História Me apaixonei, por ela. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lesbicas, Paixão, Romance, Sexo
Exibições 50
Palavras 592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá gnt.. bom eu sei que esse capítulo sai tarde, mas é pq eu comecei mas sai da página sem querer, e não estava com disposição pra começar tudo de novo, mas agora vamos lá.
Esse Cp. É diferente pq quem conta e Roberta.
Espero que gostem.
Podem preparar uma musiquinha triste 💔
O Cp. É um pouco pequeno mas...
Desculpe pelos erros.

Capítulo 4 - Uma inútil? Sim eu sou.


Dois dias antes da festa 

Geovana 

-Sai da minha casa, sua lixo. - disse Jonas, meu padrasto. 

-Eu te odeio seu monstro - eu disse com lágrimas nos olhos.

- Você é uma inútil, sua burra desgraçada. - disse ele com raiva.  

- Eu não sei porque mamãe te suporta, seu ...

- Porque ela é uma vagabunda imunda, que não tem onde cair morta, ela é uma inútil como você. - Disse ele com cara de nojo. - agora saia daqui se não quer que àquilo aconteça de novo, kkkk. 

Sai correndo, agora aos prantos, como eu queria que esse cara morresse. Eu não sabia para onde estava indo, só queria sair e ficar o mais longe possível daquele monstro desprezível. 

Parei quando estava escuro, eu não sabia onde estava ,só pensava o quão idiota eu fui, eu era mesmos uma inútil, uma idiota que sempre estraga tudo, eu não pensei em mas nada, só peguei o vidro quebrado que estava do outro lado da rua e fiz um corte profundo em meu braço e a única coisa que eu queria era que aquele monstro que eu era morresse, fiz mais dois ,três e outros, parei de contar quando estava entorpecida pela dor, não sentia minha pernas, não conseguia sentir nem as lágrimas que escorriam de meu rosto, e caí, apenas fechei os olhos a espera de que a dor me tomasse...

Acordei e abri os olhos com dificuldade eles estavam doendo muito, lembrei do.quanto chorei . Percebi que estava em uma rua sem saída, sem ninguém, ergui minhas mão para me escorar e se sentar no chão, Estremeci com a dor de meus pulsos e vi sangue no chão, ergui meus braços e vi os cortes com sange ja seco, - eu precisava lavar isso - levantei desamarrei minha blusa da cintura e vesti. Percebi que estava com meu celular no bolso da minha calça  jeans preta ,peguei e o desbloquiei ,eram 6 hrs da manhã , e quando vi qu:e havia uma mensagem se Suzi, travei .

Mensagem on.

-An.. oi

-Olha me desculpa, eu fiz sem pensar...

-Estou decepcionada comigo mesma. 

-Eu te Amo

Segurei o celular com tanta força que quase  quebro. Escrevi.

-Para de me fazer sofrer. 

-Me esquece, vai com a sua vagabunda..

Mensagem off. 

Eu não acredito que ela teve essa coragem de demandar mensagem depois de tudo que eu sofri por ela, e depois de ela ter me traído . Não chega nn posso pensar nisso, tenho que ver como mamãe está... nunca se sabe oque aquele infeliz fez com ela.. e é tudo culpa minha, que filha maravilhosa que eu sou.

Disquei o número de mamãe: 

Ligação on.

-Oi mãe, como você está? Me desculpe eu não queria...

- Calma meu anjo está tudo bem... oque aconteceu, onde você está? - disse ela com preocupação.

Não sei onde estou mãe, não se preocupe eu estou bem.. e você, ele te machucou? - falei com a voz desesperada.

- Nada que ele já não tenha feito meu amor.. - falou com tristeza. 

-mãe... porque a gente precisa aguentar esse babaca você nao...

-filha - ela me interrompeu - tenha calma eu já estou juntando dinheiro, e logo vamos sair de.lá. . Ok ? Mas oque realmente aconteceu?  Ele te colocou para fora? Ele disse quê você havia derramado café na blusa dele ..,

- Mãe ... é mentira. .. eu não fiz de propósito, a xícara escorregou. .

- Tudo bem minha filha fica com Júnior, melhor você não voltar agora. .

- Ok te amo.

Ligação off. 

Mandei uma mensagem pro ju, e avisei que ia pegar o metrô para sua casa. 


Notas Finais


Eu espero que tenha gostado.
E
Agradeço por agradeço
Agradeço minhas músicas da bad ajustarem a escrever
agradeço aos dias.ruins que me ensinam muitas coisa
Agradeço por ela sorrir todos os dias para me alegrar.
Obg até mais tarde


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...