História Me apaixonei por um anjo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Faculdade, Hentai, Musica, Romance, Sexo
Exibições 237
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Resolvi reescrever....
Total bloqueio de criatividade....
Alguns capitulos ainda são os mesmos mas temos novidades....

Capítulo 1 - A realização de um sonho


Ainda não deu nem quatro horas da manhã!  Não consigo dormir, pareço uma adolescente de 15 anos! Rolo na cama esperando a hora de tomar banho e correr para o aeroporto!  Minha primeira vez fora do país, com uma bolsa de estudos de fazer inveja! Hora de ser uma enfermeira em solo asiático!

-Ju! Acorda!- Ouço a voz da minha mãe pelo corredor,  mas nesse tempo minha mala estava no sofá da sala, chave do carro no bolso, tudo pronto!
-Estou pronta mãe! - Respondi pegando as minhas coisas com um sorriso enorme escondendo o medo e a dor de deixar meus pais para trás.  Era um até logo para essa cidade caótica de São Paulo.

--=-------------=-------------------=-----------=---------=

O avião pousara, cada baque que ele dava, meu coração pulava junto. Era a pós graduação dos meus sonhos, era a chance de conhecer novas pessoas! Mas principalmente era a minha única chance de esquecer.

Incheon International Airport

Lugar lindíssimo, extremamente moderno, traços tão perfeitos que eu tive que parar no meio do hall e como uma hipnotizada não prestei muita atenção ao burburinho que crescia.
Vozes femininas estridentes, chegava a doer meus ouvidos.
-Mas que porra é...- Paro de falar e olho para trás,  quem diria,  minha primeira vez na Coréia e já trompo com idols.

Abro espaço e tento ver quem são os meninos que estão fazendo tanto alarde. Solto as minhas malas e de longe vejo dois meninos altos, magros mas com a regata dava para observar os braços bem trabalhados, um com sorriso enorme bem trabalhado em lábios carnudos e o outro que o acompanhava tinha um rosto de criança,  boca pequena, bem vermelha, olhos escondidos sob um boné.
-Caramba!  Então esses são os meninos do BTS? - Exclamei em português mesmo,  tendo a certeza de que ninguém me ouviu.
Pego a minha bagagem e os sigo,  mas de repente sinto uma euforia de criança,  paro quando vejo um menino mais baixo,  franja caída na testa, olhos curiosos, corpo escondido sob uma jaqueta preta com o seu nome atrás.
-V? Taehyung! - Murmurei tentando lembrar o nome desse garoto, sabia pouco sobre idols mas eram o suficiente para não passar vergonha. Abaixo a cabeça e sorrio,  que rosto de anjo ele, um olhar de menino.
-Eita! Tô atrasada!- Vejo no celular que já era para eu estar dando entrada na minha matrícula na universidade.

Passo pela multidão quase como uma jogadora de futebol,  corro desengonçada devido o peso da bagagem.  De repente paro de novo, mas dessa vez o anjo está bem na minha frente.  Não é tão mais alto que eu, mas o sorriso me deixou desconcertada.
-Sorry- Mas porque eu estou pedindo desculpas? 
Ele apenas ri, que sorriso encantador.  Com os olhos pequenos e apertados ele apenas pisca e acena com a cabeça.
-Excuse-me - Peço licença novamente em inglês mas acho que esse menino não entende!  Saio correndo desconcertada e encantada. Que sorriso mais apaixonante!

---------=------------------=------------------=------------

Seoul National University
Welcome to our Exchange Program

Minha carta de boas vindas era em inglês seguida de algumas instruções também em hangul.  Meu coreano era de razoável à péssimo, mas ainda sim resolvi entrar naquele prédio enorme todo de vidro que refletia o sol do entardecer. 
Quarto 258, bloco A, ala oeste, passo pelo corredor até encontrar o meu quarto.  Sozinha? Sem nenhuma companheira? Ok isso não é uma universidade americana e muito menos eu não estou dentro de um filme.
Desarrumo as minhas malas, guardo os meus jalecos, meus livros e meu passaporte, abro meu notebook e procuro o que fazer. Quem sabe sozinha nessa cidade eu consiga fazer alguns amigos e conhecer algum lugar.
Show BTS MBC Studios
Ou algo do tipo, como eu disse, meu coreano era péssimo.

