História Megami of The Stars - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Anna Heartfilia, Aquarius, Capricórnio, Erza Scarlet, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Loki, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Virgo
Tags Megami Of The Stars
Exibições 13
Palavras 1.170
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - A conversa


- Desculpe eu não te vi. – ele disse estendendo uma mão em minha direção para me ajudar a levantar.

Pela primeira vez olhei para o homem e vi que ele era loiro, tinha olhos escuros e possuía orelhas de lobo e aparentava ser uns 2 anos mais velho que eu.

- Tudo bem eu também não te vi. – aceitei sua ajuda e me levantei.

Eu estava prestes a agradecer ele, quando ouvimos a voz do meu pai.

- Lucy? É você, querida? – podia vê-lo pela fresta da porta.

- Ah, olá papai. – disse desviando do homem loiro, para vê-lo melhor.

- Venha entre. - ele disse aparentemente não vendo o homem.

- Sim pai. – o agradeci com o olhar, e entrei no quarto. – Então uma empregada me disse que o senhor queria me ver?

- Sim filha, mas antes queria ter lhe apresentado mas você não chegou a tempo...aquele que estava saindo daqui era um dos filhos de Ane, ele se chama Jackal, mas o conhecerá depois.

- O que o senhor queria falar comigo?

- Eu queria ter uma conversa séria com você...sobre o seu futuro...sobre o futuro desse mundo. – eu me sentei na beirada da sua cama.

- Como assim o meu futuro e o futuro desse mundo?

- Filha, é bastante visível que eu não estou na minha melhor forma...e eu sei que morrerei muito em breve, por isso eu gostaria que você fosse a minha sucessora.

- Sucessora? O senhor quer dizer ser a próxima deusa das estrelas?

- Isso filha...você teria que ser treinada mas não se preocupe eu conheço alguém que pode lhe treinar para ser uma grandiosa deusa das estrelas...levariam alguns anos mas você tem muito tempo então nãos seria um problema...

- Mas pai...- eu ia começar a questiona-lo quando ele segurou minhas mãos.

- Tenho que lhe dizer que eu ficaria muito mais tranquilo em partir caso soubesse que o poder das estrelas está em mãos seguras.

- Mas...e a sra. Ane e seus filhos? Por que não eles, que já fazem parte desse mundo?

- Lucy...eu gosto de Ane e de seus filhos mas...sinto que nenhum deles cuidaria tão bem desse templo e do poder das estrelas quanto você, minha filha...um direito mais que justo, já que você é a minha única filha de sangue, então você aceita?

- Eu...

Antes que eu pudesse dar uma resposta ao meu pai, alguém bateu na porta.

- Pode entrar.

- Com licença Jude-sama. – era Igneel. – Tenho algumas cartas importantes para o senhor de outros deuses.

- Ok, filha poderia sair por favor?

- Claro pai. – falei já me levantando da cama.

- E Lucy...

- Sim?

- Pense no que eu lhe falei.

- Vou pensar pai. – segui até a porta e antes de sair disse. – Igneel-san, o senhor sabe onde Natsu está?

- Provavelmente ele está no campo de treinamento Lucy-ojou-sama.

- Ok, obrigada.

Sai do cômodo querendo encontrar Natsu, precisa de alguém para conversar...queria pensar...

"Ser a próxima deusa das estrelas?! Que loucura! É muita coisa para absorver em tão pouco tempo..."

Mesmo querendo pensar, estava determinada a achar Natsu, tanto que acabei andando em círculos pelos corredores do templo. Até esbarrar de novo no filho de Ane, Sting.

- Ei! Nos encontramos de novo.

- É.... - falei dando um sorriso torto.

- Desculpe não me apresentar, eu sou Jackal sou filho de Ane, prazer. – ele estendeu a sua mão em minha direção.

- Eu sei...meu pai me contou, eu sou Lucy, filha de Jude-sama...prazer. – apertei sua mão.

Estava prestes a soltar ela, mas percebi que ele olhava fixamente pra mim.

- Bom...eu tenho que ir, tenho que encontrar com Natsu no campo de treinamento...

- Você está perdida?

- Eu pareço estar perdida?

- É que o campo de treinamento é para a direção oposta à que você estava indo.

