História Me apaixonei por uma Mutante - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Lutteo, Romance
Visualizações 67
Palavras 1.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Ficção Científica, Policial, Violência
Avisos: Álcool, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Não sou mais mutante


 

 

~Ligação on~

M: Com assim a Luna foi sequestrada Gastón. Disse com um tom de preocupação.

G: Isso ela foi sequestrada. Do nada ela ligou aqui para Nina desesperada falando que foi sequestra e não consegue usar o seu poder, o celular dela cai no chão ou algo assim só conseguimos ouvir os gritos dela ai a ligação caiu.

M: Não tem nenhuma suspeita onde ela esteja.

G: Não a gente não tem nenhuma ideia onde ela esteja.

G: A Nina falou para você vim para car que ela quer fala com você.

M: Fala para ela que já estou a caminho.

~Ligação off~

M: Não acredito nisso. Disse apoiando na mesa.

Xxx: Tudo bem Matteo.

M: Simon nenhum pouco.

S: O que aconteceu Matteo pra ta assim.

M: Luna Simon. Disse muito triste.

S: O que aconteceu com a Luna Matteo me fala logo.

M: Ela foi sequestrada Simon. Nessa hora Simon ficou muito preocupado.

 

 

 

~ Casa de Nina~

G: Nina calma vai dar tudo certo o Matteo já ta vindo aqui para a gente conversar.

N: Gastón a Luna é minha melhor amiga como vou ficar calma.

G: Vem aqui. Disse abraçando a namorada.

G:  A Luna tem as melhores pessoas ao redor dela. Vamos conseguia acha-la e nós livrar de tudo isso.

N: Obrigada por esta comigo aqui. Disse apoiando a cabeça no peito dele.

G: Sempre vou estar no seu lado minha princesa.

 

 

 

~Luna Valente~

Acordei com uma dor na minha cabeça. Observei onde estou e estou dentro de um caixa de vidro.

L: Socorro alguém me ajuda por favor. Disse eu batendo na parede de vidro.

Xxx: Você acha que alguém vai mesmo te acha aqui garota. Disse um cara com cabelos pretos grande em um topete, e ele tinha olhos claros.

L: Quem é você por que estão aqui.

Xxx: Primeiramente Luninha, sou Pedro e faz uma semana que estou te observando.

Que cara louco ele é um maníaco.

L: SEU MANIACO ME TIRA DAQUI AGORA. Disse eu batendo com mais força no vidro.

P: Luninha você nunca vai conseguir quebrar esses vidros. Nessa hora me afastei e tentei usar o meu poder mais tentativa falhar.

Na hora que tentei usar meu poder levei um doloroso choque, que me fez cair no chão.

P: Ai Luninha você é tão bobinha, acha mesmo que vai conseguir usar seu poder ai dentro ne. Disse gagalhando quando eu tentava me levantar do chão.

L: O que você fez com os meus poderes.

P: Antes de você entrar nessa caixa de vidro te dei um remedinho.

Não acredito que ele me deu um remédio pra para meu poder.

L: Não acredito que você fez isso.

P: Acredite Luninha. Agora vai se acostumando por que em breve não precisara mais dele. Disse ele saindo.

O que ele quis dizer em " Não precisara mais dele", será que ele esta pensando em roubar meu poder para ele.

 

 

 

~Casa de Nina~ 

Campainha toca e Nina vai abrir.

N: Matteo Simon ainda bem que chegaram. Os dois entram.

M: Nina agora me explica direito esse negócio da Luna.

N: A Luna falou que ia na delegacia para conversa com você.

N: E do nada recebi uma ligação dela pedindo socorro e chorando. Nessa hora os olhos de Nina começa lacrimejar ao pensar que algo poderia acontecer com sua melhor amiga.

S: Já mandei os policiais Caçari ela pela cidade inteira.

M: Temos que fazer algo nada pode acontecer com Luna.

G: Calma Matteo.

S: Gastón tem razão tenha calma a gente vai conseguir achar Luna.

Nessa hora Simon recebe uma ligação.

S: Colicença. Disse indo atender.

 

~Ligação on~

S: Oi Amor.

A: Simon conseguir rastrear o celular da Luna.

S: Sério onde ela estar.

A: Ela estar num depósito abandonado o endereço é XXXX.

S: Obrigada amor já to indo para lá.

~Ligação off~

 

S: Pessoal descobrir onde Luna estar.

M: Sério onde.

S: Ambar me mandou o endereço vamos Matteo.

N: Eu quero ir junto.

