História Me Leve Pra Casa Papai - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hot, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Sadomasoquismo, Suga
Exibições 80
Palavras 2.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente voltei
Obrigada pelos 61 favoritos
Me alegra saber que gostam das minhas fics e e que está fez tanto sucesso, obrigado a todos, quando eu vi essa bomba eu chorei de felicidade, vocês são realmente incríveis obrigada 😘😘😘❤❤❤

Capítulo 8 - Caindo em tentação!!


Fanfic / Fanfiction Me Leve Pra Casa Papai - Capítulo 8 - Caindo em tentação!!


🔥🔥🔥🔥 KELLY 🔥🔥🔥🔥

Eu nunca me senti tão confortável, nunca me senti assim com ninguém, ele foi o primeiro, nem com minhas irmãs eu me sentia assim, o universo colocou ele na minha vida só para brincar com meu psicológico.

Acordei, e o olhei, ele dormia sentado, e seus cabelos vermelhos estavam em seu rosto.

Até parece um principe.                                                                     SE CONTROLA KELLY!!!

Eu não aceito me sentir assim por alguém, alguém que nem sequer conheço direito, não posso me sentir assim por PARK JIMIN, ele é ninguém mais ninguém menos que meu pai, SÓ meu pai.

Levantei da cama e estava prestes a ir ao banheiro, quando sinto-me ser puxada pelo braço e sinto minha cintura ser rodeada e apertada, fico em meio a pernas.

__ Bom dia princesa. _ele sussurra e eu apenas não falo nada, sinto sua respiração quente em minha nuca. __ Fale comigo, eu não mordo.

__ Bom dia. __disse tentando sair de seu abraço, sem sucesso. __ Pode me soltar por favor? __falei e ele riu.

__ E se eu não quiser? __ele fala virando para ele, eu me apoiei nos meus braços.

__ Jimin me solta por favor. __falei e ele me soltou ainda rindo. __ Agora peço que se retire do meu quarto. __falei por fim e ele riu.

Ele levantou da cama e saiu do quarto, respirei aliviada por ele ter saído e por não ter ficado bravo comigo, ele consegui ser tão calmo, preciso da sua personalidade.

Levantei da cama e caminhei até o banheiro, entrei no mesmo e fui até a pia, me olhei e me surpreendi por eu ter mudado tanto de lá para cá.

Quando eu tinha meus três anos para quinze anos eu era mais bronzeada, e dos dezesseis para agora eu fiquei mais pálida, e meus lábios estavam vermelhos da cor do sangue.

Escovei os dentes, e fui até a banheira liguei a água e esperei encher sentada na borda, fiquei pensando em tudo oque está acontecendo, e como eu posso me sentir digamos que "atraída" por ele, ele não tem nada de especial, é só uma pessoa normal como todo mundo.

Quando despertei de meus pensamentos, a banheira estava cheia desliguei a água, tirei minha roupa e entrei na mesma. 

Tentei relaxar, mas não conseguia,  ficava pensando em tudo e porque o universo colocou ele na minha vida, se queria mexer com meu psicológico conseguiu.

Saí da banheira, esvaziei a mesma, me enrolei na toalha e saí do banheiro.

Fui até o closet caçar minha roupa, peguei, vesti e fui até a penteadeira, prendi meu cabelo, calcei minha sandália, peguei meu celular e desci.

Estava descendo as escadas e lá estava ele, conversando a a Shopia, coloquei meus fones e coloquei a música, terminei descer as escada, passei pelos dois e fui para o quintal.

Olhei em volta, para ver se não tinha ninguém, embora não pareça eu sou uma pessoa muito envergonhada quando o assunto é dançar e cantar, só minhas  irmãs me viram cantar e dançar.

Comecei a dançar e sem que eu percebe - se eu já estava cantando, era a minha parte favorita o refrão, era meio dança eletrônica meio dança contemporânea, eu ama esse tipo de dança junto com o Hip Hop.

Eu tinha me entregado a música naquela hora que nem percebi que o Jimin estava me olhando, quandoo vi fiquei vermelha parecendo um tomate, eu acabei tombando para trás e eu ia cair, não senti o chão, só algo macio, abri meus olhos e vi que era o Jimin.

__ Tome mais cuidado baixinha. __ele fala e eu saio de seus braços.

__ Hey! Não sou tão baixinha assim. __cruzei os braços e ele riu.

__ É baixinha sim. __ele ficou na minha frente e se abaixou para ficar na minha altura. __ Viu? __ele rio se levantou e eu comecei a bater em seu peito e ele dizia que doía, na brincadeira. __ Não se bate no Appa Kelly.__ ele colocou a mão em seu peito e depois me toquei que tinha rasgado sua camisa com as unhas.

__ Desculpa, não queria ter te machucado. __quando olhei para a camisa, o seu peito antes arranhado, estava normal? sem nenhum arranhão? Fiquei olhando e ele fechou o capote.

__ Sem problemas, nem doeu, deixa eu ver sua unha Kelly. __ele disse e eu estendi minha mão para ele que a pegou, ele arregalou os olhos ao ver o tamanho das minhas unhas. __ Menina, tome cuidado com essas unhas, vai matar um assim. __ele falou e eu ri.

