História Memórias e melodias. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 17
Palavras 1.857
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


minhas capas não tem nada a ver com os meus caps só pra deixar claro msm.


mais e ai como é que seis tão? tomara que bem ^^ me desculpa mesmo pela demora dos caps, é que eu sempre tento trazer o melhor pra vocês e esse vai ser o meu principal intuito então eu espero que vocês entendam😊 e eu queria compartilhar com vocês que... EU FINALMENTE GANHEI UM CELULAR NOVO DJANSKAJSKSKEDJ enfim... perdoe os erros e tudo mais e...


boa leitura☕

Capítulo 4 - Posso te tocar?


Fanfic / Fanfiction Memórias e melodias. - Capítulo 4 - Posso te tocar?

- sim, meu dongsaeng.

O jeito possessivo do mais velho já  estava começando a assustar demais o ruivinho, sabia muito bem do que pessoas possessivas eram capazes pois tinha experiência própria no assunto de tanto conviver ao lado de Yoongi.

O pequeno secretário, observava cada detalhe de seu chefe e de como ele agia, parecia soar meio pscicopata, mais depois o mesmo foi se acostumando com o próprio comportamento repentino aos poucos.

- hyung, eu posso fazer uma ligação? - falou tirando seu celular da bolsa de couro marrom.

- claro, eu vou lá encima preparar algumas coisas para você.

Foi ai que o pequeno se assutou de verdade, ele pensou que o mais velho estaria lhe gozando a ficha ainda não tinha caído de que seu próprio chefe havia lhe convidado para passar a noite em sua casa.

Arregalou um pouco seus olhos por instinto e engoliu seco um pouco preocupado, não queria de jeito nenhum que alguém soubesse que ele iria passar a noite na casa de seu chefe, ao ver dele, muitas pessoas poderiam confundir isso, e o que ele mais temia era misturar a sua carreira profissional com a pessoal.

- hyung, olhe, a chuva já está à passar... - sorrio um pouco esperançoso e guiou seus olhos para a janela logo perdendo as forças de seu sorriso e abaixando sua cabeça automaticamente ao perceber que o pé d'água que caia só tinha ficado pior.

O mais velho sorriu de canto e subiu as escadas que davam acesso ao segundo andar daquela imensa casa, onde ficava os quartos e banheiros principais.

Discou o número da única pessoa que poderia lhe ajudar naquele momento e esperou apostando todas as suas fichas em seu hyung.

- alo?

- hoseok vem me buscar.

- o que? Jimin? Já era pra você estar aqui, onde você está toco de amarrar jegue?

- hyung não me chame assim, a culpa não é minha se você que é alto demais, apenas me ajude, não importa onde eu estou.

- Jimin não posso te ajudar se você não me falar onde está.

O mais novo ainda estava hesitando em contar, do jeito que hoseok era, poderia pensar em malícia, e isso, era o que ele mais temia.

- tudo bem hoseok, mais você tem que prometer que não vai pensar em duplo sentido.

- porque eu pensaria? eu tenho motivos para pensar? - o mais velho perguntou sugestivo.

- talvez, mas... eu estou na casa de meu chefe...

Um silêncio predominou na ligação e o que poderia ser ouço depois de algum tempo foi a respiração pesada de hoseok.

- Jimin você vai ficar ai.

- o que? você não pode fazer isso... você tem que vir me buscar... - falou o mais novo um pouco alto e finalmente parando no lugar.

- você sabe o que eu estou fazendo agora?

- não, mais você ta com voz de quem fez sexo...

- como você sabe uma voz após o sexo se ainda é virgem?

Jimin corou automaticamente, ele sabia muito bem que não deixava de ser verdade, mas era uma verdade que ele se envergonhava demais e odiava quando hoseok jogava aquilo na sua cara pois oportunidades para ele foi o que não faltaram. Porém, na visão do ruivo, ele não se sentia seguro, ele se sentia violado e totalmente ofendido em horas mais quentes como as que já teve. Nunca se sentiu confortável com ninguém, e era isso que ele buscava, alguém que lhe fazia sentir confortável.

