História Medical Center - Interativa - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ahn Jae-Hyeon, Kim Soo-hyun, Lee Jong Suk, Lee Min Ho, Park Shin Hye
Personagens Ahn Jae-Hyeon, Kim Soo-hyun, Lee Jong Suk, Lee Min Ho, Park Shin Hye, Personagens Originais
Tags Ahn Jaehyun, Jung Il Woo, Jung So Min, Kang Sora, Kim Hye Eun, Kim Soo Hyun, Lee Jong Suk, Lee Ki Woo, Lee Min Ho, Park Shin Hye
Visualizações 32
Palavras 1.766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gentee, tudo bem com vocês? Espero que sim <3
Mais uma vez tragos mais internos, da esquerda para a direita: Park Hye Soo, Oh Yeon Seo e Han Ye Seul.
Espero que vocês gostem :)

Capítulo 6 - Primeiro Plantão - Plástica


Fanfic / Fanfiction Medical Center - Interativa - Capítulo 6 - Primeiro Plantão - Plástica

Cirurgia Plástica

O primeiro paciente estava com uma queimadura de terceiro grau e tinha sido resgatado de um incêndio.

Han Ye Seul, Oh Yeon Seo e Park Hye Soo estavam seguindo Lee Min Ho para ver o estado em que o paciente se encontrava e decidirem quais providências iriam tomar.

-Bom dia! -Lee Min Ho falou animado, cumprimentando o paciente.

As três garotas fizeram o mesmo.

-Quem irá ler a ficha? -Min Ho perguntou e Yeon Seo se prontificou.

-Paciente Seo Wooji, 22 anos, queimadura de terceiro grau na região de braço e tórax. -Ela leu, olhando de volta para Min Ho.

-Muito bem. -Ele piscou para ela e ela fez uma careta de volta.

Cada vez pegava mais implicância com o mais velho.

-Quais os procedimentos que devemos fazer primeiro? -Ele perguntou.

-Como a queimadura é grave, o ideal é deixar o paciente internado pois podem ocorrer manifestações sistêmicas. Vamos precisar tirar os tecidos necrosados e partículas estranhas da ferida, como os pedaços de roupas queimadas. -Hye Soo respondeu, observando a queimadura enquanto formulava sua resposta.

-Esse é o primeiro passo. -Ele disse, colocando as luvas e indo para o lado do paciente. Depois de uma anestesia local, ia começar a fazer exatamente o que a garota havia falado. -Depois faremos o que?

-Faremos enxertos, então devemos deixar os membros elevados para não criar edemas e aliviar a dor. -Ye Seul respondeu e ele assentiu.

Min Ho começou a remover os tecidos necrosados, explicando para as garotas como deveria ser feito. Após algum tempo, vendo que as três haviam entendido o procedimento, convidou uma delas para assumir seu lugar.

-Ye Seul, coloque luvas e pode vir até aqui.

 

POV HAN YE SEUL

O ouvi me convidar para substitui-lo no que estava fazendo e simplesmente não pude me conter e deixei um sorriso iluminar o meu rosto. Essa seria a primeira coisa que eu estava fazendo no hospital.

-Peguei um par de luvas na caixa que estava em cima da mesa de canto e coloquei, me aproximando do Dr. Lee.

-Aqui. -Ele me entregou a pinça e eu me sentei em seu lugar.

Eu estava um tanto nervosa e deixei transparecer. Hesitei antes de começar, olhando para a expressão de dor no rosto do paciente. Se eu não fizesse isso bem, provavelmente doeria ainda mais.

-Não precisa ter medo, ele está anestesiado. -Min Ho falou, colocando a sua mão por cima da minha e a guiando até o local exato onde tinha um tecido que precisava ser removido.

Meu corpo ficou tenso e ele sorriu e aproximou seus lábios do meu ouvido.

-Ele se queimou enquanto produzia metanfetamina, não precisa ter tanta dó. -Ele sussurrou no meu ouvido e eu sorri, tomando coragem e tirando o primeiro pedaço de tecido.

Então ele me soltou e continuou observando de perto. A sensação era um tanto viciante, o que fez com que eu conseguisse terminar metade do serviço com uma velocidade razoável.

