História Me apaixonei pelo meu sequestrador(Namjin) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jin, Personagens Originais, Rap Monster
Tags Namjin, Sequestro
Visualizações 404
Palavras 2.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - A vida de Jin e o sequestro.


Eu acordei normal.

Era dia de escola, natação e inglês e só ia para empresa depois das dezessete horas, para fazer um fechamento de contas. Me levantei e fui até a porta do meu quarto.

- Bom dia pai! - Eu disse ao abrir a porta sorrindo. Ele riu. - Eu ainda insisto em te acordar! - Disse meu pai balançando a cabeça e me seguindo até a cozinha.

- Bom dia mãe! - Eu disse e dei um beijo na bochecha dela. - Bom dia querido! - Ela disse sorrindo e parou de ler o jornal. Eu já ia pegar um pão. E ela me olhou. - Suplemento é melhor! -Ela aconselhou.

- Você está certa! -Ela sorriu. Mamãe sempre me ajudava a manter a forma e me incentivava a ter a minha melhor versão. -Deixa o menino! - Disse meu pai se sentando ao meu lado. - Não papai! Para eu ser o melhor... - O olhei. - Tenho que fazer as melhores escolhas! - Conclui.

- Esse é o meu garoto! - Disse minha mãe orgulhosa e nós três sorrimos.

Depois do café fui acabar de me arrumar.

Eu já tinha tomado banho e arrumado o meu cabelo. Meu uniforme impecavelmente passado recebeu o toque final assim que coloquei o blazer azul escuro com meu nome escrito abaixo do símbolo do colégio e com letras rosa escuro "Kim Seokjin". A maquiagem básica e elegante do dia a dia logo foi feita e por último peguei minha mochila rosa com brilho. Era dia da minha mãe me levar para a escola, o que era quase inédito.

- Estou pronto! - Eu afirmei me sentando no sofá e peguei celular que estava carregando ao lado. Suspirei ao ver a notícia que um garoto novo tinha entrado na escola. Mark garoto chato e pelas fotos que vi sem estilo algum! Jimin meu melhor amigo disse que ele era bem popular no outro colégio. Só não sei como. - Ai meu Deus! -Exclamei sem perceber que minha mãe estava na minha frente. - O que foi? - Ela perguntou me olhando sem entender a expressão. Eu estava feliz pelo fato dela estar prestando atenção em mim, o que também era quase inédito.

- Entrou um garoto novo na escola! - Eu disse em pânico. E me levantei. Minha mãe me olhou com deboche. - Achei que fosse algo importante. -Ela foi em direção a porta. - Vamos!

- É algo importante! -Eu disse iniciando uma discussão mas obedecendo ela e indo para fora de casa. - Quem tem um reinado sólido não se preocupa com seus inimigos. - Ela desdenhou e entrou no carro. Fiz o mesmo. - Eu não estou com reinado tão sólido! - Afirmei triste.

- Um reinado não acaba de um dia para o outro! - Ligou o carro e saímos da garagem.

- Eu sei mas o meu está acabando faz tempo eu só demorei para perceber!

Minha mãe parecia preocupada com outras coisas então fui educada e parei de tagarelar.

Assim que passamos pela portaria com um sorriso no rosto cumprimentamos os seguranças. Moramos em um condomínio luxuoso na capital de Seul. As casas no nosso condomínio custam no mínimo 2 milhões de reais enquanto a nossa custa 8 milhões de reais! Acredito que a nossa seja a maior do condomínio.

No meio do caminho.

- O que vamos fazer no seu aniversário? - Ela perguntou olhando para a frente. Prestando atenção. - Mãe falta 6 meses! - Eu disse sem entender. - É verdade! -Ela comentou.

-Mas eu queria ir no Uruguai. Parece ser legal lá... - Eu disse a olhando mas ela nem prestou atenção. - Ok! Depois você pede para a Yan Mi preparar tudo. -Ela disse e o silêncio no carro surgiu novamente.

Eu aproveitei para revisar a matéria de química que iria cair na prova.

Paramos na porta da escola. -Tchau mãe! - Eu disse e dei um beijo na bochecha dela. - Tchau. Fica com Deus!

Eu sai sorrindo do carro e os meus amigos deram tchauzinho para minha mãe.

- Olá garotos! - Os olhei de cima a baixo para ter certeza que os seus uniformes estavam perfeitos. Eles sorriam com esperança que eles tivessem. Não se comparavam aos meus que eram lavados a seco. Mas estavam bons.

- Está tudo ok! - E eles suspiraram aliviados.

Sai andando na frente deles. - Vocês estão bem? -Perguntei olhando todos da escola de cima a baixo e eles me olhando de volta.

