História Me apaixonei por um anjo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Faculdade, Hentai, Musica, Romance, Sexo
Exibições 108
Palavras 898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bora pra parte boa da história...

Agora sim eu quero ver... Meu baby vai dar trabalho

Capítulo 5 - Um dia comum


Um colchão no meio do quarto, dois criados mudos, uma geladeira vazia e uma televisão que até agora não liguei, essa era a minha vida nesse quarto, vizinha dos Bangtan e frente a frente com a minha tentação.
Meu notebook não parava, tantos relatórios e tantos artigos em inglês e em coreano para ler. Minha pós graduação estava à mil mas não parava de pensar nele, precisava saber mais e principalmente precisava tê-lo por perto, isso já tinha se tornado meu vício, meu chocolate, meu sorriso de chocolate que não conseguia ficar um dia sem.
Despertador toca, duas horas mais cedo do que o normal, afinal a faculdade ficava à mais de quarenta minutos do dormitório dos meninos, um banho militar e em menos de dez minutos eu estava abocanhando uma maçã e um copo de leite que tinha recém comprado.
Olho meu relógio, são quase seis da manhã, suspiro e saio fechando a porta com cuidado, afinal os meninos ainda estavam dormindo. Dois quarteirões a frente o primeiro ônibus para, a sorte parecia estar comigo hoje, que esse dia seja comum e sem intercorrencia como dizíamos quando assumiamos o plantão.
Duas aulas de 50 minutos cada, meu caderno e meu notebook abarrotados de coisas sobre o sistema de saúde da Coréia, técnicas de RCP em pacientes etc.

-Julia ssi, espero que o seu trabalho esteja rendendo, a data de apresentação do seu relatório se aproxima-

Diz meu professor, segurando um leve sorriso sádico.

-Claro claro professor, está tudo encaminhado -

Minto descaradamente.

A quem eu queria enganar, tentava pensar em algo para escrever mas apenas aqueles olhos profundos e pequenos vinham na minha mente. Não tinha muito o que fazer a não ser admitir meu vício.

Chego na minha nova casa, o corredor estava quieto, estranhamente silencioso, aproveitando a deixa resolvo dar um trato naquele imenso apartamento.

-Nada da Big Hit entrar em contato, será que é folga hoje? -

Penso em voz alta quando recebo a mensagem da manager dos meninos.

Aproveite para tirar uma folga, hoje será dia de fansign, os meninos irão demorar.

Será então o dia que eu estava pedindo para Deus, sem ninguém para me vigiar e principalmente sem ninguém para cuidar, hora de cuidar um pouco mais de mim. Um passeio no centro comercial do nosso bairro. Lugar movimentado, cheio de lojas tanto de grife quanto de produtos mais baratos, será o momento perfeito para turbinar meu visual e a minha casa. Dois travesseiros, um edredom, meia duzia de pratos, alguns talheres, copos, estava tudo saindo conforme eu queria, um tempo fora para esquecer meus problemas, digo, meu problema. Um monte de sacolas na mão, cansada por andar no sol das três da tarde, tinha tudo ou melhor quase tudo o que precisava, algumas coisas para casa, algumas roupas, alguns sapatos, ok não era a patricinha modelo barbie, muito menos tinha o visual matador como a CL. Andei cerca de quinze minutos até encontrar um salão, não era bem o tipo de salão que eu era acostumada a ir, mas entrei.

Um corte de cabelo, um peeling de diamante e uma máscara estranha que deixaram no meu rosto, que por algum motivo ficou extremamente macia, depilação completa e uma renovada no visual, era meu dia de princesa bancada pela Big Hit, pois cá entre nós, o dinheiro era muito bom, por mais que eu fosse uma mera estagiaria. Com a noite caindo era hora de me arrumar para voltar para casa, ninguém me ligou mas tinha ainda uma coisa estranha, uma cisma que me deixava inquieta, parei na frente do prédio olhando para cima, suspiro e entro.

Um bom banho, cabelos bagunçados soltos no meu rosto, meu corte ficou ótimo, curto próximo ao queixo dava aquele ar de mais nova, por mais que os meus 26 anos pesavam às minhas costas. Uma camiseta do Bulls, um short jeans curto, descalça e totalmente no escuro sento em um dos pufs jogados na minha sala.

- Por onde você andou? Fiquei preocupado-

Quase caio do puf com o susto, era ele, ele estava no meu apartamento, mas como.

-Dia de folga, eu mereço afinal, mas o que você está fazendo aqui?-

Retruco, muito provavelmente vermelha, minha nuca doía, minha pressão arterial muito provavelmente estava às alturas, meu coração vibrava e creio que ele tenha notado isso.

-Estava preocupado, me preocupo com você, será que eu não posso?-

Sopra em um tom grave, baixo, sentia a dor e a agonia na sua voz, isso me machucava também mas sem poder reagir ainda tive forças para mais uma pergunta.

-Eu te falei duas vezes e vou repetir Kim Taehyung, gosto da solidão, sempre gostei e não vai ser você que....-

Por fim sou barrada, calada e completamente hipnotizada por um beijo, era um beijo profundo, cheio de mágoa e aparentemente cheio de segredos, segurei para não chorar, olhei em seus olhos e engoli seco para não gritar, não bater e principalmente para não tomá-lo em meus braços.

-Mas, mas porque, porque....-

Tentei formular uma pergunta quando suas mãos cobriram meus olhos, um sono incontrolável tomou conta de mim, tentando permanecer atenta à sua voz apenas escuto longe.

-Você precisa dormir, esqueça o que aconteceu, amanhã a gente se vê. Julia noona, você está linda.-

Meus olhos pesam ainda mais.

-V, Taehyung, não....-

Pego no sono, totalmente hipnotizada, que jeito de terminar um dia folga comum.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...