M: Não pode ser muito perigoso para vocês dois.

N: Não mais eu preciso ver como esta minha amiga.

S: Qualquer coisa a gente te avisa mais você não pode ir é muito perigoso.

G: Nina ele tem razão é muito perigoso para a gente ir.

N: Tabom mais qualquer coisa me avisa.

M: Vamos Simon.

 

Os dois foram dirigindo até o local onde Luna poderia estar.

 

 

~Luna Valente~

Não estava aguentando mais ficar lá. Tinha que dar um jeito de sair, então resolvi tentar quebrar o vidro, quando fui tentar quebra lo acabo levando um choque.

P: Não adianta tentar quebrar o vidro só vai te machucar.

L: Por que esta fazendo isso comigo o que eu te fiz.

P: Nada Luninha você não fez nada.

L: Então por que to presa aqui se não te fiz nada.

P: Eu quero algo que só você pode me dar.

L: O que como assim só eu posso te dar.

P: Também sou um mutante da eletricidade Luninha.

L: O que  sério é sério isso. Disse não acreditando.

P: Sim mais quero mais poder.

L: Por que quer mais poder se você já tem.

P: Quero ser mais forte e você vai me fazer ter isso.

L: Calma você ta pensando roubar meu poder para te deixar mais forte. Disse assustada.

P: A certo Luninha agora se prepara .

L: Não por favor não faz isso.

P: Fale adeus para seus poderes Luninha. Disse ele apertando um botão.

Nessa hora sentir uma fraqueza e acabei desmaiando.

 

 

 

~Matteo Balsano~

Chegamos no Lugar onde Luna estava.

S: Melhor a gente esperar os outros policiais chegarem pode ser muito perigoso lá dentro.

M: Não podemos ficar um segundo aqui parado Luna pode estar sofrendo agora vou entrar.

S: Tabom mais vamos com cuidado.

Tomamos muito cuidado para entrar. Quando entramos achamos Luna caida no chão.

M: LUNA. gritei e fui correndo atrás dela.

S: Vou chamar a ambulância. Disse o mesmo pegando o celular.

M: Luna acorda por favor.

 

 

 

~Luna Valente~

Quando acordei ouvi algumas vozes minha visão estava muito embaçada.

N: Ela acordo.

M: Luna como se sente ta bem.

G: Vou chamar o médico.

M: Luna ta melhor. Disse Matteo pegando minha mão.

L: Quanto tempo to aqui.

N: Faz duas semanas que esta nesse.

M: Todo mundo esta preocupado com você. Nessa hora o médico entrou na sala me afastei um pouco de Matteo.

Médico: Senhorita Valente como se sente.

L: Com um pouco de dor na cabeça.

Médico: Luna você não é mais uma mutante. Nessa hora arregalhei os olhos.

Como assim eu não era mais uma mutante.

L: Como assim doutor.

Médico: Qual seja a pessoa que te sequestro roubou todo seu poder.

L: Eu não acredito.

Médico: O responsável por Luna Valente quero que assine esse papel para ela poder ir embora hoje.

M: Eu assino.

N: Amiga ta tudo bem.

L: Nina não acredito que eu não sou mais uma mutante.

N: Sinto muito amiga.

M: Luna avisamos os seus pais eles estão vindo para Buenos Aires.

L: Esta bem só quero ir para casa. Disse em um tom meio triste.

N: Pode ficar na minha casa amiga você sempre é....

M: Não ela vai ficar na minha casa. Disse Matteo interrompendo a Nina.

N: Esta bem eu já vou não posso chegar tarde em casa tchau. Disse me dando um abraço e saindo.

M: Vai se arrumar vamos para minha casa.

L: Ta bem.

Eu me arrumei então eu e Matteo saímos do hospital.

O camimho até a cada de Matteo foi um silêncio. Quando chegamos lá.

M: Pode dormi no meu quarto, durmo no sofá se te incomodar eu ficar lá.

L: Não tudo bem poder ficar lá comigo.

M: Ta bem se você pede.

Fomos para o quarto de Matteo.

L: Agora não precisa me odiar mais. Disse eu olhando para Matteo.

M: O que eu nunca te odiei.

L: Ódio sim, você odeia mutante lembra.

M: Mais você não Luna nunca te odiei, des que te conheci. Disse ele se aproximando de mim

L: Sério nunca me odiou mesmo.

M: Não diferem eu gostei de você até demais. Fiquei surpresa com aquelas palavras, não conseguir dizer nada por que o mesmo me surpreende com um beijo apaixonante o qual eu correspondo.

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...