História Me De Motivos Para Ser FELIZ - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Depressão, Jikook, Yuri
Visualizações 19
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Preparem as calcinhas ksksks sorry pela piada
Eu estou demorando para postar pk as aulas voltaram e é difícil escrever

Capítulo 6 - •5•


Fanfic / Fanfiction Me De Motivos Para Ser FELIZ - Capítulo 6 - •5•

-COMER -Grita Jin, lá na frente... Jungkook me puxa pro fundo sussurro

-Eu vi sua foto no twitter que gostoso em -Me diz mordendo o lábio, sorrio

-Que bom que gostou daddy -Sussurro, voltamos a olhar pra frente como se não tivéssemos falado nada ai trás, fomos até um dos restaurantes famosos do Havaí, entre e o que fomos fazer isso mesmo COMER, comemos, tiramos fotos, até que voltamos para o flet, tudo mundo tava cansado por causa da viagem.

-vamos dividir os quartos - diz Namjoon

-quantos quartos tem? - pergunta Yoongi

-dois, alguém de nós vai ter que ficar na sala, eu fico sem problema - diz Jin

-eu fico também vocês dividam os quartos- diz Namjoon, assim Jungkook me olhou, me puxou para um dos quartos deixando nossas mala no canto do quarto, fechou a porta me jogou na cama ficando em cima de mim.

-Jiminnie você sabe que eu vou brincar muito com você né - sussurrou no meu ouvido me fazendo arrepiar - você não vai poder gritar -diz olhando em meus olhos desce a mão até minha nádega apertando a mesma me fazendo ara- shiuu- diz entrando a ão na minha calça massageando meu membro fazendo eu morder o lábio contendo outro gemido, tirou minha calça junto com a boxe, passando com o dedo na minha entrada, me virou de costas me deixando de cara contra a cama e enfiou um dedo fazendo movimentos lentos, logo enfiou o segundo me fazendo gemer, abafei o gemido puxando o travesseiro contra meu rosto, começou a ir mais rápido com os dedos assim enfiou o terceiro, me fazendo morder o lábio com mias força, logo colocou o quarto dedo indo rapido e fundo, senti meu pré-gozo, o mesmo tirou os dedos me deu um beijo grego fazendo eu arfar, apertou meu membro com força.

-me foda logo Kook - ganho um tapa estralado na bunda.

-Não é Kook, é daddy - ele me diz serio

-Daddy me foda -digo manhoso e o mesmo tira sua calça junto com a boxe.

-me chupe -ordena, me agacho na sua frente, passo a língua na sua extensão enfio na boca chupo sua glande com força deixando o mesmo sair da minha boca e bato no meu rosto coloco de novo na boca fazendo movimentos vai e vem e olho para cima vendo sua feição o mesmo mordia o lábio com a cabeça jogada pra trás, peguei minha mão para auxiliar ao movimento sinto seu pré-gozo.

-o baby quer leitinho- digo manhoso lhe olhando, volto a chupar com uma certa velocidade fazendo bater na minha garganta vejo o mesmo ter espasmos gozar na minha boca engulo tudinho, o daddy me puxou para seu colo ordenando que eu cavalgasse, enfio seu membro na minha entrada rebolo começo a cavalgar e o mesmo coloca a mão na minha cintura me ajudando com os movimentos, começo a cavalgar mais rapido, ele pega meu membro esquecido começa a fazer movimentos em sintonia com meus movimentos me fazendo gemer no seu ouvido, começo a cavalgar mais rápido e fundo acertando meu ponto sensível, o mesmo leva as mãos ate minha nádega e aperta com força, solto um gemido um pouco alto, contínuo os movimentos.

-Baby eu vou solta leitinho -diz Kook, gozando no meu interior, logo saiu de cima do seu colo me deitando na cama, ele deita ao meu lado, faz carinho em mim.

-vamos tomar banho? -Diz o mesmo

-Vamos -ele me pega no colo, vamos para o banheiro do quarto, tomamos um banho, logo voltamos para o quarto me deitei ao seu lado, colocando minha cabeça no seu peitoral e adormeci com um cafuné que você fazia.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...