente uma moça saiu,ela era jovem e estava usando um simples vestido preto.

-Sejam bem-vindos!

Ela segurou minhas mãos e depois deu um beijo no meu pai!

-Filha está é a Kim!(Pai)

-Muito prazer Emma!(Kim)

-O prazer é todo meu!

-Bom,meu filho está na varanda do segundo andar que tal visitar e conversar com ele? Pedirei para deixarem suas malas no seu quarto!

E assim eu fiz,a casa por dentro era enorme,subi as escadas e consegui ver no final do corredor um garoto pintando em uma tela:

-Com licença...

-Sim...(??)

Ele se virou e eu vi quem era:

O Jungkook

-Jungkook?

-O que você está fazendo aqui?(Jk)

-Bom,meu pai meio que está namorando com sua mãe e vou morar aqui agora...

-Ah mas não vai mesmo!(Jk)

-Jungkook,eu não querio ficar aqui,aliás estou fazendo isso pela felicidade do meu pai,e acho que você deveria fazer o mesmo pela sua mãe!

Paramos e refletimos um pouco...

-Está certo (Jk)

-...

-Mas...(Jk)

-Mas o que?

-Não vamos ser amigos e muito menos "irmãos"!(Jk)

Depois disso ele se retirou,aquilo vai ser mais complicado do que eu pensei...



Notas Finais


Espero que tenha gostado! ^ ^
Desculpa qualquer erro de português ><'
Até o próximo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...