- Ah...é que eu não conheço muito bem o templo ainda...- falei lançando um sorriso acanhado.

- Quer que eu te leve até ele?

- Não precisa acho que consigo encontrar sozinha.

- Vamos, não tem problema, não estou ocupado. – ele continuava a segurar a minha mão firmemente.

- Ok...mas pode por favor soltar a minha mão?

- Ah claro...desculpe. – ele soltou minha mão, parecendo meio desconcertado por um momento.

- É por aqui. – Jackal me conduziu pelos corredores, passando por algumas salas e portas de quartos, até finalmente chegarmos no campo de treinamento.

O campo era bem extenso. Havia 2 partes, uma que era realmente campo e outra que era uma espécie de casa muito grande. Entramos pela parte da quadra que havia na parte descoberta do campo, onde alguns homens treinavam, mas nenhum deles era Natsu. Jackal continuou a me mostrar os lugares do campo de treinamento até entrarmos na grande casa.

- Aqui é onde colocamos nossas armas, espadas bastões, pistolas e outras coisas.

- Bem legal.

Ele me falou um monte de outras coisas, quando eu avistei Natsu treinando com um bastão e gritei seu nome.

- Natsu! – ele olhou para os lados e não viu ninguém, só depois de alguns segundos ele me viu e veio até mim.

- Hey Lucy! O que está fazendo aqui? – ele olhou apara mim e depois voltou seu olhar para Jackal.

- Oi Natsu! Eu estava te procurando, seu pai disse que você estaria aqui mas como não sabia como chegar Jackal-san me ajudou. – percebi que Nastu estava sem a parte de cima de seu uniforme, deixando a mostra seu peitoral.

- Ah ele...- Natsu disse visivelmente incomodado. – O que você queria comigo?

- Eu queria alguém para conversar...então pensei em você...

- Porque veio atrás de mim se você já tem com que conversar? – ele disse apontando com o olhar para Jackal, que permanecia calado.

- Natsu por favor...eu só quero conversar com um amigo... – falei cruzando os braços. – Não que você não seja um amigo Jackal-san...

- Eu sei Lucy. – ele disse dando um sorriso de canto.

- Natsu...por favor...é importante...- falei fazendo a expressão mais fofa que consegui. Ele tentou resistir mas acaba cedendo.

- Tá bom Luce, eu não estava com vontade de treinar mesmo.

- Obrigada! – falei dando um pulinho de felicidade e o abraçando. – Obrigada!

- Er...eu acho que vou voltar aos meus afazeres Lucy, foi bom conhece-la. – ele falou olhando de forma um pouco maldosa para Nastu e para mim.

De súbito senti uma onda de vergonha e soltei Natsu.

- Er...desculpe...

- Tudo bem Luce.

- Ei! Eu já disse que o meu nome é Lucy! – dei um soquinho no braço dele.

Ele apenas riu.

- A gente pode conversar assim que eu guardar esse bastão tá?

- Ok. – ele saiu da quadra e foi em direção a casa. Adentrei junto a ele o lugar, que era realmente muito grande, ele foi até uma parte onde eram colocadas as armas, pôs o bastão no lugar, saímos da casa e ele disse. – Então o que quer falar comigo?

CONTINUA...

RECADINHO!

Gente mil desculpas por demorar praticamente 1 ano pra postar outro capitulo, é que o ultimo ano foi bastante corrido e com certeza bem maluco....tive muitas perdas esse ano e foi meio dificil ter animo para escrever mas prometo que a partir desse mês postarei(ou tentarei postar) regularmente! Ainda não sei que dia ficarei postando Megami of the Stars e minha outra fanfic (Miraculous Secret) mas logo mais avisarei à vocês!

bjs e até mais!


Notas Finais


RECADINHO!

Gente mil desculpas por demorar praticamente 1 ano pra postar outro capitulo, é que o ultimo ano foi bastante corrido e com certeza bem maluco....tive muitas perdas esse ano e foi meio dificil ter animo para escrever mas prometo que a partir desse mês postarei(ou tentarei postar) regularmente! Ainda não sei que dia ficarei postando Megami of the Stars e minha outra fanfic (Miraculous Secret) mas logo mais avisarei à vocês!

bjs e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...