História Me Leve Pra Casa Papai - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hot, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Sadomasoquismo, Suga
Exibições 219
Palavras 1.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha ai
Mas um cap dessa fic quente :')

Capítulo 4 - Jantando Com o Papai


Fanfic / Fanfiction Me Leve Pra Casa Papai - Capítulo 4 - Jantando Com o Papai

❤❤❤❤ KAROL ❤❤❤❤

Me peguei com os pensamentos em outro mundo, me peguei pensando no meu ''pai'' e nas minhas irmãs, espero que eles sejam legais com elas, embora pareça que eu não dou a mínima para elas, eu ligo e muito, o problema é o meu jeito que não mostra isso, eu estava sentada na minha cama, lendo um livro, o meu livro favorito ''Harry Potter e a Pedra Filosofal'' eu amo esse livro, olhei pro relógio e já era 18:00hrs e eu devo me arrumar, mas, não sei se quero ir, mas, lembrei da palavra do motorista ''Nunca diga não a ele, ou a máscara de bom pai poderá cair'' confesso que fiquei com um pouco de medo, pelas palavras, mas não acho que Yoongi vá fazer isso.

Eu fui pro banheiro, tirei minhas roupas e entrei no box, liguei o chuveiro e entrei em baixo do mesmo, senti pequenas gotas escorrendo pelo meu corpo, e a água me acalma um pouco, terminei meu banho, desliguei o chuveiro e sai, como estava enrolada na toalha me enxuguei e fui até meu armário, optei por um vestido roxo e fui até a penteadeira, ajeitei meu cabelo o deixando solto, passei um delineador e uma sombra preta, mas como eu não desceria agora, pois ainda são 18:39hrs, peguei meu óculos e voltei a ler meu livro, quando escuto alguém bater na porta.
__ Ainda não está pronta ?? __falou fechando a porta.
__ De estar pronta estou, só está um pouco cedo.
__ Okay então, desça quando achar melhor, o Sr.Min Yoongi, não gosta de esperar. __ele fala e sai do quarto.

Eu quero saber pra que raios, eu tenho que descer tão cedo, eu preferiria ficar lendo Harry Potter, mas, fazer oque, vou ter que obedecer antes que eu sofra as consequências, e é algo que eu não quero, eu tirei meus óculos coloquei minhas sapatilhas e desci, me deparei com o Yoongi, ele trajava uma calça jeans e uma blusa branca, terminando de descer me sentei ao seu lado.
__ Boa noite pai. __falei e ele se virou pra mim.
__ Boa noite. __ele me olha de cima a baixo e sorri, fico um pouco constrangida.

Logo o jantar veio, não trocamos uma palavra um com o outro, eu não ia quebrar o silêncio, se ele quiser ele quebre, comemos em silêncio, ele falou comigo algumas vezes, mas depois não falou nada, ficamos o resto do jantar em silêncio, eu me levantei e peguei meu prato, estendi minha mão pra pegar o dele, ele apenas me olhou e sorriu, eu peguei seu prato e fui em direção a pia, assim que terminei de lavar guardei o prato, me viro e ele está lá encostado no balcão me olhando.
__ Oque foi ?? __perguntei colocando a mão em minha cintura.
__ Nada, só estou te olhando. __ele fala e eu fico vermelha, não que não tenha me acostumado com pessoas me olhando, mas isso já é demais.
__ Quer assistir um filme ?? __ele pergunta e eu apenas assinto.

Fomos pra sala, ele pegou um filme, cujo não vi o nome e colocou no DVD, assim que iniciou eu me sentei ao seu lado mantendo uma distancia razoável, percebi que ele me olhou algumas vezes, olhei pra ele e ele estava de olhos fechados mordendo os lábios, acompanhei o seu morder de lábios com os meus olhos, e me viro pra frente, digo a ele que preciso descansar, ele assenti e eu subo ''Estou com um mal pressentimento quanto a isso'' entro no meu quarto tiro a sapatilha e meu vestido guardo e pego minha camisola, ela está um pouco curta, mas vale.