__ Você não viu e ouviu tudo não né? __perguntei abaixando a cabeça.

__ Sim, eu vi e ouvi tudinho. _ele sorriu e eu fiquei bem mais vermelha. __ Você é boa, já que gosta de dança eletrônica, vai gostar do meu irmão também. __ele disse e eu fiquei tipo "Hã?" __ Sim você tem um tio. __ele pega o celular dele e me entrega na galeria, e além das fotos dele e do homem de cabelos alaranjados, tinha um de cabelos cinzas.

__ Quem é esse outro homem? __apontei para o de cabelos cinzas e o sorriso em seu rosto desmanchou e sua expressão mudou para triste.

__ Era meu outro irmão, o mais velho, ele faleceu quando eu tinha 18 anos, e ainda deixou um sobrinho para eu e o Hoseok cuidarmos. __ele fitou o chão.

__ Meus pesames Jimin. __fitei o chão envergonhada de minha pergunta.

__ Tudo bem baixinha. __ele sorri fraco e eu o abraço, ele ficou surpreso mas depois retribuiu.

Ele me soltou e entrou, eu fiquei no quintal e comecei a dançar novamente, isso tirava as coisas da minha cabeça.

Logo eu fui para a sala, e passei em frente a ele que se encontrava sentado.

__ Kelly!! __ele me chamou e eu o olhei. __ Venha cá. __ele pede e eu fico parada. __ Venha cá. __agora não foi mais um pedido foi uma ordem, eu obedeci e me aproximei não tão perto.

__ Oque foi? __perguntei com a voz trêmula, parece que ele mexeu mesmo com meu psicológico.

__ Sente aqui. __ele dá tapinhas nas suas pernas, exitei em ir, mas acabei indo.

Me sentei em sua perna e o mesmo rodeou minha cintura com seus braços, eu escondi meu rosto com minhas mãos, eu estava vermelha.

Ele perguntou que tipo de filme eu gosto, eu não disse nada apenas disse para ele colocar um aleatório que eu iria assistir.

Ele colocou um aleatório, e eu achei interessante, mas estava muito envergonhada para prestar atenção no filme. A cada três minutos eu cobria meu rosto.

Sem que eu percebesse ele me jogou no sofá e ficou por cima de mim, e eu fiquei sem entender o porque daquela mudança repentina de comportamento.

__ Você está me devendo. __ele disse segurando meus braços acima da minha cabeça, e eu me lembrei do que disse a ele ontem.

__ Devendo? Oque? __perguntei sinica.

__ Você sabe. __ele fala por fim, e ataca meu pescoço.

Eu tentei sair daquele ataque desejoso dele, mas foi sem sucesso, ele é bem mais forte que eu, ele alternava entre chupar, beijar e morder meu pescoço.

Ele soltou meus braços e começou a me alisar, por algum motivo seus toques me arrepiavam, ele pôs a mão dentro da minha blusa alisando e dedilhando a minha barriga, suas mãos eram tão suaves.

Ele queria meu corpo, e eu não sei porque de alguma forma eu me sentia atraída por ele, isso é brincadeira do universo que quer me ver sofrer.

Ele tirou a mão da minha blusa e levou até as minhas coxas, eu evitei gemer.

__ Meu Deus. __resmunguei em meu idioma e ele me olhou.

__ Oque disse? __lembrei que ele não entendia e dei graças a Deus.

__ Nada. __falei em seu idioma.

Ele continuou a segurar minha coxa e as apertou, eu fechei os olhos, procurando algum pensamento que me ajudasse a relaxar depois dessa, quando escuto a campainha eu respiro aliviada.

SALVA PELA CAMPAINHA!!!!!

__ Que merda. __ele resmunga e eu rio disfarçadamente.

Ele sai de cima de mim com uma carranca atender a porta, eu como ja estava deitada no sofá peguei meu celular e fiquei mexendo no mesmo.

Não parecia uma conversa de alguma coisa banal, era algo mais sério.

Me sentei e ajeitei meu cabelo, peguei meu celular e coloquei meus pés encima do sofá.

__ Meu nome é Kelly. __respondi a pergunta do mesmo e o Jimin travou.

__ Prazer Kelly, eu JungKook. __ele fala por fim e assentiu a cabeça para o Jimin.

__ Quando chegar continuamos oque começamos. __ele piscou para mim e saiu com seu amigo. 

Eu apenas fiquei calada, fui beber uma água e voltei para a sala.

Sentei no chão mesmo, liguei a televisão e coloquei em Harry Potter, eu e minha irmã Karol somos viciadas em Harry Potter.

Passaram alguns minutos e nenhum sinal do ruivo, eu ja estava preocupada ele saiu as 15:00hrs e já são 15:59hrs, oque será que está acontecendo?

Logo ele chegou, ele fechou a porta ofegante, ele estava todo ensanguentado, ele subiu correndo para o seu quarto e eu fiquei curiosa para saber oque aconteceu.

