História Me leve pra casa priminho! - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Bts, Comedia, Família, Hot, Romance, Suspense
Exibições 97
Palavras 1.727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá fanáticos de plantão! 👋

Sério gente, o que eu faço com vocês?!

Sinceramente eu tinha intenção de retirar essa fanfic da Spirit, mas depois de ontem que vocês comentaram aquelas palavras de apoio, eu quase enfartei.

Querem acabar com esse pobre coração?

Fiquei tão emocionada que chorei, pois não imaginava que vocês gostavam tanto assim da minha fic. Depois de "Me leve pra casa Mamãe", essa é o meu bebê, mas achava que ela estava cansando vocês, então decidi que iria tirar sua publicação, mas vocês foram tão carinhosas que agora vou continuar e até adiantei um capítulo para o prazer e degustação.

Obrigada minhas fanáticas pelo carinho… AMO VOCÊS ❤❤❤

Boa leitura! 😘

Capítulo 29 - Anjo do prazer.


Fanfic / Fanfiction Me leve pra casa priminho! - Capítulo 29 - Anjo do prazer.

TAEHYUNG


__ Vou terminar o que começamos no quarto. _digo antes de tomar os lábios de Mitsui.

Por mais que eu quisesse negar, aquela maluca me fazia lhe querer mais, o seu jeito único e provocador me deixava ainda mais excitado e daquela noite não passava, eu a teria de qualquer jeito. Nem precisei fazer tanto esforço para pedir passagem com minha língua, porque já estávamos nos devorando naquele sofá, não soltei seus pulsos, pois desconfiava que poderia uma armação dela para fugir, mas o beijo foi se aprofundando ainda mais, então segurei seus pulsos apenas com uma mão e com a outra percorri seu corpo.

Mitsui era uma mulher com curvas tão desenhadas que fugia totalmente dos padrões das asiáticas, sendo que ela própria odiava sua origem, e para falar a verdade eu adorava aquelas curvas. Fiquei entre suas pernas e rocei meu membro que já estava rijo em sua intimidade, então praticamente estávamos transando de roupa.
__ Vamos lá pra cima! _digo recuperando o ar. __ Diz que sim!
__ Por que eu deveria ir? _perguntou me encarando.
__ Porque eu quero te devorar todinha e sei que você quer o mesmo. _respondi dando selares em seu pescoço.
__ Tudo bem! _responde e eu a encarei confuso.

Assim tão rápido? O que ela estava tramando?

__ Vou te mostrar o que uma faxineira é capaz de fazer. _sorriu maliciosa e voltei a lhe beijar, mas dessa vez soltei seus pulsos.

Me levantei do sofá com Mitsui no colo com as pernas envolta da minha cintura e sem desgrudar do beijo carreguei ela até meu quarto, abri a porta e entrei, a fechei atrás de mim caminhando até a cama.

Deitei a menor encima da cama e fiquei lhe devorando com os olhos, ela era linda e perfeita, se pudesse ficava o dia todo olhando aquele corpo perfeito, mordi o lábio imaginando que me acabaria nele em poucos minutos.
__ Vai ficar só me olhando ou vai terminar o serviço? _sua pergunta me tirou do transe e sorri de lado.

Me encaixei entre suas pernas e voltei a lhe beijar com desejo, depois desci os beijos para o pescoço e busto, ela usava um tipo de body que seria bem complicado de tirar, mas não impossível. Desci as mangas enquanto distribuía beijos entre seus seios, ela arfava e pude sentir as batidas do seu coração que aceleravam cada vez mais, com sua ajuda desci o body até a cintura me dando visão aqueles dois e perfeitos seios.

Apertei eles com as duas mãos por cima do sutiã e para minha alegria ele abria na frente, então o abri e abocanhei com todo gosto aquela delícia, ela gemeu em resposta agarrando meus cabelos. Intercalei entre um e outro, mordiscando os bicos, ela gemia meu nome quase que gritando, chupei o local deixando marcas para que ela soubesse que seu corpo me pertencia.

