História Nossos laços (yaoi-yuri) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 5
Palavras 645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


O primeiro capitulo vai falar mais sobre a Agatha e a Alessa, ok? O proximo é sobre os outros dois personagens!
Boa leitura 💓

Capítulo 1 - Yuri? Agatha e Alessa!


Na noite seguinte que era aniversário de Aghata, ela acordou na cama de Alessa, com Alessa parada em pé a observando. 

- Depois que você "recuperar a consciencia" pode ir tomar um banho.

Quando Aghata voltou para o quarto enrolada na toalha para se vestir, Alessa entrou e foi desenrolando a toalha:

-deite na cama, por favor.

(Aghata corou)

Alessa foi fazendo um tipo se strip-tease enquanto Aghata a observava com desejo.

-Venha pra mim sua gostosa!

Alessa ficou por cima de Aghata a beijando apaixonadamente com sua língua, dizendo em seu ouvido:

- Feliz aniversário

Logo Aghata deu um tapa carinhosa na nadega de Alessa.

Alessa se descontrolando apertou os seios enormes de Aghata e sentando-a com sua intimidade na perna de Alessa fazendo Aghata cavalgar,

Alessa perguntou:

- Quantos dedos você quer?

- Quantos você achar melhor!

Alessa introduziu dois dedos na intimidade de Aghata fazendo-a gemer.

- Ales... Ahh

Alessa perdeu o controle e mordeu os seios de Aghata.

Aghata começou a acariciar e puxar os cabelos de Alessa ao mesmo tempo, deixando-a mais excitada que acabou penetrando seus dedos com nuita força em Aghata fazendo-a gritar de prazer:

-É assim que você quer? Então peça....

-Ahhhh.... Conti-nue... Por fa -favor ...

Alessa acariciou o corpo de Aghata até chegar em suas coxas, afastou as pernadçs de Aghata e começou a passar a língua na intimidade que fez Aghata gozar em sua boca e foi engolindo tudo.

- Aless... Ahh. Isso!

Alessa se sentou encostada na cabeceira da cama e deu umas batidinhas no colo como se dissese "vem cá".

Aghata sentou em seu colo virada de frente para Alessa que introduziu seus dedos na intimidade de Aghata e beijou seus seios.

Assim que pararam, Aghata deitou seu rosto nos seios de Alessa, e o lindo brilho do luar as iluminou pela janela.

Na manhã seguinte,quando Aghata acordou Alessa estava fazendo o almoço:

-Bom dia minha dorminhoca.

-haha Bom dia .

-o que achou de seu presente? 

- Foi incrível! Obrigada. 

-Que bom, por que você vai ter mais disso.

-Minha safadinha.

          (...)


(Depois do almoço)

Aghata sentou no sofá pra ver um filme e Alessa deitou a cabeça em suas pernas.

O filme que elas estariam vendo aleatoriamente era 50 Tons de Cinza, Aghata fechou suas mãos fortemente por lembrar da noite passada. Alessa viu e sentou em seu colo e lhe deu um beijo. Mas Aghata segurou a cintura de Alessa e as duas caíram deitadas no sofá, Alessa novamente por cima , Aghata puxava o corpo de Alessa pra si e Alessa colocou a mão na intimidade de Aghata: 

- Ja molhadinha safada.

Mas o celular de Aghata começou a tocar e Alessa disse:

- Amor você precisa atender, vamos parar

Aghata fez uma cara de triste e Alessa disse :

- Eu não te deixei satisfeita?

- Não é isso amor, eu só quero ficar o máximo de tempo possivel com você.

Era a mãe dela, dizendo que o pai de Aghata ia ser solto daqui a um mês. Alessa preocupada perguntou depois de desligar o celular:

- Amor o que foi? 

-Meu pai vai ser solto daqui a um mês.

- Que bom pra ele eu acho.

Alessa continuou falando:

- Eu tenho uma proposta pra você. Mas não é de casamento, ainda, calma talvez você goste.

Era um contrato com todas as regras e explicações para uma submissa.

Aghata arregalou os olhos:

- e-eu Vou pe-pensar.

- Ok,pense bem mais não demore

Aghata foi para o seu quarto para ler o contrato e pensou :

-É isso mesmo que eu quero pra minha vida? Eu vou ser feliz? Sendo uma escrava sexual? Ela me ama e eu a amo, ela não fará nada tão ruim,aliás eu tenho escolha. Aceito.

Aghata entrou no quarto de Alessa mas ela já estava dormindo com o abajur ligado, ela estava com uma calcinha vermelha e de camiseta preta: 

- Ela está tão sexy! Se controle Aghata!

Aghata se deitou com Alessa sem acorda-la e olhou para o criado mudo e viu que tinha duas camisinhas ali e já soube para o que serviam rapidamente desligou o abajur e dormiu.




Notas Finais


Gostaram? Comentem ! :-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...