------------------=----------------------=-----------------=

Saio do táxi, na frente de um prédio enorme,  algo como a Globo mas muito mais imponente,  em torno do quarteirão uma multidão de meninas gritando loucas, arfando e se espremendo a procura de um canto para ver os Bangtan Boys. E eu ali, no topo dos meus 26 anos, na fila para ver uma boyband?
-Mas que caralho eu estou fazendo aqui?- Penso em voz alta e atravesso a rua. Quando a gritaria aumenta eu estou como uma tonta exatamente no meio da rua.
Olho como uma menina curiosa, vou me aproximando quase em sincronização com a van preta com vidros escuros. Do nada sai da van um moço mais velho, muito provavelmente o manager do grupo ou o diretor do show, depois acompanha um dos meninos, aparentemente o mais velho, boca carnuda com um sorriso lindo acompanhado por uma postura misteriosa e madura. -Rap Monster- Escuto as fãs gritarem. Eu já tinha ouvido sobre mas não fazia idéia do quão marcante ele era.
Logo atrás desce outro deles, um pouco mais baixinho, cabelo bagunçando, loiro, boca pequena e um sorriso quase inocente, esse com certeza era o tal Jimin,  que tantas amigas minhas no Brasil falavam, ele vestia apenas uma camisa social preta em conjunto com a sua calça impecável, aparentava uma maturidade não condizente com a sua idade. Logo depois desceu o Jin, esse eu conhecia bem, era de todos o que mais me chamava a atenção, sempre em suas músicas tinha uma voz suave, que sempre me acalmava ao escutar, seu jeito de cumprimentar as fãs me encantou, por toda a calçada até a entrada ele tocava as mãos das meninas enlouquecidas, sempre sorrindo. Quando eu finalmente consegui me ajeitar à frente da porta da van, sai o mais novo, o tal maknae, um menino tão branco, sorriso sapeca, era com certeza uma criança, seu boné virado para trás e seu casaco tipo de universidade trazia seu nome -Jungkook- Falo tentando decorar seu nome,  quando ele se afasta de mim saltitando e filmando as fãs com um celular de última geração. Olho curiosa e não consigo segurar um pequeno grito,  sai bem na minha frente uma representação masculina da branca de neve, cabelos tão negros e um sorriso lindo, tão meigo e doce,  como não me apaixonar. -Suga- Realmente um açúcar de tão doce. E por último bem na minha frente para aquele menino,  um anjo um pouco mais alto que eu, desceu da van num sobressalto que me assustou e bem na minha frente ele me olha,  me olha, engilha as sobrancelhas e sorri aberto,  com seu hálito de chiclete ele solta -Sorry, sorry- Como assim? Ele se lembra de ter nos esbarrado no aeroporto e ainda se lembra do que eu disse.
Solto um oi em coreano muito mal dado, tremendo e gaguejando.  Ele me olha rapidamente e vira para trás,  Suga o chama e ele me segura no punho me arrastando para dentro do estúdio.

-------------------=------------=-----------=--------------

E eu estava lá,  quieta,  atônita, sem reação sendo levada por um menino no meio de uma multidão. Não sabia se era um show, uma tarde de autógrafos ou qualquer coisa,  mas sua mão firme segurava a minha me puxando.
Mal tinha chegado em um país desconhecido, cansada, sozinha, quase uma foragida e eu estava lá, hipnotizada por um menino com sorriso cativante, quente e ao mesmo tempo tão sexy.

Tomara que eu não seja levada por um caminho sem volta.


 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...