História Me ensine o que é amar - Capítulo 15


Escrita por: ~

Exibições 32
Palavras 1.210
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


Genteeeee
Oi


Então, aviso importantíssimo:

Vou adiantar um pouco a história, ok? O fim de semana já acabou e tals, já tão na segunda de novo.
Estou fazendo isso pq escrevi essa parte ( com o f de semana) muitas vezes e não ficou bom.

Capítulo 15 - Melhores amigos de novo


LEIAM AS NOTAS INICIAIS, É IMPORTANTE.

 

 

 

 

 

 

LERAM????

 

OK ENTÃO.

 

 

 

POV.NICO

 Finalmente um pov meu. Bom, vamos lá. Acordei e percebi que era segunda.

Affs, que saco.

Levantei, coloquei uma blusa do Green Day, uma calça preta e all star preto, e baguncei o cabelo.

Cheguei na escola e todos os animais estavam lá. Estavamos conversando( eu só tava ouvindo mesmo, mas ok) quando a Reyna.

Sim, a Reyna chegou.

- o que você quer?- perguntou a Thalia, friamente.

- só quero falar com o Nico, ok?- ela olhou pra mim.

- porquê você quer falar com ele?- perguntou a Hazel, desconfiada.

- se não se importa, é particular- ela disse educadamente.

Ok, ela tá muito diferente.

- vem aqui Nico- ela pediu. Foi andando e eu a acompanhei, até chegar um lugar meio reservado, mas ainda sim dava para os meus amigos me verem.

- o que você quer Reyna?- perguntei. Foi aí que eu percebi que ela estava diferente. Estava com uma blusa roxa, jeans lavados escuros, uma blusa xadrez na cintura , all star e sua antiga trança de lado.

- me desculpa.- ela disse baixinho. Parecia estar envergonhada.

- o quê?

- me desculpe nico- ela disse, olhando para o chão.

- pelo quê?

- por eu estar assim. Agir desse jeito.ter mudado- ela disse- você me conhecia. Eu não era assim, você sabe.

- é, eu sei. Eu era seu melhor amigo Reyna. - comecei a entender o que ela estava falando.

Depôs disso, ela pareceu triste, lembrando dos velhos tempos, quando éramos amigos. Melhores amigos.

Um silêncio desconfortável pairou no ar, até eu quebrar o gelo.

- o que aconteceu.- então ela olhou pra mim.- por quê você ficou assim Rey? Você não era assim.

- aquilo aconteceu, lembra?- ela me disse.

Bom, é claro o que eu sabia o que era " aquilo"

 

FLASHBACK.ON( OU OFF, EU N ME LEMBRO AGORA)

Estava um dia lindo de sol. E olha que eu não gosto de sol. Eu ainda morava na Itália, fazia mais ou menos um ano. Marquei de me encontrar com a Reyna, contar a ela que eu iria me mudar com Bianca pra os Estados unidos. Isso não seeia fácil, eu gostava muito dela, ela era minha melhor amiga.Mas não seria fácil, eu sabia que sentia algo a mais por ela.

Foi quando ela chegou. Estava com uma blusa branca rendada, um short jeans azul escuro até metade das coxas( e isso era meio vulgar para o padrão dela) e um tênis da Nike. Os cabelos estavam soltos.

Ela estava linda.

- oi Nico- ela disse sorridente, com aquele sorriso que me fazia perder o fôlego.

- oi Rey- eu disse.- tenho uma coisa pra te contar.

- eu também.

-fala você primeiro.

- não, diz você.

- não, diz você.

- ok.- ela disse, olhando nos meus olhos.- Nico, bom, como você sabe, somos melhores amigos.

- eu sei Rey

- e bom, vou ser direta. Eu estou apaixonada por você.- estremeci. Toda a coragem que tinha guardado pra dizer que ia me mudar tinham ido em bora. 

- Rey?

- o quê?

- também sou muito apaixonado por você.- ela abriu um sorriso- mas tem uma coisa que preciso te contar.

- o quê?- o sorriso dela sumiu.

- vou me mudar com a Bianca para os Estados unidos daqui a uma semana .

Vi uma lágrima descer seu rosto.

