História Me salve da escuridão - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Karin, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shino Aburame, Temari
Tags Drama, Himawari, Inohima, Inojin, Suspense
Visualizações 85
Palavras 555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Sem uma razão


Inojin não sabia porque, mas precisava entrar ali. 

Olhou pela fechadura da porta e lembrou de um jutsu que seu pai havia ensinado. 

Pegou um pergaminho de seu bolso e desenhou uma pequena chave no papel. 

– Não custa tentar – Suspirou e colocou a chave na abertura. 

Era inacreditável para o Yamanaka, tinha conseguido sem esforço. 

Entrou e fechou a porta. 

Logo na frente havia uma garota de vestido branco e longos cabelos azulados, estava de costas para a porta e penteiava seu cabelo enquanto cantarolava baixinho. 

O quarto era amarelo, não tinha janelas e havia uma cama onde a garota estava sentada. 

A voz da menina quase hipnotizava Inojin. 

– Não deveria estar aqui – Ela diz, sem se virar. 

Inojin não sabia o que dizer, nem sabia porque estava lá. 

Se levantou e se virou. Era bela, e até sorriu por alguns estantes. 

Os olhos dela era penetrantes e Inojin quase via alguma coisa maravilhosa dentro deles. 

– Desculpe, eu só queria... Ver você – Ele diz. 

– Você me conhece? 

– Eu... Acho que talvez. 

– Acha que talvez? 

Foi então que Inojin percebeu, os pés da garota estavam acorrentados ao pé da cama. Ele se aproximou rápido, quase correndo. 

– Porque que você está assim? – Ele aponta para as correntes. 

– Papai diz que é pra não machucar ninguém. 

– Machucar? Olha você! É inofensiva, eles são loucos! 

– Os loucos são as melhores pessoas. 

– Quantos anos você tem? 

– 14 ou 15.

– Você não sabe sua idade? 

– Você sabe porque está aqui? 

Ele fez que não e ela sorriu. 

– Você não pode ficar aqui, se o papai vier, eu não sei o que acontecerá com você. 

– Porque eles te mantém presa? 

– Eu sou perigosa, o trabalho do papai é muito importante, ele tem que proteger a vila a qualquer, mesmo que isso significar prender a filha. 

– Você tem super poderes? 

Himawari deu uma risadinha. 

– Quase isso. 

– Não posso te deixar aqui! 

– Se me levar, o papai vai atrás de você. 

– Não posso te deixar aqui! Pretende viver aqui pra sempre? 

– Papai acordou – Ela diz. 

– O que? 

– Está conversando com a mamãe – Fechou os olhos – Papai está perguntando se mamãe pagou todas as contas, ela diz que sim... – A garota ativou seu Byakugan e olhou para cima – Ele levantou, está procurando uma roupa, acho que virá aqui. 

– Tenho que te tirar daqui! – Agachou e tentou quebrar as correntes. 

– Por que não usa sua chave?

– Ela não serve pra correntes. 

– Me diga porque quer me tirar daqui. 

– Eu não sei!!! – Quase gritou – Mas eu sei que se não te tirar daqui agora, vou me arrepender pelo resto da minha vida! 

Himawari levantou o pé e conseguiu sair da corrente. 

– Você podia sair o tempo todo? – Pergunta incrédulo. 

– Papai está vindo. 

Inojin pegou a mão dela e saiu correndo – Mas não antes de fechar a porta embaixo da escada e fingir que nada tinha acontecido – dando passos fortes que faziam barulho no chão, porém Naruto não se preocupou por pensar ser Boruto. 

Saiu da casa e continuou correndo, seu destino agora era a floresta, correu muito até chegar a uma parte alta da floresta, onde dava pra ver toda Konoha. 

Himawari nunca tinha visto nada parecido. 

Inojin sentou no chão cansado. 

– Vamos pra Suna – Ele diz – Tem um cara lá que pode ajudar. 

Himawari sorriu com aquela vista. 

– Qual seu nome? – Ela pergunta. 

– Inojin. 

– Inojin, obrigada. 



Notas Finais


Oi gente! Espero que tenha gostado. Só queria divulgar aqui uma história que é mais sobre a família Yamanaka, esse é o link https://spiritfanfics.com/historia/familia-yamanaka-10589166 espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...