História Melissa Vandella Sob Minha Pele - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avril Lavigne
Tags Avril Lavigne, Chavril, Evril, Melissa Vandella, Substituição
Exibições 15
Palavras 823
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!
P.S.: leiam as notas finais!

Capítulo 7 - Inside My Head


Fanfic / Fanfiction Melissa Vandella Sob Minha Pele - Capítulo 7 - Inside My Head

-“Cause you know we’ll make it through, we’ll make it through…”

Reabro os olhos, encarando o papel com a música “Keep Holding On” na minha frente. Sim, a última música, que eu ia, na ordem do disco, vendo se eu conseguia cantar sem olhar, forçando a voz para se parecer pelo menos um pouco com a da Melissa. Parecia que eu tinha conseguido cantar a última estrofe sem errar uma palavra sequer, assim como o resto da música. Na verdade, não foi tão difícil decorar esta, porque eu gostava bastante.

Levantei-me da cadeira elegante que ficava próxima á mesa e subi as escadas. Resolvi futricar um pouco o celular da “Maddie”, atrás de, não sei, alguma música no bloco de notas ou alguma informação crucial sobre algo pessoal, para que eu não levantasse suspeita. Após desbloquear a tela com apenas um deslize, a fotografia no papel de parede formou um nó na minha garganta.

Era a antiga dona de seu celular e seu melhor amigo, Evan Taubenfeld. Estavam de braços dados. Evan usava óculos de armação escura e continha o semblante sério. Melissa, por sua vez, sorria enquanto usava um vestido esvoaçante.

Eles eram melhores amigos. E eu a substituí. Evan certamente me odiaria por isso.

Rosnei de raiva e joguei o celular no colchão. Voltei para o closet de Vandella, para pegar o que realmente me interessava: aqueles cadernos.

Folheei todos, todos estavam preenchidos. Foi quando percebi que se tratava dos diários dela. Eu não estou pronta pra isso ainda.

Quando finalmente encontrei uma folha branca, arranquei do caderno e o usei como apoio.

Evan disse que minhas composições eram boas. Espero que ele esteja certo.

Rabisquei os trechos com tanta força que foi de se admirar que não tenha furado o papel. Eu sempre fazia músicas para extravasar tudo o que eu sentia, desabafar, passar meus pensamentos para um papel. Eu me sentia sempre muito melhor e mais leve quando acabava de fazer alguma música sobre o que eu sentia.

No final, depois de tanto refazer algumas linhas, eu li tudo e gostei do resultado. Desabafo, do jeito que eu gostava. Comecei a pensar num nome, e oscilei entre Inside My Head ou Take Me Away.

Procurei uma melodia para a música no meu violão. Não ficou muito boa... Talvez eu peça ajuda ao Evan depois.

Foi quando meu celular tocou. Parei, o olhei e atendi.

-Alô?

-Avril, você tá pronta?

-Pronta pra q... Ah, é, a apresentação de hoje.

-Não me diga que você esqueceu!

-Só por alguns segundos, mas estou arrumada.

-Ótimo. L.A Reid estará indo buscar você daqui a pouco.

-Okay, obrigada pela informação.

Ele desligou e eu olhei meu reflexo no espelho.

Um cabelo loiro-escuro solto um pouco abaixo do ombro, uma blusa branca onde se liam os dizeres em dourado “Hey Hey, You You, I don’t like your girlfriend!”, uma bermuda negra e saltos de plataforma branca de fivelas da mesma cor das letras da blusa. É, eu me parecia com ela. Muito.

Especialmente agora.

Empinei o nariz, tentando ao máximo me sentir bem. Tentei colocar em minha cabeça que eu era a Melissa Vandella.

Saltitei até a cozinha, e bebi um copo d’água para me acalmar um pouco. Assim que pousei o copo de vidro na pia, ouvi algo... Uma melodia?

Quando reconheci a voz, um arrepio me subiu á espinha. Virei-me automaticamente, e me arrependi demais.

Era a garota morta a quem eu estava substituindo, pendurada pela mesma corda daquele dia. Porém, agora era diferente. Os cortes vermelhos e sangrentos resultantes da auto-mutilação pareciam, agora, em estado de putrefação, assim como outros pedaços da pele branca. Os olhos foscos dela pareciam me encarar, arregalados, enquanto ela cantarolava o refrão de When You’re Gone.

Soltei um grito estridente, e saí da cozinha com a velocidade de um relâmpago. Nem ligava para onde ia, só queria fugir do ectoplasma.

Ao chegar no gramado exterior á mansão, trombei com alguém o que me fez dar mais um grito e cobrir a cabeça com os antebraços.

-Me deixe em paz, por favor! Desculpe! Faço qualquer coisa para que me perdoe, mas não me machuque! – murmurei.

-O quê? O que você disse? – era Evan, que havia chegado há pouco tempo, com os outros integrantes da banda e L.A atrás.

-Ela estava lá. Ela vai me perseguir! Eu vou morrer! – sussurrei.

-Hey, calma! O que foi? Parece que viu um fantasma! – seus olhos claros deixavam claro sua preocupação.

-E vi. Eu vi. Eu vi a Melissa!

Ele se acalmou, com um suspiro. As outras três pessoas conversavam ao portão, e pareciam deixar claro que não nos ouviam.

-Ah, fala sério...

-Evan, por favor!

-Escuta, você tá delirando. Fantasmas não existem.

-Mas eu vi...

-Tanto faz. Entra no carro do L.A, que eu vou lá pegar um violão da Maddie.

Arregalei os olhos de pânico, porém evitei agarrar seu braço. E, trêmula, me afundei no assento de trás do carro preto.


Notas Finais


meeeeedo...
enfim! Sabem Take Me Away, primeira faixa do UMS? Aki a música se chama Inside My Head (um nome bem bosta, mas fiz meu melhor), mais pra frente vão entender pq.
Bjs e até o próx cap! (comentem!)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...