Desci os beijos para sua barriga também deixando chupões, desamarrei o casaco que estava envolta da sua cintura e o joguei longe, desabotoei seu short, mas sem tirar os olhos dos seus e ela mordia os lábios apreciando meus movimentos.

Depois que retirei seu short, também retirei o resto do body lhe deixando apenas de calcinha, nem pude descrever a emoção que sentia ao ver aquele corpo escultural de novo despido na minha frente. E novamente voltei a beijar sua barriga descendo para o caminho da felicidade, ela arfava e gemia me pedindo para continuar, passei meus dedos em sua intimidade que já se encontrava encharcada, chupei os dedos sentindo seu delicioso gosto.
__ Tão gostosa! _digo e vejo seus olhos brilhar.
__ Seja bonzinho Sherlock Holmes e acaba com minha agonia. _ela suplicou e eu adorava quando me chamava de Sherlock Holmes.

Jamais negaria um pedido daqueles e dei um beijo de língua em sua intimidade, ela gemeu alto e sorri sabendo que eu era o causador de todo aquele prazer, chupei seu clitóris e depois penetrei a língua fazendo movimentos circulares.

Enquanto isso ela gemia cada vez mais alto, não me importei, pois provavelmente Yoongi hyung estava dormindo feito uma pedra e Camila também, então deixei que ela gemesse meu nome ainda mais alto.
__ Tae…hyung… vai… mais… rápido. _aumentei o ritmo até sentir um líquido escorrer de dentro da sua intimidade, ela havia gozado e eu chupei todo seu orgasmo.

Ela respirava com dificuldades enquanto tentava acalmar os espasmos do seu corpo, sorri ao ver aquela cena, Mitsui era ainda mais linda depois de ter um orgasmo que EU proporcionei.
__ Por que está rindo? _ela me encarou com um leve sorriso no rosto.
__ Porque já estou imaginando a minha vez. _sorri malicioso e ela entendeu o recado.

Mitsui engatinhou até mim e tirou minha camisa e depois abriu lentamente o zíper da minha calça, meu membro já estava duro de tanto desejo que sentia por ela. Logo minha calça foi baixada junto com a cueca, liberando meu membro totalmente rijo, Mitsui sorriu mordendo o lábio, provavelmente se lembrando da nossa primeira noite juntos.
__ Quem olha para essa carinha fofa e inocente, pensa que você é um anjo. _ela encara minha ereção e depois me olha.
__ E não sou um anjo? _faço um aegyo e ela dá uma risada.
__ Nunca meu caro Holmes, nunca. _sorri e volta sua atenção para meu membro.

Mitsui segura a base e começa a masturbar, mas não era isso que eu queria, eu queria aquela boca deliciosa me chupando, antes que pudesse pedir, ela abocanhou meu membro com vontade me fazendo urrar de tesão. Sua língua percorria toda extensão dele me causando as melhores das sensações, pois nem Samara com toda sua experiência fazia um boquete tão bem quanto Mitsui.

Agarrei seus cabelos em um rabo de cavalo ajudando nos movimentos de vaivém, ela engasgou um pouco, mas não parou nenhum minuto, como já estava muito excitado, não demorou muito para que eu gozasse e assim aconteceu, gozei dentro da boca de Mitsui que sem nenhum pudor, bebeu todo meu gozo.
__ Que gatinha safada. _ela sorriu enquanto passava a língua nos lábios.


***


MITSUI


Sim, eu sou uma completa idiota.

Cedi aos desejos da carne e caí de boca em Taehyung, literalmente de boca, porque por mais que eu quisesse matar aquele desgraçado dedo duro, ele ainda mexia comigo e era bom demais de cama, impossível de resistir.

Depois que gozou, ele respirava fundo controlando os nervos, mas se era para ir até o fim, eu iria e sem esperar descanso puxei seu corpo para cima da cama, seus olhos se arregalaram com minha atitude e eu apenas dei uma piscadela.
__ Não pense que acabou por aí. _disse sentando encima de seu corpo.
__ Jamais pensaria isso. _respondeu mordendo o lábio.