- ah...

- desculpa Rey, devia ter te contado antes.

- ok Nico, sem problemas.

Cheguei mas perto e a abracei.

- desculpa mulher maravilha, desculpa.

FLASHBACK OFF( OU ON)

- você ficou desse jeito por causa de mim?- perguntei incrédulo.

- não.

-quem mais?

-percy e Jason.

-quer me contar?

-sim.- ela sentou em um baco e começou a falar.- bom, quando você se mudou, logo após hyla quis se mudar também, por que tinha conseguido uma faculdade aqui. Quando cheguei, logo começei a reparar em Percy. Ele era legal, bonito, mas ele nunca reparou em mim, namorava a Calipso. Fiqiei amiga de Drew porque era a única opção a não ser focar sozinha. Depois foi Jason. Ele era diferente, ele conversava comigo, era meu amigo. Drew me disse que pra ele gostar de mom, eu tinha que me vestir diferente. Usar roupas mais curtas e tal. Fiz o que ela disse, mesmo não gostando disso. Então me declarei pra ele, mas ele não gostava de mim, então deixei quieto. Então Drew disse que pra chamar a atenção, tinja que fazer como ela. Mesmo não gostando diso eu fiz. Os garotos comecaram a reparar em mim, mas eu não gstava disso, mas continuei pra não ficar sozinha. 

-Rey, você não precisa disso, você é linda e sabe disso- sentei junto com ela e a abracei.

-Nico, desculpa- ela diss chorando- eu não queria fazer isso. Não queria ser assim. Me desculpa?

-claro mulher maravilha-dei um beijo na testa dela.- mas, o que te fez mudar?

-conheci um cara- ela diss, com um sorriso começando a aparecer- ele é legal, não é como os outros, ele me acha linda independentd do que visto, ele me elogia, diz que eu sou uma princesa, é fofo e carinhoso. O nome dele é Jake.

-Que ótimo Rey, fico muito feliz- então começamos a conversar como se nada tivesse acontecido. No fundo, ela ainda era a mesma mulher maravilha.

- eas namoradinhas?

-tenho uma garota que eu gosto.

-vou adivinhar. Thalia?- como ela sabia?

-como você sabia?

-vejo como olha pra ela.

-hum, sei.

-Nico?

-que foi?

-so tenho um problema.

-qual?

- bom... Eu não sei beijar- ela ficou meio vermelha- e se ele quiser me beijar?

-você nunca beijou ninguém?

-não de língua. Eu ficava de selinho.

-ok, não é difícil.- cheguei perto e juntei nossos labios. Pedi pasagem e ela cedeu, explorei sua boca até a falta de ar.

Ela beija bem.

- tem certeza que foi seu primeiro beijo?

- tenho Nico- ela disse- eu sei fazer isso?

- dá pro gasto.

- hahaha- dá pro gasto nada, você gostou. Se não soubese que você gosta da Thalia, diria que ainda me ama.

- se esse Jake te machucar, eu não me responsabiliza por meus atos.- ela riu

- ok papai.

Ela Levantou o mindinho.

- melhores amigos de novo?- perguntou.

- melhores amigos de novo, mulher maravilha.- enrosquei meu dedinho no dela.

Bateu o sinal da entrada.

- Nico, seu lindo, você sabe que eu te amo ne? Ela perguntou com um sorriso angelical 

- o quê você quer?

- me leva de cavalinho?.

- acabamos de voltar a amizade é você já quer abusar de mim?

-an... Deixa eu ver... Sim- ela disse com uma cara de sínica.

- tá, sobe ai- ela subiu e eu fui levando.- qual é a sua aula?

- química.

- a minha também, vamos juntos.

- upa cavalinho

- gorda- ela me deu um tapa.

- você que é magrelo.

Estávamos andando/carregando/montando quando vimos meus amigos nos olharem de canto de olho.

- vou me desculpar com eles também. Fiz muita merda né?

- fez. Principalmente com a pips, ela te odeia.

- é, vou ter um pouco de trabalho.

Chegamos na sala e sentamos em dupla, conversando como se nada tivesse acontecido.

 

 

 

 


Notas Finais


Gostaram da Reyna agora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...