- Sim. - Kook respondeu.

-Claro! - Tae afirmou

- Ótimo! - Hoseok disse por fim.

- Quais são os problemas de hoje?-Perguntei entrando pela enorme porta de vidro do colégio Heleonor.

- O garoto não é como a gente. Mas, se acha melhor que a gente. -Disse Tae e eu continuei andando pelo largo corredor que se abria quando as pessoas me viam.

- Odeio esse tipo de gente! - Disse Hoseok desdenhando. - Também odeio. - Conclui Kook.

-Meninos chega! - Eu ordenei. E tenho certeza de que eles fizeram cara de confusas. - Mantenha seus amigos próximos e seus inimigos mais próximos ainda! - Dei uma de conselheira e sorri.

-Como assim? - Perguntou Hoseok . E me virei para responder. - Vamos fazer ela desejar andar conosco e depois ela não conseguira nos fazer mal. - Olhei para cada um bem nos olhos. - E outra coisa vocês devem ler o livro como fazer amigos e influenciar pessoas! Ele é ótimo! -Comentei fofo. - Isso é uma ordem ok? - Eu disse mais sério.

- Ok! - Responderam em coro. - Me virei e continuei andando até chegar na sala de aula.

Assim que entrei na sala,Jimin me esperava com um enorme sorriso. - Bom dia! - Eu disse animado. -Bom dia! -Ele disse e nos abraçamos dando um beijinho em cada bochecha.

Assim que cada uma foi para o seu lugar. Me virei para a Jimin.

- De qual sala o Mark é? - Perguntei tentando pensar em alguma coisa para me tornar amigo dela.

- Ele é do 3°B.

- OK! - Conclui e me virei para frente pensativo. - O que você vai fazer? - Perguntou Tae e quebrou o meu raciocínio. - Se você me deixar pensar... - Eu disse o olhando nos olhos. - Ok! - Ele disse e se endireitou na cadeira.

Cheguei a uma conclusão: Tenho que conhece-lo. Um convite para lanchar conosco parecia bem inteligente.

Escrevi um bilhete para o Hobi.

"Hobi, por favor! Convide o Mark Tuan para lanchar com a gente hoje!" Mandei Tae passar para ele.

Ás vezes, lanchávamos com meninos que não faziam parte do nosso mundo mas queriam fazer. Sempre achei uma ideia interessante!

Hobi logo saiu da sala e com toda certeza foi convidar nosso querido e novo amigo Mark para se juntar a nós.

**Hobi e Mark.** Bateu na porta. - Com licença professor! - Disse Hobi um tanto sorridente.Ele concordou com a cabeça.

- Eu gostaria de falar com o Mark Tuan! -Hobi sugeriu quase em uma ordem. O garoto se levantou toda sorridente e realmente era poderoso.

-Sou eu! –Ele afirmou andando até Hobi.

-Venha comigo. –Ordenou Kook de uma forma educada.

No corredor.

- Em nome do nosso presidente Kim Seokjin e de todos os garotos da elite convido você para lanchar conosco! -Disse Hobi decidido e feliz. Mark parou para pensar um pouco.

- Ok! - Mark respondeu com um leve sorriso. E Hobi sorriu de volta.

Hobi voltou para sala e tocou na bochecha com o dedo indicador duas vezes mostrando que tinha dado certo.

Todos sorrimos e nos entreolhamos.

Na hora do intervalo. Eu e meus amigis sentamos nos degraus que descem para o pátio. Eu sento no degrau mais alto.

No de baixo senta o Hobi e o Jimin. No outro o Tae e o Kook ,e bom nossos convidados sempre senta abaixo de todas nós. É questão de hierarquia! Pelo menos eu, Kim Seokjin dou a chance de todos poderem subir de cargo! Claro, se for merecido.

- Olá meninos! - Eu disse e cumprimentei cada convidado com um beijinho. Mas o Mark eu abracei. - Seja bem vindo! - Eu disse sorridente e alegre.

O que deixaram todos confusos. Mark me olhou de cima a baixo.E eu o olhei. No final sorrimos.

-Obrigado! Cada um se sentou em seu respectivo lugar.

E Tae começou. - Vou te explicar como funciona o grupo! -Olhou diretamente para Mark. - Existe uma hierarquia a ser seguida. Jin é o presidente! - Apontou pra mim com um sorriso delicado. -Ele manda! -Voltou o olhar para Mark - Jimin é o vice presidente! Ele é o melhor amigo do Jin. - Olhou para Jimin e depois voltou a olhar para Mark. - Eu, Hobi e Kook somos os integrantes oficiais do grupo! - Ele disse e apontou para cada um quando falava os nomes. - Entendido! -Disse Mark olhando para todos.