Taehyung era um ser surpreendente, tinha uma carinha de anjo e menino inocente, agia me maneira bizarra e pensava em coisas que ninguém nunca pensaria, mas na verdade tinha a alma de um demônio tarado.

Quem não te conhece que te compre Tae.

Ele era tão safado, pois mal teve um orgasmo já estava duro quando sentei encima dele, então comecei a rebolar provocando ainda mais, Tae gemia pronto para gozar novamente antes de me penetrar.
__ Nem ouse gozar antes de me dar outro orgasmo. _sorri maliciosa voltando a rebolar.
__ Não faz isso Mimi, assim você acaba comigo. _respondeu de olhos fechados.

Segurei seu membro e lentamente fui penetrando em mim, fazia tanto tempo que não fazia isso que senti uma dorzinha, mas logo ela se transformou em prazer. Taehyung segurou firmemente meus quadris enquanto eu cavalgava gostoso em seu membro, a sensação era maravilhosa, aproveitei para arranhar seu abdômen definido o que ocasionou um gemido dele.

Nossos gemidos poderiam ser ouvidos na vizinhança inteira, ele me ajudava nos movimentos chocando nossos corpos que já estavam suados, rebolei ainda mais quando senti que já estava perto de ter meu segundo orgasmo.
__ Eu… vou… GOZAR! _ele gritou chegando no seu ápice, então gozamos juntos.

Caí em seu peito exausta, ouvi seu coração bater acelerado, mas não era diferente do meu que parecia que iria sair pela boca, no fundo meu sentimento pelo Taehyung ainda era o mesmo e depois de transar com ele, sabia que não podia mais escapar.

Taehyung acariciava minhas costas e cabelos, então me levantei saindo de cima do seu corpo que permanecia jogado na cama, recolhi minhas roupas para sair do quarto.
__ Onde vai? _ele levantou a cabeça com o cenho franzido.
__ Para meu quarto dormir. _respondi simplista.
__ Dorme aqui comigo hoje? _pediu fazendo aegyo.
__ Não posso! Se a unnie souber que dormi aqui, é capaz de me arrancar o couro. _ele levantou sentando na cama.
__ Por favor Mitsui, eu te peço. _juntou as mãos em súplica. __ Deixa que me entendo com ela.
__ Melhor não Tae! _respondi, mas meu coração doía, pois na verdade estava fugindo dele antes que fosse tarde demais.
__ Não pode fazer sexo com um cara e depois largá-lo assim. _sua cara era tão fofa que foi difícil resistir.
__ Você supera Sherlock! _dou uma piscadela e me viro abrindo a porta, mas paro ao ouvir um barulho no quarto ao lado. __ Ouviu isso? _perguntei virando para ele.
__ Ouvi o quê? _parei alguns segundos para ouvir de novo.
__ De quem é o quarto ao lado?
__ Do Yoongi hyung, porquê? _Tae caminhou na minha direção.
__ Não está ouvindo? _ele parou para ouvir e depois deu um sorriso.
__ Pelo visto sua amiga é uma ótima enfermeira. _arregalei os olhos.
__ Camila?? _Tae assentiu, então ouvi um palavrão. __ Minha nossa senhora!!!!
__ O negócio deve está bom! _ele deu uma gargalhada e eu bati em seu ombro.
__ Não ria! Não acredito que a unnie está transando com ele. _realmente aquilo era inacreditável.
__ Pois acredite! O hyung gosta da Mila. _o encarei confusa.
__ Como assim?
__ Você acha que a briga que separei foi por causa de quê? Ele estava com ciúmes da sua unnie. _não podia acreditar naquilo.
__ Mas vamos esquecer eles, vem dormir comigo. _tentou me agarrar, mas desviei.
__ Não Tae! _disse.
__ Por quê?
__ Porque não posso! Amanhã nos falamos. _dou um selar em seus lábios e saio do quarto, olho para a porta do lado e rio.

Sei não, viu!?


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Fiz ele especialmente como forma de agradecimento pelo carinho que demonstraram para minha fic.

💋💋💋 no ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...