História Medo Bobo - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boys Be...
Personagens Personagens Originais
Tags Boys Love, Comedia, Romance
Exibições 4
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obrigada por escolherem essa historia
Espero que gostem
Bjus...

Capítulo 4 - Vapor de Banheiro


Fanfic / Fanfiction Medo Bobo - Capítulo 4 - Vapor de Banheiro

Noh ON

Estávamos na frente do elevador, esperando que ele chegue logo, por alguma razão, quando o elevador finalmente chega entramos nele,  ele esta vazio e o garoto aperta em um botão, que parece ser o térreo. Após alguns segundos o elevador para e então saímos dele, era realmente o térreo, saindo do elevador, nos vemos em um corredor grander e lustroso, ele tem algumas portas ao longo dele e uma grande de vidro ao final do corredor.

Caminhamos pelo extenso corredor até vermos uma outra grande porta de vidro, então ele a abre e eu passo e depois ele, o lugar é cheio de mesas redondas espalhadas e tem algumas pessoas nelas, mas a maioria esta vazia.

Baixando a cabeça, ajeitando o capuz, caminhamos em direção a um balcão que se parece muito com os que tem no aeroporto, com uma espécie ,bem grande, de quadro luminoso aonde mostra a comida e o valor dela ( como aqueles de MC).

-O que voce quer comer? - Pergunta o garoto se virando para mim

-Massa - Digo baixinho sem olha-lo

Ele para e olha para o quadro de comida

-Então vai ser um hambúrguer - Diz ele me olhando

-Hã - Resmungo

Porque esse cara perguntou o que eu queria se ele iria fazer isso?

Fico olhando ele ir até o caixa e pegar os pedidos de uma moça que parece ser simpática. Os dois parecem se conhecer, pois estão conversando e dando algumas risadas, e antes que eu possa perceber ele esta vindo na minha direção com dois hambúrgueres, então ele faz sinal com a cabeça, a inclinando para o lado, e então caminhamos na direção para qual ele apontou, e nos sentamos em uma mesa.

Noh OFF

Garoto Desconhecido ON

-Porque voce fez isso? - Pergunta o garoto fazendo aquela cara pensativa

-Fiz o que? - Pergunto sem entender a o que ele esta se referindo exatamente

-Porque perguntou o que eu queria, mas acabou pegando o que voce quiz? - Pergunta ele olhando para o hambúrguer

-Porque? Bem...por que eu quiz - Digo dando uma mordida no meu hambúrguer o ignorando.

Pensando bem, eu não sou de perguntar o que os outros querem, mas acho que queria provoca-lo, por que a cara que ele fez foi com certeza impagável.

Ele olha, olha, cutuca, suspira, e depois pega o hambúrguer, mas não o com, fica ali parado o encarando.

-Aaaa - Resmungo empurrando o hambúrguer na direção da sua boca

Eu acabei de gastar meu dinheiro com voce, pelo menos faça bom proveito do que lhe comprei.

-Ei - Diz ele depois de engolir o pedaço que abocanhou

-Você estava demorando de mais - Digo o olhando com desleixo

-Porque voce fica fazendo essas coisas? - Diz ele franzindo a testa, sem deixar de fazer aquela cara pensativa

-Cala a boca e come - Digo quase rosnando - E eu não fico fazendo coisa alguma - Digo bufando

Esse cara...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Porque eu ainda ajudo esse cara?

Amanha eu vou manda-lo embora, não importa se ele tem ou não para onde ir, ele não vale nem mesmo o preço do hambúrguer, e ja estou vendo que não vale apena nem mesmo o preço do "aluguel" que ele vai pagar para aguenta-lo.

E ele ainda quer passar a semana inteira aqui...

Nem ferrando

Depois de comermos o hambúrgueres, voltamos ao quarto, vou até o armário aonde tem cobertores extra e, por incrível que pareça, um travesseiro, que nem mesmo sabia que tinha ali.

Olho para o realojo na cabeceira e vejo que já é quase meia noite.

-Arrume uma cama para voce no enquanto eu tomo banho - Digo largando as coisas em cima da minha cama e pego minha toalha, entrando no banheiro.

Garoto Desconhecido OFF

Quando ele entra no que parece ser o banheiro, eu olho em volto, é um belo quarto grande e espaçoso, as paredes brancas, a mesinha de estudos, uma mesa, acho que , para comer perto de uma grande janela de vidro, uma cama grande, que cabem duas pessoas, uma mesinha de cabeceira com um abajur e um relógio redondo em cima, mas a roupas, sapatos e alguns outros objetos espalhados pelos chão do quarto, e a um cabide atrás da porta de saída.

É realmente um quarto bonito, mas é muito desorganizado. Pego os cobertores e coloco três em baixo e um em cima, para me tapar, coloco o travesseiro em uma das pontas e então, acho, que minha cama esta arrumada.

Não muito tempo depois a porta, do que parece ser, do banheiro se abre e um vapor sai la de dentro, junto com o garoto que está com uma toalha enrolado na cintura, então ele caminha até a porta do guarda-roupa que é praticamente ao lado da porta.

Noh OFF

Garoto Desconhecido ON

-O que voce esta fazendo? - Pergunta o garoto com os olhos arregalados

-Colocando uma roupa - Digo o olhando

-Então faça isso em outro lugar - Diz ele alterando um pouco a voz e começando a cora

-O que? Só tem caras aqui - Digo o olhando meio intrigado

-E dai? Não sou... não sou... - Diz ele e pausa pensativo e então percebo que ele evita olhar para meu corpo, somente olha para meu rosto - Eu não sou obrigado a velo semi nu - Diz ele parecendo irritado

-Então se vira - Digo fazendo voltinhas com o dedo indicador

Ele respira fundo e então se vira de costas

-Que cara estranho - Resmungo

Só a caras aqui...

Isso é normal...

Mas esse cara... esse cara não é normal... até parece que ele nunca foi em uma casa de banho ou coisa parecida...

Mas porque ele começou a ficar vermelho assim de repente, isso é que foi o mais estranho, será que isso realmente é estranho para ele?

Não importa...

Ele é estranho disso eu tenho certeza...

-Deu, vamos deitar - Digo a ele que se vira parecendo aliviado, então apago a luz, corro para cama e me deito.

Finalmente esse dia acabou...

Finalmente eu posso descansar...

E antes que eu possa perceber já estava adormecendo

Garoto Desconhecido OFF

Noh ON

Meu rosto... esta ardendo... não... esta queimando... por que esse idiota fez isso?... quem faz isso?... quem fica seminu na frente de alguém?... esse cara é realmente um idiota... idiota... idiota... idiota...

Quando de repente a sena do armário me vem a cabeça, quando ele colocou a mão sobre a minha boca

Que tipo de pessoa também faz isso?

Esse idiota...

Sempre fazendo essas coisas estranhas...

Quando é que meu rosto vai deixar de parecer um forno?

Parece que essa noite vai ser longa para mim...

Mais uma de tantas

Noh OFF


Notas Finais


Obrigada por lerem
Espero que tenham gostado
Desculpe por quais quer erros de português
Comentem para eu saber o que vocês acharam
Compartilhem com seus amigos
;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...