História Mega Man New Dimension - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mega Man
Personagens Mega Man (Rockman)
Tags Mega Man
Exibições 9
Palavras 1.744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Científica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Este é um dos capítulos que eu estava querendo escrever a muito tempo, tinha todo um planejamento para o capítulo de hoje ser um dos melhores dessa fanfic. Entretanto mudei bastante do que planejei inicialmente e criei na minha opinião o melhor capítulo dessa fanfic, logo vocês descobriram o porque.
Boa leitura

Capítulo 21 - Provarei meu valor


Light e Cossark estavam no laboratório, discutindo sobre como deveriam agir nessa guerra contra Willy, então Roll entra no local com uma cara de preocupação e chama os dois cientistas. Ela os leva até a sala onde já estavam Rose, Red e Mega Man

A jovem aponta para a TV e lá estava um dos robôs de Willy, fazendo um importante anúncio:

Punk: Prestem atenção todos dessa desgraçada cidade, eu e meus três companheiros sequestramos alguns civis e nos pretendemos matar todos eles e os únicos que podem salva lós são os robôs de Dr. Light, venham logo até a antiga estação de Trem se não quiserem ver esses pobres coitados mortos.

Punk então pega um garoto pelos cabelos e aponta seu buster para a cabeça dele:

Punk: Sejam rápidos.

A transmissão acaba e todos na sala não sabiam como agir, o primeiro a fazer algo foi Mega Man:

Mega Man: Precisamos salvar aquelas pessoas!

Rose: E vamos, né pai.

Cossark: Isso obviamente é uma armadilha.

Light: Cossark está certo, precisamos ir com calma.

Mega Man: Como assim ter calma?! Temos que agir agora.

Red: Por mais que seja uma armadilha, nos vamos até lá salvar todos aqueles inocentes.

O trio de guerreiros foi até seus quartos e vestiram suas armaduras e ignoraram os avisos dos cientistas. Eles dirigiram-se até o lugar marcado. Assim que chegaram eles se esconderam atrás de um arbusto e começaram a elaborar um plano:

Red: Não podemos entrar lá sem mais nem menos.

Rose: Acho que será melhor nos dividimos.

Mega Man: Verdade, mas Punk falou que estavam junto dele mais três robôs.

Red: Fazemos assim, uma dupla e um sozinho.

Rose: Eu vou sozinha.

Mega Man: WHAT!

Rose: Eu vou sozinha e você faz dupla com seu irmão.

Mega Man: Mas e se atacarem você em dupla.

Rose: Eu luto contra eles, pelo que me lembro, você disse depois de nosso treino que eu lutei melhor do que muitos robôs daquele velho, então vou provar isso.

Mega Man: Mas...

Red: Deixa ela irmão, ela quer fazer isso sem ninguém, vamos respeitar a decisão dela.

Mega Man: (Suspiro) Ok, mas toma cuidado.

Rose: Certo.

O trio se dividiu, enquanto a loira foi pela frente, os irmãos foram por cima, eles entraram sorrateiramente, a estação estava completamente abandonado, cheia de equipamentos e trens antigos que estavam cobertos teias de aranha. Rose estava um pouco impressionada com o local, então ela escuta um choro vindo de um dos trens, ela correu até o veiculo especifico e ao adentra ló avistou uma criança de aproximadamente 9 anos, ao ver a loira, o pequeno correr até ela e a abraça:

Rose: Eu vou tirar você daqui.

Rose escuta um barulho estranho e transforma sua mão, a criança se assusta e olha para o rosto da loira que tinha um semblante sério, ela se vira e bloqueia um ataque:

???: Bem rápida!

Rose chuta a barriga do robô que recua para fora do trem, a jovem o segue e ambos começaram a se encarar:

???: Meu nome é Sword Man, o robô mais habilidoso entre todos do exercito de Willy.

Rose: Isso pouco me importa.

Sword Man tinha uma grande espada no lugar de sua mão direita, aquilo assustou um pouco Rose, se aquilo encostasse ela, iria causar um grande estrago.

Sword Man avançou e tentou golpear sua oponente, mas esta bloqueou o ataque com sua espada de energia, o robô começou a pressiona lá para baixo, ela era visivelmente mais fraca fisicamente, aquilo fez a criação de Willy sorrir e fez ainda mais força, porém a loira aplicou uma rasteira em seu inimigo.

Rose tentou enterrar sua lâmina, mas Sword Man foi como um raio e rolou para a esquerda e se levantou e investiu novamente, mas a jovem esquivou do ataque e chutou a costa de seu rival, todavia este consegue evitar a queda.

Então ambos entram numa impressionante luta, eles pareciam está numa “dança”, tudo acontecia em alta velocidade, enquanto tentava investir, o outro bloqueava e já contra atacava, porém o primeiro sempre conseguia evitar ou desviar. Logo ambos começam a acrescentar socos e chutes, Sword Man parecia está em melhor forma e conseguiu aplicar um forte chute no estomago de Rose, então a loira acaba tendo que recuar um pouco.

Ela recuperou fôlego e investiu novamente, o robô de Willy bloqueou o golpe e tentou desferir uma joelhada, no entanto, Rose usou sua própria perna e impediu o ataque. Sword Man começou a fazer força empurrou Rose contra uma das pilastras da estação.

Sword Man faz mais um pouco de pressão e a pilastra começa a rachar, a costa de Rose já estavam doendo, se as coisas não mudassem, ela iria ser derrotada, logo ela enxergar a criança que tinha ajudado presenciando a luta, o mais novo deu um olhar do confiança e isso passou para Rose que começou a usar todas suas forças para se livrar de seu adversário.