- eu apenas... pensei hoseok não importa como eu sei, por favor, venha me buscar.

- Jimin você sabe que eu posso morrer lá fora né? está chovendo muito, e está tão frio... porque não aproveita que seu chefe ofereceu o próprio teto para você? olha, se está com medo de que aconteça algo apenas fique calmo, porque não vai ok? está tudo bem pequeno bebê... - o mais velho rio ao chamar o dongsaeng de seu apelido e Jimin revirou os olhos.

- ok hoseok, tudo bem, você literalmente é a minha esperança... - rio e desligou a chamada.

Jimin respirou fundo e foi com o seu celular em mãos até a escada em passos lentos e curtos.

Subiu deslizando suas mãos pelo corrimão lentamente enquanto observava cada detalhe do andar de cima que ia aparecendo aos poucos a medida que ele subia os degraus.

Assim que subiu por completo, pode ver o quanto o andar de cima parecia um labirinto, totalmente cheio de portas fechadas mais apenas uma estava aberta.

Foi com um pouco de receio até essa porta e viu Yoongi um pouco inclinado -por ser um pouco alto- concentrado separando algumas roupas.

Observou cada detalhe do mais velho pode perceber o quanto Yoongi estava atraente naquela roupa que usava e em quanto aquela blusa social branca de botões caía bem nele... não que o mais novo não tenha notado antes...

Entreabriu um pouco os próprios lábios enquanto seus olhos deslizavam pelo corpo de Yoongi e até morder o seu próprio lábio durante a ação.

Balançou um pouco a cabeça se livrando de uma vez daquele transe quando o mais velho se pronunciou.

- sou tão atraente assim? - Yoongi soltou uma risada baixa sem tirar seus olhos das roupas que separava com bastante cautela.

- não é que... eu, só estava te observando, sou observador... - corou levemente e sorrio um pouco sem jeito.

- ok tudo bem então... agora você tem que entrar no chuveiro de água quente... a não ser que queira ficar gripado... - disse o esverdeado pegando as roupas que tinha separado e as entregando para Jimin. - tome banho, se vista e desça para jantar... e por favor não demore... - falou se aproximando do pequeno que recuou um pouco. - você sabe que odeio atrasos. - sussurrou para o mais novo e fechou a porta do quarto logo depois de sair, deixando ali um Jimin totalmente arrepiado e corado.

Respirou fundo e entrou no banheiro passando a chave duas vezes quase dando a terceira volta.

Passou a mão em seus cabelos puxando alguns fios alaranjados para trás ao se olhar no espelho.

Não demorou muito e se despiu logo entrando debaixo do chuveiro de água morna enquanto ouvia Yoongi xingar o alfabeto de A a Z lá de baixo.

Jimin apenas ria daquela situação, nunca tinha ouço seu chefe xingar e já tinha conhecido mais palavrões para insultar hoseok caso ele irritasse Jimin.

Enquanto Jimin tomava banho, Yoongi foi preparar o jantar mais acabou cortando seu pé pois esbarrou no ralador o fazendo cair encima de seus dedos do pé.

Gritou palavrões de A a Z e até inventou alguns mesmo sabendo que xingar não iria adiantar nada, a merda estava feita.

Com muita dificuldade, viu que não iria dar certo fazer o jantar naquele estado, seu pé doía muito mesmo com o curativo que havia feito.

Resolveu que iria comer comida congelada com Jimin e pediu desculpas mentalmente para o mais novo por causa disso. Mas, o que estava acontecendo? Como pode ser tão descuidado e distraído? Yoongi nunca foi assim, sempre cozinhou bem, mas hoje, ele estava mais disperso que o normal, estava começando a se estranhar.  Talvez ele estaria nervoso por causa da presença de Jimin? Não, negou isso a si próprio várias vezes mentalmente e se recusou a acreditar nisso. Jimin era uma pessoa normal como todas as outras, não tinha cabimento o mais velho se sentir nervoso por causa dele.