- Todos são meus amigos oficiais e frequentemente são convidados para ir em eventos importantes comigo. Por isso é importante saber se vestir e se comportar. Para eu ter certeza, que o meu amigo esta apto para me acompanhar, dou aula de boas maneiras e vestimentas todas terças a noite. -Uau! -Ele exclamou.

- Algum problema? -Perguntou Kook.

- Não é só que vocês tem realmente regras.

- Para se viver em sociedade é essencial ter regras! - Comentei. - Sempre que precisar de alguma coisa pode me ligar! - Eu disse e Hobi conclui sorrindo.

- Ele é um ótimo amigo!

Lanchamos juntos e conversamos.

- Tchau meninos! - Eu disse sorrindo assim que o motorista chegou.

- Tchau! - Disse Tae.

- Bye! - Disse Jimin.

- Até amanha. - Afirmou Kook.

- Tchau! - Disse Hobi.

Entrei na Capitiva que tínhamos comprado há poucas semanas. - Oi! - Eu disse sorrindo. - Oi senhor!

Fomos para casa no caminho recebi uma mensagem da minha mãe que estava indo viajar e outra do meu pai que ia almoçar na empresa.

Suspirei.

Mas não tinha o que fazer pelo menos Sun hee estaria em casa me esperando toda feliz.

- Oi! - Eu disse jogando a mochila no enorme sofá. - Oie! - Disse Sun hee da cozinha. E estava um cheirinho delicioso de almoço.

- O que você está fazendo? - Perguntei o olhando feliz. - Estou fazendo salmon grelhado. - Lambeu os lábios.

- Ai que delicia! - Eu disse e ela sorriu. Sun hee era mais baixa do que eu. Mas tinha uns cabelos de dar inveja. Apesar de ela passar o dia inteiro com eles presos eles eram lisos e escuros. Ela fazia um penteado melhor que o outro e tentava inovar a cada dia.

-Coloque na mesa por favor! - Ela disse me entregando dois pratos. Eu peguei e arrumei a mesa. Quando estava tudo pronto.

-Obrigada! - Ela disse olhando para a mesa.

- De nada! Eu tenho talento para isso. -Comentei.

- Claro que tem... - Ela me olhou tentando ser séria. - Pode trabalhar de arrumadora de mesas já! - Ela disse brincalhona e riu. Eu ri de volta.

- Sun eu já estou indo para a natação. - Eu disse indo até a cozinha. - Ok! Pegou as coisas? - Ela disse acabando de limpar o fogão. - Sim! - Eu disse.

- Depois você vai para o Salão? -Perguntou.

- Vou e depois para o inglês. E por último para a empresa. - Eu disse e ela concordou com a cabeça.

- Ok! A janta estará pronta ás dezenove horas.

-Ta bom Sun! - Eu disse e dei um beijo em sua bochecha me despidindo.

-Tchau menino. - Ela sempre me chamava assim era engraçado.

Aula de natação: ok

Eu faço aula particular,só eu e o professor e nada de assuntos interessantes.

Mandei uma mensagem para o motorista.

- Pode ir para casa! Depois você me busca no inglês.

- Ok!

O salão fica bem perto da academia onde faço natação então fui a pé.

Me arrumei e por fim estava perfeito novamente.

-Obrigada Rosé! - Eu disse ao me levantar da cadeira. - Obrigada pela preferência! - Ela me deu um beijo na bochecha e eu sorri.

- Tchau! - Disse gentilmente e sai.

Estava andando pela rua quando do nada, dois sujeitos, pararam na minha frente.

- Oi gatinho! - Um deles sorriu me olhando. - Oi! - Eu disse e parei de mexer no celular. Os olhei. - Sem gritos e nem tapas. O seu papai está te esperando! Caso grite matamos ele. - O outro disse e eu comecei a tremer. Fiquei assustado. - O que vocês querem? - Perguntei com a respiração acelerada.

- Queremos você! -Levantei as sobrancelhas. - Eu tenho 300 reais aqui serve? Eu tenho aula de inglês agora... - Eu disse olhando para eles com a esperança que me deixassem ir. Eles me olharam confusos.

- Entra no carro! - Um deles disse quase gritando. - Não precisa gritar! E eu sei entrar sozinha. - Eu disse irritado, mas obedeci.



Notas Finais


Oie meus amores!!

Obrigada por lerem o primeiro capítulo!

Continuem lendo!!!

Não esqueçam de votar e comentar!!!

Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...