História Me deixe curar sua dor. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Yoonmim Vhope
Visualizações 90
Palavras 1.394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom pessoal, os capítulos vai começar com namjoon narrando, e vai ter uma ordem conforme os suicídios vão acontecendo. Me desculpa qualquer coisa.
Boa leitura❤

Capítulo 1 - O segundo de um ciclo de dor


Fanfic / Fanfiction Me deixe curar sua dor. - Capítulo 1 - O segundo de um ciclo de dor

Namjoon pov


-  MON POR FAVOR SE ACALME! VOCÊ TEM QUE SE ACALMAR! EU NEM SEQUER CONTEI O QUE ACONTECEU AINDA!

-  ENTÃO ME FALA LOGO POR FAVOR! O QUE ACONTECEU COM O JIN? CADÊ ELE? POR FAVOR ME FALA ONDE ESTÁ ELE!

-  MON O JIN ESTÁ MORTO, TÁ LEGAL? ELE ESTÁ MORTO! Ele está morto Namjoon-  O garoto moreno agora de cabeça baixa com lágrimas no rosto fala, tentando me acalmar.

-  Como assim ele está morto Jimim? Ele não está morto. Não pode ser verdade. FALA PRA MIM QUE É MENTIRA JIMIM. ISSO NÃO PODE SER VERDADE!

-  PARA DE GRITAR NAMJOON! Isso não está ajudando. Eu queria que fosse mentira mas não é. Ele está morto Namjoon... ele está morto. NAMJOON! NAMJOON VOCÊ ESTÁ BEM? NAMJOON...

Tudo o que eu ouvia  agora era uma voz abafada, longe, minha visão está embaçada, escurecendo. Isso é um sonho? Quando eu vou acordar? Espero que logo. Preciso ver como o Jin está.

-  ALGUÉM CHAMA UMA AMBULÂNCIA POR FAVOR!.... NAMJOON FICA COMIGO!.... N-NAMJOON!....

Por que essa voz continua me chamando? Por que está tão longe? Não consigo ouvir direito. Pra onde estou indo? Jin cadê você? Eu preciso de você! Jin pra onde estão me levando? Por que não me responde? Jin eu preciso de você.

-  Pessoal por favor abram espaço! Emergência de parada cardíaca! Por favor abram espaço!

De quem é essa voz? Por que está tão agitado?   Onde eu estou?.... Jimim?....
Não consigo ver seu rosto claramente mas tenho certeza de que é ele.... Jimim onde eu estou?

-  Pode ligar a carga elétrica. 1..2..3

Que sensação estranha. Por que estão me dando choques?




- NÃO! NÃO! NÃO! JIN!


Acordo assustado, com meu corpo completamente suado, estou quente e chorando...

-  Merda, cadê meus remédios?- começo a procurar desesperadamente entre o criado-mudo que se encontra ao lado de minha cama. -  Cadê a merda daquele calmante?! -  Encontro a cartela de remédios e percebo que já está acabando. Pego um comprido e desço as escadas atrás de água. -  Vou ter que comprar mais. Que saco. Não quero sair de casa.

Desde aquele infeliz incidente que aconteceu a uns três meses atrás, minha vida tem sido isso. 
Fico revivendo o maldito dia em que recebi a notícia que Jin estava morto. Depois disso só saio para ir ao trabalho, afinal, ainda tenho que manter as coisas aqui em casa . Atualmente moro sozinho, morava com Jin e Jimim  antes de tudo isso acontecer. A morte de Jin só piorou a minha situação pois eu já me sentia sozinho pelo fato de ter perdido minha mãe quando era adolescente e nem sequer conhecer meu pai. Jin me fazia sentir o amor que não recebia quando era mais jovem. Ele me completava.

Eu ainda me encontro com os meninos de vez em quando. Claro, todos estão abalados com o suicídio de Jin. Não sabemos ao certo se foi realmente um suicídio, Jin não tinha motivos para tal. Mas a investigação apontou que o garoto se suicidou por brincadeiras preconceituosas que recebia na faculdade por ser homossexual. Ou seja, por namorar comigo. 

-  Aish Jin, eu sinto sua falta seu bobão. -  falei com um suspiro. - Como você  teve coragem de fazer algo tão cruel com você mesmo? Você nem sequer terminou sua faculdade. Por que você teve que ir tão cedo aos 26 anos? Por que? Eu preciso d-de você a-aqui Jin. -  me peguei chorando enquanto via suas fotos em um pequeno álbum que nós compartilhavamos. Hoje completaria três  anos de nosso namoro. Mas o destino foi cruel o bastante para não nos deixarmos comemorar esse dia.
Eu com certeza vou passar o restante do dia triste, mas eu preciso ir trabalhar. Eu trabalho como frentista em um posto de gasolina no centro de Seoul. O trabalho me distrai um pouco. Não quero ficar pensando no Jin o dia inteiro.


Eu realmente ia para o trabalho, mas meu humor não estava dos melhores, então resolvi beber. Parei no bar em que eu frequentava constantemente com Jin. Ele era meu preferido. Minhas melhores lembranças aconteceram nesse bar.

