História Medicina do amor - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Martin Garrix, Taylor Marie Hill
Personagens Martin Garrix, Taylor Hill
Exibições 50
Palavras 421
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 47 - Ela merecia mais - Por Marie Hill


Aquela manhã entre mim e o Louis estava ótima. Ele me trouxe torradas com queijo, suco de morango, uma xícara de café e uvas verdes na cama.

Peguei uma uva do cacho e fiquei observando.

Louis: Não gosta de uva?

Eu: Amo uvas Lou! É que são da cor do seus olhos. -Comi e ele me deu um selinho.

Louis: Eu achava que não dava pro seus lábios ficarem mais doces, mas é possível sim. Como consegue hein!

Marie: Não sei. -Ele pegou o notebook e colocou no colo ao sentar do meu lado.

Louis: Se quiser mais café, eu pego.

Eu: Tá ótimo! Lou, será que... -Parei de falar ao ver que ele estava chorando na minha frente. Louis pegou o computador e virou pra mim.

"Herdeira da família Queen morre na madrugada desse domingo."

Desci o título em negrito e me deparei com várias fotos da Barbara.

"A jovem Barbara Queen, de vinte e dois anos faleceu na madrugada desse sábado. Ela era modelo, estudava medicina e era uma das herdeiras de uma bilionária família holandesa, os Queen.

Ainda não se sabe a causa do acidente.

De acordo com os exames do perito Barry Allen, a vítima não carregava sinais de álcool no sangue e o carro estava em perfeitas condições.

Segundo Barry, a jovem pode ter avançado muito rápido assim que passou no sinaleiro em frente a boate Full House e chocou seu veículo contra um muro na segunda curva.

Nós lamentamos pelo acontecimento e desejamos melhoras para a Família Queen."

Eu: Não... Não, não, não! Isso é mentira! Por que? -Comecei a chorar desesperadamente e Louis me abraçou.

Eu saí de perto dele e me levantei.

Louis: Marie...

Eu: Lou, fica longe de mim. A minha melhor amiga morreu por minha culpa! Morreu porque nos viu juntos na Full House! Eu matei ela Louis!

Louis: Não é sua culpa Marie! -Eu corri pra cozinha e ele me segurou dentro dos seus braços. -MARIE CALMA!

Eu: PRA QUE LOUIS? EU SOU UMA PUTA! UMA VADIA QUE MATOU A AMIGA! MATOU PORQUE ESTAVA ROUBANDO ALGUÉM QUE AMAVA ELA SÓ PORQUE EU PERDI ALGUÉM QUE ME AMAVA! -Ele me apertou fortemente em seu peito enquanto eu chorava sem parar.

Louis: Nenhum de nós matou ela Marie. Os próprios sentimentos dela foram os culpados. A mesma coisa aconteceria com você se eu houvesse te deixado sair sozinha na noite em que o Martin beijou a Bebe! O fim daquele Lollla teria sido uma tragédia, mas você teve alguém pra te proteger. Barbara só não teve a mesma sorte.

Eu: Mas devia! Ela merecia bem mais do que eu!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...