-Muito bem, garotas. Vou ir buscar o prontuário da paciente de reconstrução facial, vocês podem revezar entre vocês. Ou não, vocês decidem. -Lee Min Ho disse, se retirando.

Levantei a mão e ofereci a pinça para Yeon Seo, que balançou a cabeça em negação.

-Prefiro só observar de longe, esse cheiro de pele queimada não é legal. -Ela disse, olhando para o garoto que estava no leito e vendo se ele havia ficado ofendido mas ele apenas sorriu para ela. Yeon Seo o ignorou, voltando a olhar para mim.

Ofereci então para Hye Soo, que se aproximou e colocou luvas também, começando a fazer o trabalho.

Logo o Dr. estava de volta e com uma pasta nas mãos. Ele se aproximou do braço do paciente e viu que o trabalho estava ficando excelente.

-Parabéns, estão indo bem. -Ele disse de maneira gentil. -Não adianta serem só bonitas, não é mesmo? -Ele sorriu, e eu ignorei a última parte da frase. Eu teria que me acostumar a ouvir esse tipo de coisas vindo de Lee Min Ho, pois ele e Il Woo já tinham a péssima fama no hospital.

O que eu deveria fazer seria não me deixar cair em suas graças.

-Você pode terminar sozinha? -Lee Min Ho se dirigiu a Hye Soo, que assentiu com a cabeça.

Ela teria um longo trabalho a frente, já que teria que cuidar de todo o braço e parte do tórax.

-Então vamos. -Ele falou comigo e Yeon Seo.

 

POV HYE SOO

Essa não era a área em que eu gostaria de me especializar, mas eu poderia usar isso no futuro. Afinal, uma criança também sofre queimaduras.

Sorri com o pensamento de cuidar de crianças, aqueles seres pequenos, doces e inocentes.

-Você está gostando de me torturar? -O paciente, Seo Wooji, brincou e eu parei de sorrir no mesmo instante.

-Não. -Respondi rapidamente e ele sorriu.

-Foi só uma brincadeira. -Ele disse, colocando o outro braço atrás da cabeça.

Eu sorri para ele, voltando a minha atenção para o seu braço ferido.

-Você deveria sorrir mais vezes, seu sorriso é bonito. -Ele disse, olhando para o teto.

Senti meu rosto corar e continuei em silêncio.

-Hmm... -Ele começou a pensar alto. -Talvez nós dois pudéssemos sair juntos algum dia.

Senti meu rosto corar ainda mais, mas criei coragem e respondi.

-Eu não saio com pacientes. -Falei, da maneira mais delicada que consegui.

Ouvi duas batidas na porta e um homem alto estava usando um pijama cirúrgico azul marinho e uma touca cirúrgica de mesma cor. A máscara branca estava pendurada em seu pescoço.

Lee Ki Woo entrou com um sorriso brincalhão em seus lábios e me olhou como se tivesse descoberto meu segredo mais profundo.

-Parece que eu peguei vocês no flagra. -Ele disse, me deixando envergonhada.

-Não é nada disso que você está pensando. -Abanei as mãos em frente ao rosto em sinal de negação e ele riu.

-Tudo bem, eu não vou contar para ninguém se você quiser sair com um paciente. -Ele disse.

-Não é isso. -Falei, me levantando e indo em direção a ele para explicar melhor. -Ele está flertando comigo, mas eu não desejo sair com ele. -Sussurrei para que Wooji não ouvisse.

-Ahh, então ele é um pervertido. -Lee Ki Woo falou alto e eu arregalei os olhos, me virando para o paciente.

-Eu não falei isso. -Sorri sem graça.

-Você acabou de me dizer exatamente isso. -Ele disse, rindo da minha reação.

-Eu não disse isso. -Insisti, ficando cada vez mais envergonhada.

-Tudo bem, não precisa se envergonhar. Seu paciente não vai se irritar se você disse a verdade, não é mesmo? -Ele se virou para Wooji, que concordou com a cabeça e abriu a boca para se explicar, mas Ki Woo não deixou. -Eu só vim procurar o Min Ho, onde ele está?

