História Me ensine a amar - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance
Exibições 19
Palavras 1.083
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura♡

Capítulo 2 - Página 1


Era mais um dia comun no colegial estava chovendo muito,é provável que você saiba que eu sento no fundo da classe. Lá estava eu escutando como sempre,gente falando de mim. [Aluno 1]- nossa como um gay foi estudar na nossa escola? [Aluno 2]- Ele me irrita... Mas eu já estava acostumado com isso, era só colocar o fone e pronto. *quebra de tempo* No final da aula eu sempre Fasso a mesma coisa, vou na máquina de suco e pego um refrigerante. Minha mãe gostava muito de suco, ele até brigava quando eu bebia muito refri. Yu narração off. Narrador narração on. Yu mal sabia o que ele tanto precisava estava logo ali na,esquina. Narrador narração off. Yu narração on. Eu resolvi ir por outro caminho, afinal 21 anos... já podia sair por aí. Quando eu dobro a esquerda eu vejo dois caras tarando uma menina. [Cara 1]- Olah, deixe-me toca-la um pouco. [Cara 2]- Depois sou eu. [Mi]- por favor...parem. Eu não pensei duas vezes, eu parti pra cima. [Yu]- seus idiotas! O que pensam que estão fazendo! Yu narração off. Narrador narração on. Em seguida ele dá um soco. E os dois fogem. [Mi]- obrigada,muito obrigada! Diz Mi aflita. [Yu]- sem prob- Ele virá e vê a Mi. [Mi]- ... os olhos de Mi brilharam quando viu o rosto do Yu. [Mi]- *olha* [Yu]- *olha* [Yu]- vo...você está bem? [Mi]- sim...Eu já vou indo. Ele pega na mão dela. [Yu]- espere! (Eu nunca senti isso antes...o que é isso?) [Yu]- seus braços...estão vermelhos. [Mi]- ...Sim...foram quando eles ne puxaram. [Yu]- sua casa é longe? [Mi]- sim... mas- [Yu]- vamos para minha casa, eu tenho curativos, não poderia deixar você machucada. [Mi]- o que seus pais vão pensar... [Yu]- não se preocupe eu moro sozinho. *Quebra de tempo* Ele está colocando o curativo. [Yu]- assim dói? [Mi]- Não. [Yu]- Pronto. [Mi]- obrigada. [Yu]- sem problemas. [Mi]- ... [Yu]- ... [Mi]- seu sofá é macio ( o que é que eu to falando.) [Yu]- ah valeu. Meu nome é Yu,sim é estranho. [Mi]- Na verdade não, meu nome é Mi. Bem estranho o meu. [Yu]- sabe meu coração bateu forte quando te vi,é normal? [Mi]- *Cora* ah... o que. [Yu]- é que eu não entendo muito essas coisas de emoções isso muito confuso. [Mi]-...você nunca sentiu nada? [Yu]- nada além de raiva. [Mi]- eu queria ser como você... Minha mãe me expulsou de casa por um motivo delicado. Eu chorei muito... e aqui estou eu falando da minha vida para você. [Yu]- mora com migo. Diz ele enquanto guarda os curativos. [Mi]-...hã?! [Yu]- sei lá é legal ter alguém para conversar... [Mi]- mas eu iria te incomodar, eu tenho onde dormir... e... [Yu]- Eu tenho duas camas. [Mi]- d...duas? [Yu]- Duas. Mas vai ter uma condição. [Mi]- (Sabia! Ele é um pervertido descarado!!) [Yu]- você vai me ensinar o que é amor. [Mi]- (ele é tão inocente...) Okay. [Yu]- sério? Eu vejo tantos animes shoujo,mas nunca sei o que realmente é amor. Ou tristeza. Ele mostra a casa toda para ela. [Yu]-Aqui é o seu quarto. [Mi]- você disse que eram dois quartos. [Yu]- *risadinha* ele bota a mão a traz da cabeça. Pois é neh. [Mi]- ... [Yu]- você é muito linda e fofa, sabia? [Mi]- ... *Cora*. Eu vou tomar banho... [Yu]- okay.