Depois de alguns minutos ele desceu, estava apenas de calsa moletom e se sentou no sofá, ele não disse nada só pendou a cabeça para trás, levantei e me sentei do seu lado, mantendo uma distância de 20cm.

Ele me puxou pelo braço me deixando mais próxima de si, ele sem permissão tomou meus lábios em um beijo casto e cheio de desejo.

Ele me colocou em seu colo e segurou firme a minha cintura, eu segurei em sua nuca aprofundando o beijo.

Oque antes era um beijo calmo se tornou selvagem, ele parou de me beijar e me carregou até um quarto diferente, que pelo jeito seria o seu.

__ Tá na hora de eu mostrar para você quem manda aqui. __ele disse  em um tom autoritário.

__ Oque vai fazer comigo? __perguntei.

__ Oque deveria ter feito desde o dia da sua chegada aqui. __ele sorriu de canto e por fim tomou meus lábios outra vez.

Porque estou retribuindo seus beijos? Seria melhor eu ficar na minha, mas não eu tinha que retribuir esses beijos.

__ Jimin, olha...__o afastei.

__ Oque foi? __ele pergunta.

__ Eu sou virgem. __ele apenas riu.

__ Tudo bem, as virgens são as que eu mais gosto. __ele sussurra.

Ele me jogou na cama e ficou por cima de mim, ele atacou meu pescoço mais uma vez, ele queria deixar alguma marca em meu pescoço, senti algo perfurar meu pescoço, ele sabia que eu ia gritar, colocou a mão em minha boca me impedindo de gritar.

__ Depois olhe no espelho, você agora é minha baixinha! __me arrepiei e ele voltou a atenção ao meu rosto.

Ele olhou meu rosto com atenção, depois me beijou novamente, suas mãos desceram até minha blusa e a tirou, depois foi até meu short, e o tirou meu short me deixando apenas de calcinha e sutiã. 

Minha sanidade foi pros ares!!!

Ele abriu meu sutiã ja que eram de frente, e abocanhou meus seios aternando entre chupar e mordiscar, eu estava fora de mim.

Sua mão foi até minha calcinha, ele massageou minha intimidade por cima, depois penetrou sua mão dentro da calcinha massageando meu clitóris.

Senti seus dedos me penetrando, mordi os lábios evitando gemer, minhas pernas formigavam e estavam trêmulas e isso era irritante.

Estava chegando, meu primeiro orgasmo, me derramei em seus dedos, ele lembeu os dedos com prazer

Ele tirou os seus dedos de dentro da minha calcinha se levantou e ficou entre minhas pernas e começou a mordiscar a minha coxa.

Isso doía, era bom, porém doía, levantei minha cabeça e quando vi ele tinha escrevido "Jimin" em tamanho médio "meu dono" embaixo do seu nome ele escreveu bem pequeno.

Ele levantou e tirou de sua calsa um pacotinho, e inseriu em seu membro que se encontrava rijo.

Ele veio até mim e me deu um beijo por fim, um beijo apaixonante, e foi até as minhas pernas e tirou minha calcinha.

Ele ficou entre minhas pernas e se inclinou para me penetrar.

__ Prometo que não vai doer. __ele sorriu fofamente, como alguém consegue ser fofo e sexy ao mesmo tempo?

Ele me penetrou devagar para que pudesse me acostumar, estava pouco me lixando se iam ouvir ou não, eu gemi seu nome em alto e bpm som e ele sorriu de canto.

Sem que percebesse eu rebolava em seu membro pedindo por mais, ele entendeu o recado e aumentou a velocidade e eu segurei os lençóis com força. 

Ele deu mais algumas estocadas, e depois gozou dentro de mim, e caiu do meu lado da cama, eu virei ele para mim e o beijei.

OQUE TÁ FAZENDO SUA LOUCA?

Arranhei sua abdômen, e passei minhas mãos pequenas pelo seus abdômen e ele me olhou e me deu um último beijo.

__ Seja minha Kelly. __ele diz enquanto afoga seu rosto em meu pescoço, eu corei com aquilo, eu o afastei e fui até seu closet.

Peguei uma roupa para ele e uma blusa sua para mim e me deitei novamente, ele se vestiu e  deitou - se ao meu lado.

__ Eu ja sou sua Jimin. __disse sonolenta e dormi o abraçando.

Senti ele se virar e me colocar em seu peito e depois puxar o cobertor.

__ Durma bem pequena. __ele sussurra e eu o aperto mais.

Acho que depois de hoje, minha vida não será a mesma, Jimin me mostrou um lado que aposto que nunca tinha mostrado a ninguém, e eu amei os dois lados.




 


Notas Finais


Brigada pessoas
Até a próxima
💋💋💋💋 No No No 💋💋💋💋
(Roupa da Kelly)
( http://www.polyvore.com/cgi/img-set/BQcDAAAAAwoDanBnAAAABC5vdXQKFmpTQ2J6YW1YUkRPSmI3SEJXdXFka3cAAAACaWQKAXgAAAAEc2l6ZQ.jpg )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...