Entrei no estabelecimento e fui direto para o bar. O lugar era grande, e tinha uma pista de dança enorme, com um palco à frente onde costumava fazer batalha de rap com Suga e Hope.

-  O que vai querer hoje moço? -  Notei que o barman não era o mesmo de sempre. Mas não dei muita importância pra isso.

-  Quero a sua melhor bebida e a mais forte. -  falei encarando suas costas que se movia para pegar a garrafa e encher meu copo em cima do balcão de mármore.

-  Pela sua cara você está realmente precisando. -  falou o barman secando alguns copos.

-  Pode ter certeza disso. - falei meio indiferente. Ele não insistiu no assunto o que geralmente barmans fazem, e eu agradeci profundamente por isso.

Não  percebi a hora passar, e eu nem sequer sabia onde estava, por isso optei por ficar a noite hospedado em um hotel. Estava muito bêbado para ter noção do que estava fazendo. Então apenas fui tomar um banho no banheiro do quanto em que estava hospedado e ir dormir. Mas meus pensamentos não me deixaram em paz. Sentia como se fosse surtar. Me troquei e sentei no pequeno sofá que tinha no quarto e liguei a TV para assistir algo. Deixei em um canal qualquer e me aprofundei em pensamentos. Todos relacionados a Jin é claro.

Lembrei do tempo em que estávamos juntos. Estávamos felizes. Graças a Jimim estávamos felizes.

Jimim... Jimim..

NÃO ADIANTA COLOCAR A CULPA NELE AGORA. VOCÊ SABE QUE VOCÊ É O ÚNICO CULPADO!


Por que essa voz voltou? Eu não tenho culpa de nada. Foi Jimim que me aproximou dele. Ele fez eu me apaixonar por Jin. A culpa é dele

VOCÊ SABE QUE NÃO É VERDADE. JIN MORREU POR QUE VOCÊS ESTAVAM JUNTOS! ELE NÃO TEM CULPA DE NADA! VOCÊ ESTAVA FELIZ NÃO ESTAVA? ERA BOM AS NOITES DE PRAZERES NÃO ERA? EU SEI QUE VOCÊ É GRATO POR ELE 


-  CALA A BOCA! EU SEI! EU SEI! ELE MORREU POR QUE NAMORAVA COMIGO! EU SEI! MAS A CULPA NÃO É SÓ MINHA! ELE ME FEZ OLHAR JIN COM OUTROS OLHOS! A CULPA É DELE! -  desabei em choro e grito, jogando tudo que tinha em minha frente para o chão. Não estava me importando nem um pouco se estava em um hotel ou não.

VOCÊ NÃO SENTE FALTA DELE?


-  É CLARO QUE EU SINTO! EU O AMO! EU.. EU o amava!

VOCÊ SABE QUE SÓ HÁ UM JEITO DE VER ELE DE NOVO. VOCÊ QUER VER ELE DE NOVO NÃO QUER?


-  QUERO! QUERO! EU PRECISO DELE!

O QUE ESTA ESPERANDO ENTÃO? JIMIM É CULPADO NÃO É?  VAMOS, VOCÊ LOGO LOGO VAI TER JIN DE VOLTA EM SEUS BRAÇOS!


-  CALA A BOCA! não, não, não, não. Eu só posso estar ficando louco. -  sentei no sofa segurando meus joelhos e me balançando pra frente e para trás. Eu tinha que me acalmar mas essa voz não me deixa em paz!

QUAL É NAMJOON, VOCÊ SABE O QUE TEM QUE FAZER, SABE O QUE VAI TIRAR ESSA CULPA DE VOCÊ. EI, VOCÊ QUER VER O JIN DE NOVO NÃO QUER?


-  CHEGA! EU NÃO AGUENTO MAIS! EU JÁ SEI O QUE VOU FAZER! -  peguei meu celular não bolso, procurei o perfil que eu queria e enviei:

Nam: é tudo culpa sua Jimim.

Peguei uma garrafa de álcool que tinha em uma armário de limpeza e joguei no quarto inteiro. Peguei o esqueiro que sempre tive comigo desde a morte de Jin e atirei fogo.

-  Por favor me espere Jin. Vou me encontrar com você já já! Você está feliz? Eu estou feliz. Eu te amo Jin!

Me senti sufocado, minha pele queimando, estava angustiado, estava quente, muito quente! Ah droga, o que eu fiz? Me perdoe Jin, eu fui fraco de novo.

Senti minha respiração parando, minha cabeça estava girando, ouvi alguém me chamando, mas não lembro quem era. Eu só queria acabar de vez com essa tormenta. Por isso fechei meus olhos e me deixei ser levado pela voz fina e doce que me chamava.




Nome: Kim Namjoon
Idade: 24 anos
Data de falecimento: 17/ 01/2015
Causa da morte: asfixia. Suicídio.





Notas Finais


Me falem oq acharam❤
Não sejam leitores fantasmas, pfv comentem❤
Até a próxima. Bye❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...