História Melhor Lugar (Ziall) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry, Harry Styles, Jake, Jake Bass, Lake, Lemon, Liam, Liam Payne, Louis, Louis Tomlinson, Niall, Niall Horan, Nouis, Nouis Horanson, Zayn, Zayn Malik, Ziall, Ziall Moran
Visualizações 42
Palavras 1.703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores! Tô de volta depois de bastante tempo!
Então eu demorei porque eu operei, e tava meio desmotivada pra escrever!
Mas vamos ao q interessa!

Boa Leitura!!!

Capítulo 17 - Não É O Futuro Que Vai Separar


 ~16 NÃO É O FUTURO QUE VAI SEPARAR.

- OK. Vamos ficar - disse aceitando.

- Mas agora vocês vão voltar a casa de vocês, eu ainda vou ter um tempo na ilha pra me despedir de tudo aqui. Vocês vão ter uns dois dias lá então, expliquem o que tiverem que explicar e se preparem pra vir - Clô disse tranquila se levantando e nos dando as costas. Ela caminhou até a porta a abrindo.

- Clô, pra onde você vai depois? - eu perguntei preocupado - vai voltar pro nosso mundo?

- Não não, eu já sou antiga de mais pra me adaptar ao mundo de hoje em dia meu querido - ela nos olhou uma última vez - todos tem sua hora de morrer, e a minha está bem próxima. Essa também é uma exclusividade que apenas a ilha te dá, você sabe quando sua hora chegou - ela sorriu feliz.

Eu e Nini nos olhamos tristes, mas retribuimos o sorriso a ela. Se ela estava bem e feliz com isso, nós estávamos felizes por ela.

- Adeus meus amores, deem um beijo em Cute por mim - ela fechou a porta e se foi.

De repente tudo se contorceu ao meu redor, e eu via uma mistura de cores e preto. E então estávamos no quarto de Niall novamente, totalmente chocados.

Olhei pra Niall que tinha um semblante tristonho, ele me abraçou e eu retribui ainda mais forte.

- Vou sentir falta dela, mas estou feliz que ela tenha tido uma vida boa e feliz longe desse mundo horrível - ele disse com a voz baixa.

- E nós temos a mesma chance meu amor, vamos poder viver longe desse mundo também. E o melhor, vamos poder criar nosso bebê longe dessas pessoas horríveis que só falam e fazem merda - passei os dedos pelo cabelo de Cute que dormia tranquilo.

- Sim, e isso está me deixando muito feliz - Nini se jogou na cama sorrindo.

- Está feliz com o que mamãe? - Cute acordou já curioso como sempre.

- Vamos ser os próximos guardiões da ilha - eu expliquei.

- O que? - ele ficou assustado com a ideia - não quero voltar pra minha antiga mãe, quero ficar com vocês!! - ele pulou no colo de Nini e o abraçou forte.

- Você vai continuar sendo um menino meu amor, vai ficar com a gente pra sempre - ele o acalmou - Vai crescer, namorar, ter uma família, e a ilha vai nos dar tudo isso.

- Ah, se é assim, então eu quero voltar - ele sorriu pra gente tranquilo.

- Mas agora nós temos que conversar com todo mundo - Nini disse preocupado - vou sentir falta de todo mundo, mas é por uma boa causa.

- Sim, meu amor. De qualquer jeito a ilha precisa de guardiões, e se fomos a primeira escolha, nós com certeza somos os mais aptos a realizar esse papel - levantei da cama deixando um selinho em Nini.

Fui até o banheiro e me arrumei para o meu dia de despedida. Logo Niall foi se arrumar também, e por último nós dois arrumamos Cute.

Decidimos contar aos nossos amigos primeiro, então fomos direto até a casa de Liam. Encontramos apenas ele e Harry ali, e então os contamos que iríamos embora, e voltaríamos a morar na Ilha, explicamos como o tempo lá passa diferente, e que daqui seis anos, eles já vão estar bem diferentes, e provavelmente Cute ainda vai ter a mesma idade. Como já era de se esperar, Liam começou a entrar em pânico, e Harry só sabia chorar.

- Essas férias de vocês vão demorar muito a chegar aqui, então quer dizer que só nos veremos uma vez a cada um, dois anos? - Liam disse com lágrimas nos olhos.

- Sim, Li. - Eu disse, e realmente seria algo difícil de lidar.

- Então daqui uns 20 anos quando eu já estiver com rugas e cabelo branco, você ainda vai ter a mesma aparência de sempre? - ele perguntou - e eu sou obrigado a conviver com isso?

- Liam, não é assim tão ruim - Harry finalmente se pronunciou - se tivermos filho, netos, bisnetos e etc, quer dizer que teremos eles pra cuidar da nossa descendência pra gente.

- Mas a gente não disse que continuaríamos a vir - Nini disse dessa vez.

- Vocês virão. Virão porque vão se apegar aos nossos filhos, e não vão querer deixar de vir visitá-los quando não estivermos mais aqui - Harry disse convicto.

- Realmente, pensando por esse lado, acho que nunca deixaríamos de vir - Nini deu o braço a torcer - mas independente disso, o importante é que nós não vamos deixar nunca de nos amar, não importa o tempo ou distância.

Depois de horas de choro, Harry finalmente conseguiu sorrir. Ele nos abraçou e nós nos despedimos, seguindo caminho até a casa de Louis.

