História Medida Certa Para o Amor - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Abo, Baeksoo, Chanbaek, Chanbaeksoo, Chansoo, Exo, Sekai, Sulay, Xiuchen, Yaoi
Visualizações 282
Palavras 1.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, eu queria dizer que tenho um projeto novo (na verdade tenho vários né pra quando esses que to escrevendo acabarem eu começar a a postar), mas esse em particular quero muito escrever, ele se chama Psique, é ChanBaekSoo e foca em três tópicos específicos: 1 - Poliamor; 2 - Depressão e 3 - Afefobia (medo de ser tocado). Ela vai um drama mesmo e eu ainda estou estruturando, só queria deixar avisado mesmo; tbm tem algumas ChanKai, SeKaiLu, SeKaiSoo, KaiSoo, ChanBaek...

Alem disso eu to montando uma pequena historia interativa (aqueles jogos de rota com com texto) ele tem três rotas para você seguir, é Baek Center e as três rotas que vc pode escolher são: Kyung, Chan ou Kris. Eu to terminado de fazer, acabei só a rota do Kyung, é uma versão simplificada daqueles jogos de rota (por que só tem texto e as opções pra vc escolher) por motivos de: É a primeira vez que faço um joguinho desses e não sei mexer direito, assim que acabar posto link junto com capitulo aqui.

Deixarei one shots e algumas historias finalizadas nas notas finais.

Capítulo 8 - Oito


Chanyeol observava o ômega ao seu lado com demasiada atenção enquanto o mesmo caminhava a passos lentos; algo em si gritava para que protegesse o menor, para que não deixasse nada lhe acontecer e isso o deixava confuso; nunca fora uma pessoa que não se importasse, na verdade até se importava demais com aqueles que lhes era importante, o que o deixava confuso na verdade era o desejo de fazer isso por alguém que acabara de conhecer; alguém com quem não tinha nenhuma ligação, mas que estranhamente agitava seu alfa interior que há tempo se sentia vazio demais, não era como se seu sentimento de vazio fosse completamente preenchido, mas a presença do outro agradava em demasiado a seu lobo.

- Tudo bem? – Baekhyun perguntou ao notar os pequenos vincos que se formavam entre as sobrancelhas alheias. – Você parece preocupado.

Chanyeol sorriu, sentia-se um bobo por ter alguém que quase sofrera um acidente perguntado se ele estava bem. Talvez não devesse se importar tanto com as sensações que lhe afligiam e apenas aproveitar a companhia agradável.

- Tudo bem. – Falou percebendo que já chegavam a cafeteria.

Chanyeol abriu a porta para que Baekhyun entrasse e o ômega sentiu sua face enrubescer de vergonha; sentia agitado, inquieto era quase a mesma sensação que sentia quando estava junto a Kyungsoo, mas um pouco diferente, ele sentia-se seguro demais tento Chanyeol junto assim e querendo ou não, aquilo era estranho.

Eles conversaram pelo que pareceram horas, sentiam-se a vontade para falar como se o assunto fosse infinito e o tempo curto demais.

- Então você acabou de se mudar? – Baekhyun perguntou entretido, gostava de ouvir o timbre da voz do outro.

- Sim, eu e meus amigos fomos promovidos e designados para gerir a filial que a nossa empresa está abrindo aqui. – Chanyeol sorriu lembrando dos amigos. – você deveria conhece-los, Suho é um conquistador de primeira, eu sempre digo que ele ainda vai quebrar a cara e sofrer quando se apaixonar; e o Kai é inseguro demais, só precisa de alguém que o ame incondicionalmente. – Chanyeol mal percebeu que já falava dos amigos e se envergonhou quando Baekhyun riu contido.

- Você realmente gosta muito deles né? – Falou, achando de certa forma adorável a forma do alfa de falar dos amigos. – Eu também tenho um melhor amigo...

Chanyeol percebeu que o ômega não se opôs a ideia de conhecer seus amigos, mas também notou a leve tristeza escondida em sua voz quando falou desse tal amigo, será que o ômega já tinha um alfa de quem gostava? Por que essa ideia inquietava Chanyeol?