Se libertou de seus pensamentos quando ouviu o mais novo se pronunciar.

- o que aconteceu aqui? - perguntou Jimin com os olhos arregalados ao ver um pouco de sangue e o ralador que levou consigo com um pouco de legumes para o chão.

- é que eu me cortei e... - o mais velho perdeu a fala ao observar Jimin de cabelos molhados e bagunçados apenas com uma box e uma camisa social que o mesmo havia lhe emprestado branca. O olhou de cima abaixo e mordeu o lábio inferior automaticamente. - Jimin eu deixei uma bermuda pra você usar... porque não está usando ela?

- ah sim... é que ela ficou muito larga em mim, você usa roupas muito largas hyung... - respondeu rindo. - tem algum problema eu ficar assim? - o mais novo perguntou um pouco receoso.

O mais velho tentava se segurar, queria agarrar Jimin ali agora mesmo, queria poder deslizar suas mãos naquele corpo que parecia ter sido esculpido por anjos, mais acabou não aguentando e o resultado desses pensamentos impuros, foi uma ereção.

Jimin viu que o mais velho não sabia o que falar até que algo o chamou a atenção.

Olhou para a ereção e arregalou os seus olhos logo sentindo suas bochechas esquentarem.

- acho que vou dar um jeito... - sorriu mais corado que o normal e saiu dali as pressas logo indo para o quarto de Yoongi e fechando a porta deixando um Yoongi na cozinha sozinho carente por atenção.

Olhou para baixo e sabia muito bem que teria que dar um jeito naquilo.

Levou suas mãos vagarosamente até o seu membro ainda coberto pela calça e soltou um gemido baixo logo fechando seus olhos.

Quando ia começar a se tocar de verdade, sentiu uma presença ali na cozinha e abriu os olhos imediatamente logo vendo o ruivo encostado na porta.

- olha... e-eu posso dar um jeito nisso p-para você se quiser... - disse o mais novo ainda corado enquanto brincava com seus dedos.

- se você me tocar... eu posso te tocar depois? - Yoongi perguntou fazendo Jimin se encolher um pouco.

- de que jeito você quer me tocar? - perguntou o mais novo se afastando até sentir a parede em suas costas.

- eu posso demonstrar melhor do que explico. - Yoongi respondeu o prensando na parede perdendo sua sanidade por completo.

- hyung... somos colegas de trabalho, você é meu chefe, e eu o seu secretário, o que as pessoas iriam pensar?

- se você não abrir essa sua linda boquinha ninguém vai saber... - respondeu seu hyung um pouco rouco colocando o seu polegar na boca do pequeno.

Jimin estava sem saída.

Engoliu seco e respirou pesado e com dificuldade devido a aproximação de Yoongi.

- eu tenho trabalho a fazer Yoongi, eu... eu... n-não posso...

- apenas diga que você não quer e eu te deixarei em paz... - interrompeu Jimin.

Um silêncio horrível tomou conta da cozinha e Jimin pensava com um pouco dificuldade na resposta.

Seu cérebro dizia sim, seu coração dizia sim, seu corpo dizia sim... não tinha o porque de não aceitar.

- Yoongi eu... me demonstre como você quer me tocar... - disse fechando seus olhinhos com força com medo do que poderia vir a seguir.

Foi ai que Yoongi percebeu que estava forçando Jimin a fazer uma coisa que ele não estava pronto, ou simplesmente, não queria.

Percebeu que Jimin nunca tinha sido tocado de uma maneira diferente, pois qualquer pessoa teria entendido a sua proposta.

Arrependeu-se amargamente e se afastou do pequeno se curvando.

- me desculpa saeng, não acontecerá novamente.


Notas Finais


vocês acharam que ia ter lemon assim, no segundo capítulo? KKKKKKKKKKKK não.


desculpa pelo troll eu sou uma cuzona mesmo eu sei, na verdade eu to rindo pra não chorar KKKKKK e também por causa do troll.


amo vocês e desculpa pela demora, vou tentar postar com mais freqüência, eu prometo de dedinho.



comentem💤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...