História Sei que é vc... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boys Be...
Personagens Personagens Originais
Tags Boys Love, Comedia, Romance
Exibições 7
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obrigada por escolherem essa historia
Espero que gostem
Bjus...

Capítulo 3 - Armário de Vassouras


Fanfic / Fanfiction Sei que é vc... - Capítulo 3 - Armário de Vassouras

-Não - Diz o garoto em resposta

-O que? - Pergunto surpreso

-Voce não pode ficar - Diz o garoto me olhando

-Porque não - Pergunto

-Se voce ficar, vai acabar me arranjando problemas - Diz ele com os braços cruzados

-O que eu poderia fazer para lhe arranjar problemas? - Pergunto curioso

-A lista é grande - Diz ele se ajeitando

-Serio? - Pergunto curioso

-Sim, tanto que voce ja esta me arranjando problemas agora - Diz o garoto me encarando com um olhar feroz

-Mas o que eu esta... - Digo também cruzando os braços

-O que estão fazendo aqui? - Diz uma voz masculina de trás de mim - Vocês ja sabem que passou do horário - Diz um garoto que para entre os dois de cabelos escuros e arrepiados.

-Sim, me desculpe Porco Espinho - Diz o garoto ao garoto de cabelos arrepiados

Porco Espinho?

Que nome é esse?

-Hum...então vão para seus quartos - Diz Porco Espinho para nós em uma ordem

-Sim senhor - Diz o garoto ao Porco Espinho e então se vira e sai caminhando em direção aos elevadores, eu o sigo, quando de repente ele abre uma porta e sou empurrado para dentro de um armário cheio de vassouras e produtos de limpeza

-O que? - Digo surpreendido

Foi tudo tão rápido que nem vi o que aconteceu direito

-Shiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii - Faz o garoto colocando a mão na minha boca, então ouve-se passos e um assovio alto

Esse cheiro - Penso em quanto respiro sobe sua mão

Noh OFF

Então o garoto se vira Noh com um olhar feroz....

Garoto Desconhecido ON

O que eu vou fazer?

Vai ser impossível tira-lo do prédio agora, se o porteiro da noite desconfiar ou perguntar por ele eu estou ferrado, já foi difícil só ajudar a Beth com o lixo hoje mais cedo e agora pra tirar esse cara vai ser um sacrifício

O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?... O que eu faço?

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Essa não pode ser a única opção...

Só ira me trazer mais problemas, mas se eu não fizer isso poço ter problemas agora

-OK... - Digo tentando controlar o desespero - ...por hoje você pode ficar aqui - Digo serio tirando a mão de sua boca

-E quanto seria o preço da minha hospedagem? - Pergunta ele fazendo uma cara pensativa

-Seria de...800... - Digo pensativo

Se eu tenho que esconder esse moleque aqui que pelo monos eu leve lucro nisso, até por que se eu for pego vai ser por culpa dele mesmo, então que ele me pague por qualquer prejuízo

-Hã - Resmunga ele baixinho, completamente surpreso, mas sem deixar de fazer aquela cara pensativa - E qual seria um tempo limite -

Pergunta ele após alguns segundos

-Ate domingo - Digo inconscientemente

-Então eu aceito - Diz ele

-O que? - Pergunto sem entender

-Vou ficar até domingo - Diz ele se ajeitando, pois ele estava encostado de mal jeito, de maneira toda torta, em um armário cheio de prateleiras com produtos de limpeza

-O que? Você não...- Digo e antes que eu poça perceber ele esta passando por mim, me ignorando completamente, e abrindo a porta saindo para fora do armário

Me viro e saio caminhando atrás dele.

Esse moleque...

O que ele pensa que esta fazendo

Será que ele se esqueceu que ele tem que fazer tudo que eu mandar?

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Esse cara...

-Ei...espera - Digo, mas ele me ignora e continua caminhado - Eu disse... espera - Digo o pegando pelo braço.

Ele se vira junto com o puxão que eu lhe dei e então olha para a onde eu estou segurando

-Você não pode sair caminhando por ai - Digo irritado

Ele fica parado ali, olhando para a minha mão, como se quisesse dizer algo mas não soubesse o que, enquanto fica fazendo aquela cara pensativa. Quando de repente ouve-se um ronco, sonoro, da barriga dele. Reviro os olhos e depois os fecho respirando fundo. Agora eu vou ter que alimenta-lo também?

O puxo pelo braço, mas depois de dois passos o solto, e continuo caminhando, olho para tras, só para confirmar que ele esta me segundo, então paramos na frente do elevador.

Garoto Desconhecido OFF


Notas Finais


Obrigada por lerem
Desculpe por quais quer erros de português
Espero que tenham gostado
Comenta para mim saber o que você achou
Compartilhe para seus amigos
;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...