História Me dê um Pouco de Atenção - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Personagens Originais
Tags 100 Torções, 100torções, Hentai, Ino, Kiba, Kibaino, Naruto, Sexo
Exibições 127
Palavras 819
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLÁ, OLÁ!
PRIMEIRAMENTE: não assisto ou leio Naruto, i'm sorry not sorry. Essa one aqui é pra minha MARIDA QUERIDA! Presente de aniverário, era pra sair ontem, mas a vontade de viver nem veio hoje, ainda mais ontem, MAS AQUI ESTAMOS! Com esse meio hentai, com uma pessoa extra não participando.... enfim, viada. Você é um amor de pessoa, linda e maravilhosa, louca e adoro nós duas termos nos casado por causa de uma fic que eu pedi pra tu avisar (já tinha esquecido desse pedido) e de um comentário "curtissímo", viu como é chato ser normal? Tem que conhecer e pegar os crush assim! Quanto tempo de história e mentios no twitter viada? Não importa, foi ótimo, espero que dure mais e continue sendo, e eu que um dia eu consiga fazer o sotaque de Portugal, todo mundo consegue e eu não. Que quando tu dê A patada no tal de Pablo tu grave e me mande pra gente zuar mais, muitos hentais em dupla (que é o que importa), muitas zoeras das fics "lindas" que achamos por aí e das zinimigas... que venham tudo isso, pq ter tudo isso com vc nesse um ano foi ótimo. Te amo!
Ta curto meeixmo, sorry.
Boa leitura, inclusive a vocês que não são ela.

Capítulo 1 - Atenção


Atenção.

 

     Já se livrou daquele traste?!

       Ralhou a avô de Ino Yamanaka pelo telefone. Há poucos meses, mais do que a avô de Ino havia falado que duraria,  Ino havia começado um namoro com Kiba Inuzuka, um jovem que a avô da loira havia falado que era sem futuro. Ino e a avô moravam na cidade grande, os pais da loira moravam no interior e a avô como era rica e só tinha uma neta decidiu que ela moraria com a mesma, pagando os estudos e tudo mais que lhe conviesse.

         Ino agora tinha 21 anos, eram quase empresária; e Kiba era apenas um guri da faculdade que estava fazendo um estágio.

    — Vô! Não fale assim dele!  

    — Caguei pra você, querida! Então, menina, tu não sabe quem casou.

    — Quem?

    — A filha de Odete.

   — Mentira…

   — Ai, Ino. Um amor de pessoa aquele jovem, loiro, bonito…  — Ino suspirou, estava entendiada e não havia nada de interessante na TV. Que belo domingo. — Se você tivesse dado essa sorte…

    — Vô! — Já estava começando a se irritar com sua vô dando palpite no seu namoro, ou em sua vida. Ino e a avô iniciaram um debate, logo mudavam de assunto e voltavam para o mesmo debate. A loira desligou, dizendo que iria passar na casa da mais velha na próxima semana. A Yamanaka começou ligou para uma amiga da faculdade, começaram a falar qualquer futilidade; Kiba que estava deitado no colo da outra, apenas a observava, emburrado por ter passado praticamente a manhã e inicio da tarde sem ter uma devida atenção da namorada.

    Ele se levantou do colo da loira, se sentou do lado dela e começou a observar ela, não ligando para o que ela falava com a tal Jade; Ino o fitou, com a sobrancelha arqueada, querendo que ele disse logo o que queria, um calafrio caminhou pelo toráx da loira quando o moreno lhe deu um chupão no pescoço, a fazendo dar um gemido baixo e involuntário.

     — Ah, safada! Que gemido foi esse?  — Ino sentiu o moreno rir contra a pele de seu pescoço, ela ralhava com Jade enquanto Kiba levava suas mãos calejadas para dentro da regata preta da Yamanaka, apertando um dos seios dotados e livres de sutiãs.

     — Para com isso! — o empurrou de leve, Kiba a pegou por uma das pernas e a fez se deitar no sofá, em seguida a fez abrir as pernas e entrelaça-las em sua cintura.

  

    — Com o quê, menina?!

     — Nada… — Jade escutou outro gemido de Ino pelo telefone, riu e a fumaça do cigarro que tragava saiu pela boca junto ao riso.

      — AH SAFADA! Na hora de levar madeirada… — começou a cantarolar baixinho, respondendo uma mensagem.

      — Então, o quê ele mandou?

 

          Enquanto Jade contava as mensagens da conversa entre ela e o “bofe”, Ino mordia a boca e murmurava “hms” para a amiga, tentando conter os suspiros e gemidos baixos por culpa do moreno que mamava-lhe uma das tetas. Kiba adorava ver suas reações diante daquela provocação, ficava um pouco irritado por ela continuar a falar no telefone, mas a vendo naquela situação tornava tudo aquilo mais interessante. Desabotoou o short amarelo, passou levemente seus dedos pela intimidade molhada da loira, sentiu a mesma estremecer, rira.

         O Inuzuka, abaixando o short e calcinha até o joelho da mesma e fazendo uma trilha de beijos até chegar lá, lambeu lentamente a intimidade da loira, ela não se conteve e teve que aguentar mais piadas de Jade.

     — Para de se dedar aí e se concentra! Corolho.

     — Cala a boca! — a voz saiu falha e logo em seguida saiu outro gemido.

     — Ih, migs. Vou desligar, tu tá muito ocupada…

     — O cacet… — sentiu o moreno lhe chupar mais forte, se interrompendo com outro gemido. — T-Termina de c-contar…

        Ela bufou ao sentir o moreno rindo de sua cara com a cabeça no meio de suas pernas. Jade continuava contando, como se nada estivesse acontecendo. Kiba se irritou um pouco, Ino estava conseguindo se conter e ainda não largava daquele maldito celular! Subiu de novo sua boca, chegando aos seios mal cobertos pela regata levantada e os chupando enquanto desabotoava sua calça. 

        A penetrou com força, logo depois de uma leve provocação com a glande; ela praticamente gritou de prazer, isso o satisfez. Ino fechou os olhos com os vai-e-vem rápidos e fortes, o Iphone ficou em sua mão que estava acima de sua cabeça.

 

          Jade afastou o celular da orelha com uma expressão maliciosa e surpresa, mesmo longe de seus ouvidos os gemidos altos e roucos de Ino e Kiba podiam ser ouvidos, ela gargalhou. Desligou o celular, logo depois mandou uma mensagem para a amiga que devia estar aos delírios com o namorado.

      

   (…)

         Kiba havia dormindo apoiado nos seios seminus de Ino, a mesma ainda sentia os efeitos dos orgasmos, ofegava e suspirava. O celular apitou e a mesma foi ver o que era.

“AH SAFADA! Levou madeirada das boas, hein?!!!!”

                        16:30

“Arrombada! ~literalmente~”

                      17:55


Notas Finais


Com essa one eu descobri que sou muito cuzona, UHEUEHUEHEUEHEUHE! Tava cantando malandramente na escola e em casa, deu nisso... Lá a gente canta AH SAFADA quando vai bater na bunda de alguém, na vdd só o L, mas enfim.... Essa é uma das fics do desafio das 100 torções, logo postarei o jornal com as fics :v
Na vdd agora, espero que você ( @LadySabaku ) tenha gostado e vcs, beijos e desculpa pela betagem, fui por cima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...