- Seu amigo... voce gosta muito dele não é? – Perguntou encarando o outro.

- Ah sim, o Kyung é adorável, ele se acha um ômega desajustado e fora do padrão, mas qualquer pessoa o adoraria se o conhecesse de verdade, nós crescemos juntos e ele é muito especial para mim. – Baekhyun falava enquanto um sorriso se estampava em seu rosto.

Chanyeol não pode deixar de sorrir com aquilo, um misto de sentimentos crescendo dentro de si, a forma de Baekhyun falar do amigo o fazia querer conhece-lo também.

Ambos gastaram tempo demais naquela conversa, até que Baekhyun notou que o céu já começava escurecer, nem mesmo vira as horas passar, e uma pequena saudade crescia dentro de si. Ele queria ver Kyungsoo, mesmo que tivessem marcado para o dia seguinte, ele desejava apenas vê-lo agora.

Chanyeol o acompanhou até a casa do amigo, se despedindo com um abraço apertado demais depois de trocarem os números de celular; nenhum deles gostaria de admitir o vazio que sentiram ao se afastarem.

Baekhyun foi recebido com um sorriso grande pela mãe de Kyungsoo que o mandou subir e esperar pelo outro no quarto. Baekhyun se jogou na cama do amigo rolando de um lado a outro e sorriu ao sentir o cheiro cítrico invadir o cômodo.

- Kyungie... – Chamou, levantando da cama e se agarrando ao outro em um abraço apertado demais.

Kyungsoo foi invadido pelo cheiro do amigo, mas não só pelo dele, um cheiro diferente estava ali misturando-se de forma gostosa demais ao de Baekhyun e aquilo de certa forma o irritou, irritou-se pelo amigo está cheirando a um alfa e irritou-se mais ainda por achar a mistura dos aromas agradável demais ao seu olfato. Afastou-se daquele abraço bruscamente deixando o Byun desnorteado e confuso pela reação.

- O que. – Baekhyun quis perguntar, mas foi interrompido pelo outro.

- Alfa... você está com cheiro de alfa, é irritante. – Falou e viu o rosto de Baekhyun se transformar em decepção, pois em si sentia agora os três perfumes que se misturam de forma perfeita demais, como se aquele fosse o cheiro que sempre desejara ter consigo, mas Kyungsoo estava irritado.

- Ele me salvou... e o Chanyeol é um ótima pessoa, ele me acompanhou até aqui. – As palavras fluíam de sua boca em uma explicação que não fora pedida.

- Você não me deve explicações Baekhyun. – Falou entre dentes, nem ao menos entendia por que estava tão irritado, afinal, não era ele quem queria que o outro encontrasse um alfa para si?

- Kyungsoo! – Baekhyun tentou se aproximar e quis chorar ao ver o amigo se afastar de si.

- Eu não me importo, isso não me interessa... – Desviou o olhar sabendo que se arrependeria das próximas palavras. – É até bom que você arrume logo um alfa, assim você desgruda de mim e vai viver a sua vida.

Silencio, foi o que existiu até um choro baixinho ser escutado; Kyungsoo sabia que Baekhyun estava magoado, sabia pois se sentia tão ferido quanto o outro deveria estar e apenas recusou-se a olhar enquanto deixava seu amigo sair correndo dali. Seus olhos marejaram, mas ele se recusou a chorar por algo que ele mesmo havia provocado.

- Vai ser melhor assim. – Murmurou se jogando na cama, abraçou-se ao travesseiro e sentiu aquele perfume misto ali o acolhendo tão bem; era o cheiro de Baekhyun, aquele que sempre adorara, mas junto a ele um outro cheiro confortável demais. Kyungsoo queria chorar.

Baekhyun saiu correndo sem se despedir, entrou em casa e se jogou contra o colchão, seu coração se apertou e ele apenas se deixou chorar até que, envolto naquela combinação de cheiros, se deixou apagar.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...