História "Melhores amigos" - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 49
Palavras 872
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Agora eu tô de fériaaaasssss. Aeeeoooo. Vai dar pra postar muito.

Capítulo 23 - Eu também choro de noite


←←Arthur→→

-Que lindo vocês dois...-disse na saída do cinema.-Gostei de ver vocês se pegando...

-Arthur ninguém te obrigou a vir no cinema com a gente, e muito menos sentar ao lado do Guilherme...

-Eu pensei que vocês iam só assistir o filme. 

-Que inocência Arthur.-Guilherme diz sarcástico. -E você ainda senta do meu lado, só pra piorar.

-Bem que vocês podiam parar de brigar.

-Acho que você nem lembrou da minha existência hoje naquele cinema Letícia. 

-É Letícia, eu até gostei, mas foi muito ruim o que você fez com o Arthurzinho...

-Guilherme! Nós estamos começando a nos entender.-digo.

-Daqui a pouco vocês são um casal.

-Nossa Letícia, tô morrendo aqui. Hahahahahaha.-eu falo e Guilherme começa a rir.

-Vamos comer alguma coisa na praça de alimentação? -Guilherme diz ainda rindo.-É lógico né? 

Sendo assim nos dirigimos a praça de alimentação, pegamos nossos lanches e sentamos em mesas disponíveis. Eu e Guilherme nos demos bem, até melhor do que eu esperava, ficamos conversando sobre coisas aleatórias, até Letícia entrar no meio.

-Vocês começaram a conversar e me deixaram de fora. 

-Foi mal aí Letícia. -Guilherme mais uma vez responde. 

-Foi mal não, foi péssimo. 

-Letícia, você não cansa de ser o centro das atenções não?-eu falo sarcástico. 

-Que audácia Arthur.-Guilherme diz, também irônico.

-Vocês dois pararam de se atacar, pra me atacar? 

-Você acha mesmo que a gente vai brigar por você pra sempre?-Guilherme completou e eu ri muito. E ela ficou incrédula. 

-E outra do que vai adiantar a gente brigar,se você não se decide mesmo, tanto faz.-eu respondo.

-Nossa, gente, tinha muita coisa encurralada aí, hein? Só isso?

-Quer mesmo que a gente fale mais?-falo olhando pro Guilherme, se segurando pra não rir.

-Voltem a conversar mesmo...

-Tadinha não aguentou...-Guilherme disse.

-Até você Guilherme? Não aprovo você e o Arthur juntos.

-Quem disse que você tem que apoiar alguma coisa? Eu gosto de você pra caralho, mas as vezes, como agora você se acha demais, aí não tem como te defender.-ele diz, e ela não fala nada, eu só no meu lugar rindo.

-Cara...-e começo a rir.-Por que a gente não virou amigo a mais tempo? Guilherme, melhor pessoa.

-Pelo amor de deus Arthur.-Letícia disse. -Eu não falo mais nada.

-É por que não tem mais argumentos?-foi a vez de Guilherme.-Tão cedo...mas na verdade foi você que apelou, eu tava indo só na brincadeira, mas...

-Eita.

-Fica quieto aí Arthur. E sim Guilherme, não tenho mais argumentos, e podem parar...

...

-Por que você ficou do lado do Guilherme, Arthur?-Letícia perguntou, agora nós já tínhamos chegado na porta de casa.

-Porque você é desse jeito as vezes, você se aproveita de nós, e acha que só porquê a gente gosta de você, tem que fazer tudo o que você quer. Por isso fiquei do meu lado. 

-Nossa.

-Você se esqueceu? Eu sou a prioridade da minha vida, você vem depois.

-Arthur. Pesado.

-Palavras suas, eu só adaptei pra mim.

-Cala a boca.-e entrou.

Eu entrei logo depois, mas a cena que eu vi não eram das melhores, a mãe dela estava chorando, o pai dela estava chorando, e a Letícia estava só tentando entender.

-Mãe, pai o que aconteceu? 

-Sua, sua tia Dayana, ela, ela...-a mãe dela não consegue completar. 

-Não, não me diz que o que eu tô pensando é verdade. Por favor...

-Ela morreu.-nesse momento eu vi a Letícia se paralisar, ela ainda estava em choque tentando entender, mas quando entendeu...ela desabou no chão,e começou a chorar, o engraçado disso tudo, é que eu nunca vi ela chorar, então corri para consolar.

-Letícia, vai ficar tudo bem.-e a abracei.-Pode ter certeza, vai ficar tudo bem...

-Não Arthur.-disse chorando.-Não vai ficar tudo bem...as pessoas dizem isso, mas elas mentem, não vai ficar tudo bem, eu perdi a minha tia, a minha tia, cara, a pessoa que eu mais amo nesse mundo.-e saiu, eu tentei ir atrás,as achei melhor não. 

Quando não aguentei mais, subi para procurá-la, e ela estava no quarto de hóspedes, rindo e chorando ao mesmo tempo.

-Letícia? Pode entrar?-enxugou as lágrimas, e concordou. Sentei no chão do lado dela e fiquei parado sem falar.

-Sabe, agora vem tantas lembranças boas, tantas ruins, é tão bom e ruim relembrar tudo e ruim de saber que isso nunca mais vai voltar...-só fiquei escutando.-E sabe uma outra coisa que acabei de lembrar? Não foi meu pai que me ensinou a andar de bicicleta, foi minha tia.Coitada, teve tanto trabalho...-nós dois rimos.-Foi ela também que me ensinou a ler...aí, tem tantas coisas...-se segurou pra não chorar.-E sabe, quem foi a primeira pessoa que soube de você? Foi ela também.-ela contou mais muitas coisas, e realmente a tia dela pra ela era tudo, ri de muitas coisas, quase chorei muitas vezes.-Mas sabe? Talvez a vida seja só isso, lembranças...e talvez, realmente o que mais importa pra todos nós, são as lembranças de quem amamos, e quando essas pessoas se vão, uma parte de nossas lembranças voltam pra tentar amenizar a dor desse vazio que fica em nós...-e chorou novamente. Ficamos calados novamente, abraçados um ao outro.

-O que aconteceu com sua tia? 

-Câncer, ela morreu de câncer, e eu estou triste, eu vou chorar muito, mas foi melhor pra ela.-enxugou as lágrimas, e se arrumou.-E, eu costumo chorar de noite, caso você escute alguma coisa.-e foi saindo, mas eu a chamei.

-Letícia. Também costumo chorar de noite, caso você escute.-e por um momento pude ver um sorriso em seu rosto.


Notas Finais


Estava lendo minha fanfic aqui de novo, e cheguei a seguinte conclusão:nos diálogos eu escrevo fica bem confuso, é difícil imaginar quem está falando, mas é pq na minha cabeça eu sei, ai eu n coloco. Vou melhorar nessa parte e em todas as outras.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...