História Medicina do amor - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Martin Garrix, Taylor Marie Hill
Personagens Martin Garrix, Taylor Hill
Exibições 121
Palavras 965
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - O meu anjo - Por Julian Jordan


Fanfic / Fanfiction Medicina do amor - Capítulo 21 - O meu anjo - Por Julian Jordan

Martin: CARA ONTEM FOI FANTÁSTICO! -Martijn disse se levantando e gritando.

Eu: Foi um verdadeiro tédio pra mim! Ganhei um tapa da Vic, uma ressaca, algumas camisetas e nada de garotas. Nenhuma me interessou. 

Martin: Quando é assim apareceram um monte de garotas te querendo e você quem não quis nenhuma!

Eu: Aham. Interessadas no meu dinheiro! E falando em interesse... Perdeu o interesse na Marie? Vocês não ficaram tão juntos quanto eu esperava ontem.

Martin: Longa história. -A expressão dele agora era séria e preocupada. -Eu te conto na Holanda.

Eu: Tá. Vamos trocar de roupa e ir no shopping ver algo pra comer ok?

Martin: Claro. A Marie disse que vai vir aqui. Vamos aproveitar pra ela guiar a gente, não conheço nada daqui! -Nós rimos e eu entrei no chuveiro. Me vesti com jeans preto, minha camiseta favorita de lobo, um casaco leve e tênis de cano alto. 

Saí com o Martin para o pátio do hotel e ficamos esperando a Marie. Quando ela apareceu, outra garota estava junto. 

Marie: Oii Julian. Oii príncipe! -Os dois deram um beijo com um sorriso e era bom ver aquilo novamente. O afastamento deles havia me preocupado.

Martin: Ahn, eu não sei o seu nome, mas prazer! Sou o Martijn, mas pode chamar de Martin. -Ele disse apertando a mão da garota.

Marie: Ai gente, desculpa! Essa é a Ann, minha melhor amiga! Ela está cursando direito aqui no Brasil.

Ana: É um prazer conhecer vocês. Marie só disse coisas boas. -Eu não estava se quer prestando atenção direito no que aquela garota havia dito. Eu já estava encantado com sua beleza e carisma! O jeitinho toda tímida. 

Eu: Prazer, Julian.

Ann: Prazer, Ann. -Apertamos nossas mãos e sorrimos um pro outro.

Marie: Boooom, então vamos pro shopping né?

Ann: É, claro. -Nós saímos enquanto eu ainda tentava tirar a voz doce daquela garota da minha cabeça. E o pior era que ela ainda estava ali do lado. Tá, é só uma questão de controle Julian!

Fomos parar em uma cafeteria mais fechada e conseguimos ficar ali tranquilos já que a maioria da galera deveria estar no Ultra.

Marie saiu com  o Martin para um canto, acho que foram ficar sozinhos por um tempo. O que me deixou meio tímido ao lado da Ann. 

Eu: Então... Você faz direito?

Ann: É. Estou no primeiro semestre.

Eu: Por que direito? Já pensou em ser modelo? Você é linda! -Deixei aquilo escapar e fiquei um pouco mais tímido. Ela sorriu.

Ann: Bom, eu já fui modelo e já levei a profissão mais a sério. Mas queria me formar e sempre fui apaixonada por direito! Meu pai sempre andou no meio político e eu também. Então conheci mais sobre todo esse mundo... -Ela riu - Que querendo ou não é muito ligado ao direito. fiz muitos amigos que hoje estão na mesma turma que eu.

Eu: Interessante. Deve ser muito inteligente. 

Ann: Devo tudo ao meu pai, se fosse pela cabeça da minha mãe eu ainda seria um patricinha. Mas e você Julian, faz faculdade?

Eu: É, eu faço produção musical. Estudo na Herman Brood, sou holandês.

Ann: Percebi pelo sotaque. Eu falo um pouco de holandês e espanhol, meu avô era e minha avó era uma espanhola.

Eu: E ainda fala o inglês super bem!

Ann: Tive uma ajudinha.

Eu: Seu namorado tem sorte, você é diferente das outras garotas.

Ann: Eu... Terminei com ele tem dois anos. Foi dele que eu recebi a ajuda no inglês.

Eu: Eu não sabia, desculpa.

Ann: Tranquilo. É que ele é formado em Relações Internacionais então vivia viajando. Nunca tinha tempo pra nós então demos um tempo. Mas e você? Fale sobre sua namorada.

Eu: Bom, ela não existe. A garota por quem eu era apaixonado não estava nem ligando pra mim. Agora ela namora um piloto de motocross.

Ann: Tá falando da Vic?

Eu: É.

Ann: Ela é minha colega, não considero muito minha amiga. Sei lá, a Vic nunca gostou muito de mim. Só nos falamos porque somos amigas da Marie.

Eu: Nossa. Estranho.

Ann: Falando em estranho, pra onde a Marie foi com o Martin? -Nos demos conta que eles já haviam demorado muito.

 

POV Marie Hill

Saí discretamente com o Martin mas ele já sabia o motivo. Sabia o porque aquilo deveria ser uma conversa mais reservada.

Martin: Marie não acredito que o Alok quer proibir nosso namoro! É sério!

Eu: Martin, calma! Ele só deve estar achando estranho o fato de eu estar com você.

Martin: E o que tem de errado em ser comigo?

Eu: É que eu nunca fui de namorar meninos com fama alta.

Martin: Calma ae, ele acha que você está comigo por interesse? Ou que eu estou sendo o interesseiro?

Eu: A segunda alternativa. 

Martin: Marie, é sério, eu achava o Alok um cara show! Mas depois disso, o que ele quer que eu pense? Ele está com medo de mim é isso? O que acha que vou fazer pra você meu amor? NUNCA, JAMAIS, vou te machucar ou coisa parecida! Porque eu te amo!  -Lágrimas começaram a formar em nossos olhos e ficamos abraçados.

Eu: Sei disso. Só quero você. O Alok está sendo um babaca mas eu não vou ficar me rebaixando pra ele!

Martin: Qual o problema com o nosso namoro? Só isso que eu gostaria de saber!

Eu: Não temos problemas, nem procure ok? E sei que a única  coisa que vou achar é amor. E nossas boas lembranças juntos, nossos beijos e abraços como esse! -Abracei ele mais forte e beijei seus lábios intensamente.

Martin: Não faz isso tá? -Ele afastou uma mecha de cabelo do meu rosto e sorriu. -Não desse jeito. Parece despedida e não é o que eu quero pra nós dois!

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


OIII
Estou voltando a escrever a fic haha
No próximo capítulo vai ter a "conversinha" do Alok com o Martin, beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...