-Foi ver o paciente da cirurgia. -Respondi. -Mas você tem que entender que não era nada disso que estava acontecendo. Também não falei que ele é um pervertido. -Resmunguei e ele riu, saindo do quarto sem dizer mais nada.

 

POV YEON SEO

-Nós vamos poder entrar na sala de cirurgia? -Perguntei, me aproximando mais de Lee Min Ho e ele riu.

-Quando eu te elogio, você fica brava. Mas quando quer ver uma cirurgia, vira um doce. -Ele disse e ignorou a minha pergunta.

Revirei os olhos e segui em silêncio.

-Você é o maior mulherengo do planeta, devia se concentrar no seu trabalho. -Resmunguei e senti uma cotovelada de Ye Seul no meu braço.

Sibilei um “Ai” e esfreguei o local atingido.

-O que você disse? -Ele se virou para mim e Ye Seul respondeu por mim.

-Ela disse que adora acompanhar o seu trabalho. -Ela disse, mostrando o seu melhor sorriso. Assim que Lee Min Ho desviou o olhar, ela fez uma careta para mim e começou a se comunicar com leitura labial.

“Você quer ser demitida?”.

“Não, mas é a verdade” respondi da mesma maneira e ela colocou o indicador em frente aos lábios, fazendo um sinal para eu ficar quieta.

-Está acontecendo alguma coisa que eu preciso saber? -O doutor perguntou e eu neguei com a cabeça.

Ye Seul não viu que ele tinha parado no meio do corredor pois estava olhando para mim, então bateu a cabeça nas costas de Min Ho.

-Ai. -Ela fez uma careta e colocou a mão no topo da cabeça.

-Sinto muito. -Ele se desculpou, afagando a cabeça de Ye Seul.

-Você deveria se preocupar com o seu trabalho, não com as suas internas. -Falei, empurrando a mão dele e puxando Ye Seul para o meu lado.

Ele apenas riu, aparentemente não se incomodando que eu o julgasse por ser mulherengo.

Abracei Ye Seul e senti um beliscão na pele das minhas costas.

Segurei um sorriso no rosto, escondendo a careta de dor, até que ele seguisse adiante.

“Você é louca?” murmurei assim que nos afastamos.

“Eu? Você tem que parar com isso!” ela respondeu.

“Esse tipo de homem me dá nos nervos.” Expliquei e ela revirou os olhos.

“Ele ainda é seu chefe” ela disse.

-Vocês podem parar de falar as coisas nas minhas costas? Já estou começando a me sentir mal. -Ele brincou, empurrando a porta do quarto e entrando.

Após uma conversa rápida com a paciente, ela foi levada para o centro cirúrgico e eu subi com Ye Seul para a sala de onde veríamos a cirurgia.

Lee Min Ho faria apenas a rinoplastia hoje, pois disse que a recuperação seria muito difícil para a paciente se tudo fosse feito de uma vez.

 

Sala de Cirurgia

Rinoplastia

A rinoplastia é a cirurgia plástica indicada para correção estética do nariz, e não era a única coisa que essa paciente precisava. Entre todas as cirurgias que faria, essa era apenas uma delas.

Lee Min Ho fez uma pequena incisão na base do nariz, entre as narinas, e na parte interna de cada narina. Então a fratura foi feita para compensar a raspagem óssea, que diminui a massa óssea do local, estimulando a formação óssea do local e para afinar o nariz.

Depois do término da cirurgia, o curativo foi feito utilizando um plástico enrijecido, que dá uma fixação melhor e é mais higiênico, permitindo que o nariz fique imóvel por mais tempo. Este plástico também se molda de maneira mais eficiente ao nariz e pode ser molhado. O curativo seria mantido por 15 dias, sendo sete dias com plástico enrijecido e sete somente com fita adesiva porosa. Os tampões internos ficariam por um dia.

Os próximos passos seriam a cirurgia no maxilar e na pálpebra, mas demoraria algum tempo já que a recuperação era um pouco demorada.


Notas Finais


O que acharam? Gostaram?
Comentem~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...