Eu vesti minha camisola, prendi meu cabelo e peguei meu óculos colocando o mesmo, peguei meu livro, me sentei na cama e comecei a ler, enquanto estava lendo ouvi batidas na porta, levantei os olhos, e fechei o livro colocando o mesmo em cima da cama, levanto abaixando minha camisola indo em direção a porta, quando abri, tomei meio que um susto, era o Yoongi, quero saber o que ele faz aqui, só fiz sinal para que ele entrasse, ele entrou e eu fechei a porta.
__ O que foi ?? __falei e ele me olhou e sorriu.
__ Eu quero comer alguma coisa. __ele fala mordendo o lábio e sorrindo maliciosamente.
__ Um sobremesa talvez ?? Ou um doce ?? __quando falo isso sou empressada na parede e ele se abaixa na altura de meu ouvido.
__ Não se faça de inocente você entendeu o que eu quis dizer. __ele sussurra, sua voz estava rouca.
__ Eu não entendi o sentido disso. __falei sem entender nada.
__ Você vai entender agora. __ela fala com uma voz sexy.

É errado eu me sentir assim com o meu próprio pai, mas deu um arrepio na espinha, senti um enorme frio na barriga, eu não posso estar assim por causa dele, ele não tem nada de especial, ele é meu pai, não posso ficar assim, fecho os meus olhos no maior desespero da minha vida, de alguma maneira meu corpo reagia a aproximação dele e isso me deixava aflita, é como se o meu corpo quisesse o dele pra si, mesmo não o conhecendo direito.

Logo nossos olhares se encontram sem permissão ele toma meus lábios para si, seus lábios eram tão macios e quentes, eu queria sair dali, meu consciente gritava para eu sair dali, mas meu corpo não obedecia, meu corpo queria o dele, isso era muito errado, o que antes era só um beijo comum, logo foi se intensificando, tanto que Yoongi pediu passagem com a língua. No inicio eu não queria, relutei pra tentar sair daquele beijo, mas acabei cedendo.

Suas mãos foram em direção a minha nuca aprofundando mais nosso beijo, a minha foi ao encontro de seus cabelos puxando os mesmos, Yoongi me levanta me colocando em seu colo sem desgrudar o beijo, entrelaço minhas pernas em sua cintura. Ele me carrega até a cama ainda me beijando e me deita nela levemente, ele fica por cima de mim, e sinto seu membro roçar na minha intimidade e a mesma já estava molhada.

Ele desce as suas mãos as alças da minha camisola e a tira, Yoongi para o beijo, pra poder olhar pros meus seios e morde os lábios,sem nenhuma dificuldade ele tira meu sutiã, e abocanha meus seios, alternando entre chupar e morder, eu entrelaço minhas pernas em sua cintura e arranho suas costas, deixando um gemido escapar.

Yoongi leva a mão até minha calcinha ele penetra a mão na minha calcinha e começa a massagear meu clítoris, sinto ele colocar um dedo depois outro, seus dedos eram quentes e me levavam a loucura. Sinto um formigamento e minhas pernas começaram a convulsionar, já conhecia essa fase, ouvi falar dela, e estava a caminho, meu primeiro orgasmo.

Me derramei em seus dedos, e o mesmo limpou eles com a boca, com o maior prazer do universo tentei não soltar um gemido, então mordi meus lábios evitando esse gemido.
__ Minha vez. __ele sorri maliciosamente, e tira um pacotinho de seu bolso e coloca em seu membro. __ Não se preocupe vai doer um pouquinho só. __ele me deu um beijo.

Ele levou suas mão até minha calcinha a tirando, Yoongi se posicionou entre minhas pernas, ficando no meio das mesmas e se inclinou pra me penetrar, assim que seu membro estava estocado, e foi estocando levemente o seu membro em mim, até eu me acostumar, gemi alto o seu nome, e ele tinha prazer em ouvir isso, pelo jeito, quando me dei conta já estava rebolando em seu membro pedindo mais e mais, ele aumentou a velocidade e estava mais forte, segurei suas costas as arranhando, joguei minha cabeça pra trás me controlando o máximo pra não gemer mais alto, eu não estava aguentando mais, minhas pernas estavam dormentes.

Ele deu mais duas estocadas, e gozou dentro de mim, chegamos ao ápice, estávamos ofegantes, ele caiu de um lado da cama e eu estava olhando deitada de bruços, ele me puxa pra perto, me deitando em seu peito e acaricia meus cabelos, sinto ele puxar o cobertor e nos cobrir, eu dormi ali mesmo.

Esse papai é fogo, só tem cara de santo, mas não é!!!! 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...