Sword Man ficou surpreso, não imaginava que a loira tinha toda aquela força, mas não seria isso que a salvaria, a espada do robô de Willy começou a mudar para o roxo escuro e seus olhos para o vermelho, então ele aplica um fortíssimo chute na barriga de Rose que acaba transpassando a pilastra e batendo a cabeça contra a pilastra seguinte.

A jovem se levanta muito fraca e antes de reagisse teve sua barriga perfurada pela espada de seu rival, foi tudo tão rápido que a garota nem gritou, ficou imóvel, com uma expressão de espanto, ela só conseguia sentir o sangue escorrer por seu corpo.

A criação de Willy puxa sua espada e junto dela o corpo ferido de Rose caiu no chão imóvel:

Sword Man: Pelo menos ela foi corajosa.

Sword Man deu as costas e iniciou uma caminhada até a criança que estava triste e assustada ao ver a loira ser morta por aquele robô tão mau.

Enquanto isso Rose nem tentava lutar, ela tinha fracassado, subestimou seu inimigo e superestimou a si mesma, achava que poderia vencer qualquer um, porém não foi isso que acabou de ver. Ela sentia que iria morrer e talvez fosse esse seu destino. Entretanto certo rapaz surgiu em sua mente:

Mega Man: Onde está aquele Rose dispostas a vencer qualquer um?

Rose: Até na minha hora de morrer você vem me encher a paciência!

Mega Man: Pelo que me lembro a Rose que conheci tinha dedicação, persistência e força, acreditava que podia vencer qualquer desafio e quando parecia não conseguir sempre dava um jeito de realiza ló, mesmo que isso aparentasse ser impossível.

Rose: Eu me superestimei, não sou tão forte quanto pensava.

Mega Man: Você me prometeu voltar viva, por acaso não se recorda disso?

Rose: Sim eu prometi, e vou cumpri lá.

Mega Man: É assim que se fala.

Rose: Eu vou provar meu valor como heroína, proteger os outros e as pessoas que eu amo.

Mega Man: Vai lá e acaba com aquele babaca.

Sword Man apontava sua espada para a criança que estava encurralada, o robô de Willy notou uma movimentação atrás dele e ao se virar deu de cara com Rose que tinham sua mão esquerda sob o profundo ferido causado pela espada da criação de Willy:

Sword Man: Por que ainda persiste em lutar, mesmo sabendo que nem tem a menor chance?

Rose: Vou provar que posso ser tão forte quanto qualquer adversário, proteger todas as pessoas ao meu redor, independente se foram civis, parentes ou amigos, nasci com o propósito de ser uma robô de combate, mas descobrir que posso ser muito mais, e agora vou confirmar tudo isso que falei.

Sword Man: Sentimental demais, já que deseja tanto lutar, atenderei esse seu pedido.

Rose e Sword Man investiram um contra o outro, ambos bloquearam o ataque do outro e continuaram a trocar várias sequências de espadadas, tudo ocorria com extrema rapidez e força, os dois rivais estavam completamente concentrados e forcados no embate, em certo momento a criação de Willy desferiu uma joelhada no estomago da loira que gemeu de dor, mas tratou logo de se recuperar.

Sword Man fez sua espada voltar a ficar roxa escura assim como seus olhos ficaram vermelhos novamente, aquilo não abalou Rose, ela já tinha noção que aquilo era um ampliador de força, ela precisava evitar ser atingida por um novo ataque do oponente, caso contrário às consequências seriam as piores possíveis.

Rose começou a tentar desviar de todos os ataques do inimigo, este sabia que se atingisse a loira poderia colocar um ponto final naquela luta. Em determinado momento Sword Man quase conseguiu golpear Rosem, todavia esta se abaixou e o ataque cortou a pilastra atrás dela.

Rapidamente a loira investiu e enterrou sua espada na perna direita de Sword Man que gritou de dor, depois a jovem perfurou o estomago de seu inimigo, naquele ponto o robô maligno estava irado, ele pegou Rose pelos cabelos e usando seu sabre começou a perfurar a ferida da garota, aquilo era uma verdadeira seção de tortura.

Rose não gritou em nenhum momento e usou suas forças restantes para chutar Sword Man na barriga, este quase caiu no chão, a loira investe com toda sua determinação e vontade conseguindo fazer seu adversário recuar para fugir dos ataques, logo ele encontrava-se encurralado contra a parede, o robô estava sem opção a não ser usar sua espada para bloquear todos os novos ataques da jovem loira.

Rose continuou aumentando a força de seus ataques que estavam deixando Sword Man cada vez mais nervoso e cansado, em um dos golpes, Rose conseguiu quebrar a defesa do oponente, ao perceber isso ela imediatamente desferiu diversos golpes que cortaram várias partes do corpo Sword Man, este apenas gritou de dor, então loira deu o golpe final, uma espadada na garganta, a criação de Willy morreu se debatendo no chão.

Rose fez sua mão voltar ao normal e caiu de costas no chão, ela estava ofegante e moveu sua mão direita para a perfuração causada por Sword Man. Aquilo estava doendo horrores, além dela está perdendo muito sangue artificial, o desgaste físico só piorava tudo.

Logo a loira veio a desmaiar, a criança se aproximou do corpo da garota e começou a chacoalha-la em busca de sinal de vida. Enquanto isso Rose abriu um sorriso de canto e falou bem baixinho:

Rose: Eu provei que vou forte, caso morra, vou morrer feliz, só será uma pena não poder cumprir minha promessa com Rock.

CONTINUA


Notas Finais


O que acharam da primeira (e talvez a única) da Rose?
Será que ela vai sobreviver?
A luta ficou bem feita?
Digam a opinião de vocês nos comentários e até logo meu povo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...