História Me apaixonei pelo o filho de Lúcifer - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 42
Palavras 402
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Saga
Avisos: Canibalismo, Estupro, Incesto, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 15 - Odeio o pai de quem eu amo


Dylan 

Ela não pode ir embora foi minha culpa me odeio 

Eu- me perdoa por favor 

Ema- não é por sua culpa que eu estou indo embora eu preciso ir mesmo, estou muito tempo aqui adoro todos vocês

Ela se virou para sai de casa mas estrela a segura 

Estrela- não vai não 

Ema- me solta 

Estrela- fala quem é seu pai 

Ema- não 

Ivanna- deixa ela Estrela 

Estrela- chega ela vai morrer agora 

Foi então que Estrela deu uma facada na barriga de Ema com a lâmina demoníaca ( isso mata qualquer anjo) 

Ema cai no chão com a mão na barriga Bryan vai para cima de Estela e a imobiliza vou até Ema Ivanna tenta curar ela mas a ferida não fechava.

Ivanna- corre Estrela e se esconde por que quando eu te achar te mato 

Estrela- mas mãe 

Eu- dome Estela 

Bryan delta ela que desaparece no ar 

Eu- Ema aguenta 

Ema diz fraca- está doendo muito 

Ivanna- calma vai passar 

Sara- ela vai morrer

Ivanna- não ela não vai 

Sara- é lâmina demoníaca Ivanna anjo nenhum sobrevive 

Bryan- me perdoa Ema 

Ema- nunca quis menti para você 

Bryan da um beijo na testa dela- te amo você sempre vai ser a minha irmã 

Ema- também 

Ivanna- você não pode morrer não vou deixar 

Ema força um sorriso- deixa aí eu vou conhecer a minha mãe 

Ivanna- não querida não 

Ema- pai preciso de você... Com o poder da cura eu invoco Rafael...

Sara sussurra no meu ouvido- o que ela está fazendo?

Eu- invocando um dos arcanjos 

Ema continua- com a sinceridade invoco Gabriel o mensageiro... Com a espada da justiça te envio Miguel te invoco meu pai 

Um clarão muito forte aparece fui obrigado a me afastar de Ema  quando o clarão se apaga vejo um homem aparentemente seu 30 anos com asas brancas envolvida com aso 

Eu volto para perto de Ema e encaro o homem 

Eu- o que está fazendo aqui Arcanjo Miguel 

Miguel- quem fez isso na minha filha 

Como é a Ema  é filha do responsável por ter mandado meu pai para cá? Não pode ser eu odeio o Miguel e amo Ema  odeio o pai de quem eu amo 

Eu- sua o que?

Miguel- minha filha 

Sara- não pode ser 

Sem motivo os ferimentos de Ema estava se fechando se curando sozinhos, ela desmaiou mas não morreu

Não tem como um anjo sobreviver de uma ferida da lâmina demoníaca 







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...