(eu disse algo errado?) Ela vai até o banheiro e tira a roupa, ela escuta a porta se abrir. [Mi]- ..!! Ela olha e o Yu está com uma toalha na mão e com os olhos tampados. [Yu]- esqueceu da toalha... [Mi]- ah. obrigada. Ele sai e esbarra na parede. [Yu]- opa... ah... achei pronto. Ele fecha a porta. *quebra de tempo* Ela sai do banho,coloca uma roupa e vai para o quarto. Ele ver o Yu só de calça no colchão. [Mi]- (mas...eu pensei que ele ia dormir na cama...droga ele é tão bonito...fofo...) ela se agacha e tira o cabelo do olho dele e acarecia suas bochechas. [Mi]- (ele me ajudou... achei que nessas 3 horas fora de casa,eu ia morar na rua para sempre. Mas ele veio e me salvou...) Ela se aproxima do rosto dele. E tenta beija-lo mas ela desiste. [Mi]- (Não posso fazer isso acabei de conhece-lo.) Ela deita na cama. [Mi]- (A cama tem o cheiro dele...) No dia seguinte... Ela acorda,levanta e vai para a cozinha. [Yu]- bom dia,Mi. [Mi]- Bom dia. (Ele ainda não pois uma camisa...bom,não posso opinar...a casa é dele) [Yu]- Olha o que eu preparei. [Mi]- você...sabe cozinhar?. Com voz de sono. [Yu]- bom,quando se mora sozinho agente aprende. Eles tomam café e vão para a sala. [Mi]- você não tem aula? [Yu]- hoje é sábado. [Mi]- ah é. [Yu]-... [Mi]- o que foi? [Yu]- eu não sei..Eu não consigo parar de olhar para sua boca. [Mi]- ...*Cora*. [Yu]- Não faz isso...você quando cora fica muito fofinha... [Mi]- ...*corada*. Ele coloca o cabelo dela para traz,e a beija. Eles caem deitados no sofá. [Yu]- Eu disse pra você não corar... [Mi]- ... [Yu]- Ele beija seu pescoço. Ela empurra o peito dele. E eles se olham. [Mi]- ei...para? Ele se aproxima do rosto dela e coloca a testa na testa dela. [Yu]- promete que nunca mais vai corar assim. Não sei do que sou capaz de fazer,eu nunca senti isso antes. Isso é o que? [Mi]- ...bom...Eu não sei, o que você sente? [Yu]- quero me casar com você,te abraçar e nunca mais te soltar. [Mi]- Isso é estranho... Ele tira a testa da dela. E deixa o rosto bem próximo ao dela. [Yu]- você não sabe o que é? [Mi]- *cora* Ele tampa os olhos com a mão. [Yu]- eu disse pra você não corar. [Mi]- fica difícil... com você em cima de mim. [Yu]- ah... desculpa. [Mi]- assim está melhor? Ele senta. [Mi]- obrigada. Ela levanta e senta. [Yu]- o que eu fiz com você, é errado? [Mi]- de certa forma...sim. [Yu]- Desculpa eu não sei o que seu em mim. Você deve ter odiado. [Mi]-... (Olha pra mim, eu tentei beijar ele. Ele deve estar gostando de mim só porque eu sou a única que ele conversa, tem que ser isso.) Eles olham pra TV. [Yu]- *olha pra ela* [Mi]- *olha pra ele* [Yu]- *Disfarça* [Mi]- o que foi? [Yu]- Ah nada...Eu...Eu vou colocar uma camisa. [Mi]- okay. (Hoje é sábado significa que eu vou ter de ficar com ele o domingo todo! Droga, como vou ensinar a ele o que é emoções?.) ~continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...