História ''Melhores Amigos'' - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 20
Palavras 899
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Gente outra vez não cumpri com a minha meta. Me desculpem, mas a Internet não estava das melhores...

Capítulo 24 - Fernanda?


←←Arthur→→

Eu não sabia o que fazer, o que falar, eu me sentia ao mesmo tempo feliz e triste, ela ainda gostava de mim, mas é apaixonada pelo Guilherme. Eu não sabia o que falar, então respondi:

-Legal, muito legal.

-Só isso que você tem pra me falar Arthur? Pensei que ia falar algo mais.

-Letícia, o que você quer que eu fale? -perguntei-"Nossa que legal que você é apaixonada pelo Guilherme, e se sente atraída por mim. Segue seu coração querida."

-Arthur, eu já disse que não sou sua querida...

-Volta a conversar com o Guilherme, que você ganha mais.

-Nada disso, você ainda tem que falar algo.-ela disse, e pior que tinha esquecido do nosso acordo mas agora tinha que fazer.

-Então vamos lá,-juntei toda minha coragem e comecei a falar.-O que eu queria te dizer no momento, é...-tinha milhões de discursos prontos, milhares de coisas que eu queria falar, mas só saiu-Me dá uma chance?-falei, e ela só olhou pra mim, e voltou a ver TV.-Letícia!

-Arthur, você sabe muito bem a minha situação. 

-E você também sabe a minha.-resmunguei e voltei pra televisão. 

-Arthur.-não dei ouvidos.-Arthur, esse é o seu problema, se não fizer o que você quer, você fica emburrado.-já ia retrucar, mas ela me cortou.-E o pior, não aceita críticas...Pior tipo de pessoa.

-Cala a boca.-cochichei, ela ouviu e riu.

Esse foi o último som que pode se ouvir naquela sala, só tinha o barulho da televisão mesmo. Ficamos assim até os pais dela chegarem e fomos almoçar. 

-Mamãezinha, umas amigas minhas vão vir aqui hoje.

-Como assim Letícia? Cadê minha permissão?

-Podem vir papai? 

-Letícia, eu disse minha, permissão da Heloísa. 

-Podem filha, agora sou eu o Robson que deixou.-eu pude ver que os pais dela estavam brigando internamente.

-Mas ninguém vai estar aqui. Como eu vou fazer os lanchinhos? 

-Eu consigo. 

-Se comportem, e pode, então...

Depois disso, eu só me lembro de ter sentado no sofá, e fechar os olhos. E pelo visto eu dormi muito, sim eu era um hóspede naquela casa e dormi no sofá, se minha mãe visse isso... 

Quando acordei eram umas 14:00, com certeza as amigas dela já tinham chegado, então resolvi subir.

Cheguei lá, a porta estava fechada, mas eu queria saber o que elas estavam conversando, isso é errado, eu sei, mas queria. Tive que ficar bem perto da porta, pra ver se pegava um pouco, e consegui.

"-...eu esqueci que vocês não devem conhecer ele.-Letícia disse.

-Até porque quando nós chegamos ele tava dormindo. Então qual o nome dele? -uma voz desconhecida por mim falou.

-Arthur. Ele é meu melhor amigo, e não sei...Acho que vocês não conhecem ele porque ele morava no Mato Grosso.

-Fugindo do assunto, como a gente chegou nesse assunto? Porque pelo que eu me lembro, nós estávamos falando sobre séries...-a terceira voz entrou, mas essa eu sentia que conhecia, só não sabia de onde.

-"Tudo bem amar os dois, eu amei.", não te lembra nada? Esqueceu que a gente tava falando de The Vampire Diaries? E o caso de Katherine e Elena serem quase o mesmo da Letícia?-a segunda voz falou de novo.

-Poxa Júlia. Eu esqueci.

-PÔ Fernanda. Vacilo hein.-essa era a Letícia.

Eu não aguentei de curiosidade, e entrei.

-Olá pessoas!-meu olhar se encontrou com outro,e não era o da Letícia, e sim o da Fernanda.

-Arthur? O que você tá fazendo aqui?-Letícia disse, e percebeu meus olhares sobre Fernanda.-Vocês se conhecem? 

-Longa história Letícia.-respondeu Fernanda. 

-Eu quero saber, contem. Por favor.-a outra retrucou, acho que era Júlia seu nome.

-O pai da Fernanda é dono de uma rede de supermercados que o meu pai é gerente.

-Então, nas férias, meu pai visitava uma das lojas, ele meio que sorteava.-disse metida.-E essa loja foi a que o pai do Arthur trabalha, assim eu resolvi ir com meu pai, e conheci ele.

-O que aconteceu, vocês não precisam saber, nós viramos muito amigos, até hoje trocamos mensagens.-mostrei meu celular pra elas. Fernanda foi meu primeiro amor, nos vimos umas duas vezes, mas demos certo, então tinhamos meio que um namoro virtual, até eu descobrir que ela começou a namorar, depois ficamos só na amizade mesmo.-Você ainda tem namorado Fernanda? 

-Eu terminei com ele. E fiquei sabendo de muitas notícias suas...

-É, quem disse que ia ser fácil?-ela riu, e relembrei de todos os nossos poucos momentos, e assim ri também. 

-Laços fortes os seus né?-Júlia disse.

-Nós também estamos aqui, viu? 

-Tá com ciúme Letícia, fica tranquila que eu não roubo namorado dos outros.-Fernanda falou sarcástica.-O que você tem, hein garota? Eu também quero.

-Como assim roubou namorado? Eu não entendi Fernanda.

-O Guilherme era namorado dela.-respondeu Júlia. 

-Quê? Como assim gente? O que eu e o Guilherme temos? E que mundo absurdamente pequeno. 

-Nós todos eramos da mesma sala do 4ºano até o 8º,o ano que eu e Fernanda mudamos de escola.

-Mas eu comecei a gostar do Guilherme, e eu sabia que ele gostava da Letícia, mas...e outra, não me importo com isso dela estar gostando dele, já passou o que tinhamos...

-Meu deus, o Guilherminho teve um passado amoroso...

-Mudando o assunto novamente, Tuts, você cresceu, tá até bonitinho agora...

-Tuts? -Letícia resmungou.-Que lixo...-a fuzilei com um olhar, eu já tinha até me esquecido como a Fernanda me chamava de Tuts, e como eu amava.-Tá bom. Não falo mais nada.

Passamos o resto da tarde conversando, e foi ótimo, estava até com saudade da Fernanda. Não sentia mais nada muito significativo com ela, só como se ela fosse uma irmã pra mim, mas pra mim a Letícia também era uma irmã...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...