Tocamos a campainha e Lottie nos atendeu, ela disse que o irmão estava no quarto com o namorado. Eu fiquei feliz, pelo menos Louis estava bem, e vivendo o amor que ele sempre quis viver, embora não fosse com Nini, ele não ficaria sozinho.

O explicamos todas as coisas que explicamos aos outros dois enquanto Jake brincava com Cute. Louis parecia em estado de choque, e não expressava emoção nenhuma até acabarmos de falar. Depois de longos dois minutos dele só olhando pra gente sem nem mesmo saber o que falar, ele finalmente começou a mostrar que ainda tinha voz.

- Então, eu perdi vocês uma vez, e agora vou perder de novo? - ele perguntou desacreditado.

- Não vai nos perder Lou, vamos vir aqui visitar você e todo mundo - Nini disse tentando conforta-lo.

- Não Ni - ele abraçou meu namorado, mas eu me contive pois era uma situação totalmente compreensível - eu não quero ficar muito tempo sem minha princesa, minha melhor amiga. Eu sei que tenho o Jake agora, mas não é difícil pra mim.

- Vamos voltar Louis, e aqui vai ser o primeiro lugar que vamos visitar - dei tapinhas em suas costas.

- Tudo bem então, o importante é que vocês vão estar bem e seguros - o moreno enxugou suas lágrimas.

Nos despedimos dos meninos, e fomos falar com a mãe de Nini.

Nini POV.

Chegamos em casa e minha mãe estava como sempre na cozinha. Falamos que queríamos conversar, então fomos todos pra sala, ela chamou Cute pra se sentar em seu colo e o mesmo foi de boa vontade.

Eu adorava ver minha mãe brincando com Cute como se fossem avó e neto há anos, e eu me sentia mal por ter que dar essa notícia a ela.

- Mamãe, nós vamos voltar pra ilha - disse de uma vez, a vendo parar a brincadeira com Cute.

- Voltar, e vão ficar quanto tempo dessa vez? - ela perguntou preocupada.

Me sentei ao seu lado, disse pra Cute ir sentar perto de seu pai e peguei as mãos de minha mãe. Seus olhinhos brilhavam de esperança, mas eu não pude dar a resposta que ela queria.

- Não vamos voltar mãe, vamos ser os próximos guardiões - disse baixo, e então suas lágrimas começaram a descer.

- Vocês são obrigados a isso? - ela perguntou e eu neguei - Então porque vão?

- A ilha nos escolheu, e eu quero ir - passei a mão em seus cabelos - vamos voltar de tempos em tempos e vamos vir te visitar, mamãe. Eu prometo.

- Nini, minha filha querida - ela segurou meu rosto com carinho, e tentou sorrir pra mim em meio às lágrimas - não estava preparada pra me separar de você assim tão cedo. Mas o futuro não pertence a mim, e se você vai ser feliz fazendo isso, então eu entendo e apoio.

- Mamãe, o futuro não vai nos separar. Estaremos sempre juntas de um jeito ou de outro - a abracei forte e logo senti pequenos bracinhos nos abraçar também.

- Eu te amo vovó, vou sempre me lembrar de você - Cute disse a minha mãe, que se desfez em lágrimas depois disso.

Depois de um dia cheio de despedidas, nós subimos para meu quarto e tomamos um banho nós três como uma linda família, até Cute começar com suas perguntas. Eu já sabia que mais cedo ou mais tarde ele as faria.

- Mamãe, se você é minha mamãe, porque tem o corpinho igual o meu e do papai? - ele perguntou confuso, mas dava pra ver que seus olhinhos brilhavam em curiosidade.

Terminei de por minhas roupas, e o chamei pra sentar ao meu lado na cama.

- Sabe meu amor, as vezes as pessoas nascem em um corpo, mas se sentem de forma diferente - olhei em seus olhos, e ele ainda estava confuso - mamãe nasceu com corpo de menino, igual a você. Mas eu não me sinto como um menino, então sou uma menina. Entendeu?

- Entendi sim - ele fez um piquinho e eu vi outra dúvida se formar - e como eu sei se sou menino ou menina?

- Você não precisa saber meu amor. Aqui nesse mundo as pessoas são divididas de formas diferentes. Meninas se vestem de um jeito, menino de outro, meninas fazem coisas diferentes de meninos. Mas eu acho que todos podem ser iguais - dei um beijinho em sua testa - mas se você achar que se parece mais com a mamãe, e gostar mais das roupas da mamãe, e quiser ter um nome feminino, eu vou sempre estar junto de você.

- É, e eu também vou estar sempre aqui. - zayn disse se sentando do outro lado de Cute - e quando você crescer, e gostar de alguém, também não vai importar de esse alguém for menino ou menina. O que importa é que você se sinta bem e feliz com o que estiver fazendo.

- Tudo bem, eu já entendi tudinho! - ele deu um sorriso, e eu sorri também. Ele parecia tanto com Zayn, que até dava medo.

 Acabamos de conversar e fomos todos dormir. O dia de amanhã vai ser realmente ótimo!


Notas Finais


Então amores, tenho uma má notícia (eu acho). Esse é o penúltimo capítulo! Eu sei que eu disse que teriam mais alguns, mas desde que eu voltei a escrever essa fic, ela não tem ficado do jeito que eu imaginei anos atrás. Então achei melhor terminar logo do que ficar enrolando em algo sem sentido!

KandyKisses c:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...