História Medicina do amor - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Martin Garrix, Taylor Marie Hill
Personagens Martin Garrix, Taylor Hill
Exibições 67
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - O pior Lollapalooza - Por Marie Hill


Alguns dias se passaram e Martijn foi chamado para tocar no Lollapalooza. E isso é simplesmente ótimo! Principalmente porque é essa noite hahaha.


Ele me ligou todo empolgado pra contar. Disse que tocaria In The Name Of Love lá e faria com a Bebe cantando ao vivo.


Arrumei minha mala e fui até o apartamento dele que é ao meu lado pra minha sorte! No começo eu achava um saco, admito. Mas agora, eu amo isso!


Eu: Oii amor!


Martin: Hmmmm amor é? -Ele me agarrou pela cintura e me cobriu de beijos. -Marie, você tá uma delícia! Mais do que o normal.


Eu: Cala essa boca Martin! -Rimos e ele voltou a me beijar.


Louis: EPAAA CHEGUEI NA HORA ERRADA!


Martin parou com o nosso beijo e riu.


Martin: E ae Louis!


Louis: E ae cara!


Eu: Oii Louis!


Louis: Oii princesa Garritsen!


Eu: Que?


Louis: Ah, é o jeito que o Martin te chama quando fala de você pra mim.


Martin: Aaaah cara, isso era segredo nosso. -Suas bochechas haviam ficado tão vermelhas e fofinhas!


Eu: Para Marty... Eu amei!


Martin: Sério? Achei que você pensaria ser meio tosco. -Ele levantou aqueles olhos verdes enormes me encarando com um sorriso.


Eu: É fofo! 


Louis: Oooown!


Eu: Cadê a Barbara hein Louis?


Louis: Aaah ela disse que não queria vir.


Eu: Falou pra ela que estou indo?


Louis: Falei mas a Barbara anda meio preguiçosa ultimamente. Ela está cansada com as coisas da faculdade.


Eu: É imagino. Ela está mais avançada que eu, se não me engano estão finalizando provas teóricas de radiologia.


Louis: Não entendo nada disso. 


Martin: Muito menos eu! Já a Marie e a Barbara amam medicina! Gente vamos indo porque o jatinho chega em vinte minutos.


Louis: Bora!


Eu: Louis, só tá levando uma mochila?


Louis: Não, minhas bagagens estão no carro.  Aqui eu levo o mais importante, que no caso, é minha câmera e os acessórios da minha câmera!


Martin: Que bom que veio de carro, vai levar a gente né? É. Valeeu! 


Louis: Tá né! -Ele riu e descemos até o carro.


Demorou um pouco e o jatinho chegou. Embarcamos e acabei dormindo no ombro do Martijn.


Acordei um pouco antes de chegarmos. Martijn acariciava os meus cabelos e Louis dormia e roncava com a câmera na mão.


Eu: Martijn?


Martin: Hein? -Percebi que ele havia cochilado acariciando meus cabelos.


Eu: Amor, quer dormir mais um pouco?


Martin: Não, eu to bem descansado. Já dormi, acordei e acabei cochilando agora.


Escutamos um barulho de Rec e rimos.


Eu: Louis ronca tão alto assim?


Martin: Não viu nada! Mas ele está tão cansado ultimamente. Está perdendo mais aulas do que deveria pra me acompanhar. Nosso cansaço é igual pra ser bem sincero!


Eu: Martin, o que houve com o Julian? Nunca mais vi ele.


Martin: Aaaah eu e o Julian perdemos um pouco do contato. Ele está fazendo menos shows do que eu. E eu estou que nem louco pra todos os cantos do país e do mundo. 


Eu: Vocês brigaram não foi?


Martin: É que...


Eu: Tudo bem. Não precisa explicar. Só quero que se resolva com ele tá?


Martin: Tá. 

Louis: Ai, chegamos?

Martin: Quase lá. Cara, você ronca alto hein? -Louis ficou sem graça e eu ri com o Martin.

O piloto avisou que estávamos pousando e ficamos todos animados.

Corremos pro hotel quando pousamos e por surpresa demos de cara com o Barry.

Martin: BARRY!

Barry: MARTIN! -Eles se abraçaram e eu abracei Barry depois.

Eu: Aqui está o garoto que ajudou Martin me salvar!

Barry: Não é nada! Louis van Baar certo?

Louis: É...

Barry: Ahn, sei que parece estranho saber seu nome mas é que curto fotografia! Tenho uma Canon do mesmo modelo que a sua. -Ele disse apontando pra mão do Louis.

Louis: Caraca, sério! Dão ótimas fotos não é? 

Martin: Vamos deixar vocês conversarem. Barry, foi um prazer te rever! Vamos Marie?

Eu: Claro. Até Barry.

Barry: Até!

Martin me abraçou pela cintura e entramos no nosso quarto que já havia sido reservado. 

Eu: Que vista!

Martin: Linda né? Só não é melhor do que a vista que tenho da minha bela namorada! -Ele sorriu e começou a me cobrir de selinhos.

Tomamos um banho e acabamos caindo no sono novamente. 

Acordei e não vi o Martin do meu lado. Havia apenas um bilhete.

"Marie, tive que ir antes que acordasse. Tenho que mostrar como quero o show de luzes no palco e já ficarei por lá mesmo. Te vejo lá minha princesa!

Com amor, Martijn x!"

Sorri e fui tomar o banho. Coloquei um vestido preto que tinha um bolero cheio de rendas nele mesmo.

Prendi o cabelo pra cima, passei batom vermelho e delineador. Vesti meu salto que não era tão alto e fui.

Ao chegar no Lolla tive que pousar para algumas câmera e logo encontrei o Martin.

Martin: Nossa... Que linda! -Ele piscou os olhos várias vezes e percebi que estava nervoso.

Eu: Obrigada. Então, onde eu fico?

Martin: Camarote claro! Sem sequestros?

Eu: Sem sequestros. -Rimos e nos beijamos intensamente.

Martin: Vou fazer umas fotos com a Bebe e já subo no palco ok?

Eu: Te vejo lá.  -Ele saiu e fiquei olhando meu instagram. Comecei a procurar pelo camarote e logo vi um monte de câmeras. Me aproximei perto do Louis e vi que eram Bebe e Martin pousando para várias fotos.

Louis: Oii!

Eu: Oii.

Dei um sorriso de canto. Demorou um pouco e parecia que tinha acabado aquele momento de flash. Eles se afastaram um pouco e riram. 

Martin foi até Bebe. 

Bebe foi até Martin.

E os dois se beijaram.

Minhas mão começaram a tremer. Louis colocou a câmera na bolsa na hora. 

Tirei meu salto e comecei a correr.

Louis: MARIE, ESPERA!

Eu: ME DEIXA LOUIS, JÁ ESTÁ BEM.ÓBVIO QUE O MARTIN ANDA ME TRAINDO!

Louis: MARIE! -Ele me segurou e me abraçou fortemente. Louis me mantia em seus braços enquanto eu chorava sem parar. -Calma, vai ficar tudo bem. Deixa eu te levar pra casa.

Eu: Não, você tem um trabalho pra fazer Lou. Tem que fotografar o idiota do meu ex-namorado.

Louis: Marie, ele tem outros cinco ótimos fotógrafos! Vem, eu te levo.









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...