História Memórias em um diário 2Jae - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae
Tags 2jae, Jinson, Markjae, Markjin
Visualizações 30
Palavras 2.098
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uma história escritá quando a bad bateu.

Capítulo 1 - Capitulo Único


Fanfic / Fanfiction Memórias em um diário 2Jae - Capítulo 1 - Capitulo Único

 

 

 

 

 

YoungJae POV

 

Era um dia chuvoso, nesse dia aconteceu tanta coisa, fazia um mês que eu era tao feliz, e fazia 3 horas que eu não parava de chorar, eu estava na casa dele, vendo tudo que um dia foi nosso, e tudo que eu um dia chorei por deixar pra trás, eu passava por todos os comodos lembrando de cada lembrança, cada lugar que a gente já se tocou, e fui pro lugar, o lugar que fez tudo desabar, nosso antigo quarto, jinyoung havia me dado um livro, da sua autoria, jinyoung me disse que era seu diário e era Pra mim ler, e foi o que eu fiz, eu o li, e queria não ter o feito, mais La estava eu lendo o seu diário, cada letra do seu sofrimento que eu nunca soube que voce tivera.

 

--------------------------------------------------------------------

 

My diary

 

Dono: IM JaeBum

 

--Memorias de Im JaeBum--

 

''Já tinha feito fazia um mês, um mês que ele se foi, um mês que eu não parei de chorar, um mês que ele esta de compromisso com outro, a um mês os meus amigos não saem de casa tentando me fazer sorrir, porque youngjae? Porque me abandonaste? Porque simplismente me trocou por um qualquer, ou melhor porque me trocou pelo meu amigo? Porque o Mark? Porque escolheu ele em vez de mim? O que ele tem que eu não tenho? Corpo? Beleza? Amor? Eu te dei todo meu amor, e você me deixou, sei que fui grosso quando você veio todo feliz pra me mostrar uma coisa, e isso te abalou, mais eu não sabia, não sabia que aquele era nosso aniversario de 7 meses de namoro, que poderia ter durado mais se eu não fosse tao idiota, me desculpe, por te fazer chorar aquele dia.

 

FOI TUDO NAQUELE DIA, o dia que acabou com a minha vida.

 

- 8, de dezembro de 2014-

 

Havia acabado de chegar do serviço e estava de cabeça cheia, tinha acabado de ser demitido e tinha bebido muito após sair do meu antigo local de trabalho, já exausto chego em casa, chego fazendo um grande barulho, via que você estava vindo ao meu encontro, não via seu rosto mais sabia que estava sorrindo, tiro minha blusa de costas pro meu pequeno, ele começa a me puxar.

 

- Jae, vem ver, tenho uma coisa pra você amor, vem, vem.

 

Estava tao de cabeça cheia que me soltei das suas mãos que me puxavam pro nosso quarto, você me olhou sem entender, e eu segui pra cozinha você percebeu meu estado e ficou cabisbaixo, mas tentou do mesmo jeito me levar pro quarto, e meu maior erro foi não ter ido La com você.

 

- Jae, esta tudo bem? Aconteceu algo? Vamos La no quarto, tenho algo pra você, a gente aproveita e conversa, vamos amor?

 

Você falava tão calmo que me deixava em paz, mas minha cabeça estava tão atordoada que você pegou minha mão e eu a apertei logo a jogando pra longe, você me olhou assustado, e com medo, pela primeira vez seu olhar era de medo pra mim.

 

- SAI DAQUI YOUNGJAE, NÃO VE QUE EU NÃO TO BEM? NÃO ESTOU BEM PRA CONVERSAR, SERA QUE FICOU CEGO? PRECISA DE OCULOS? QUE PENA NÃO POSSO PAGAR UM PRA VOCE, ESTOU SEM EMPREGO.

 

A única coisa que você fez foi me abraçar mais eu o empurrei, você chorou e chorou muito, pois eu tinha lhe prometido que nunca mais ia beber, e eu bebi, você jogou tanta coisa na minha cara que com o meu estado, eu bati em você, eu te machuquei, e você saiu chorando de casa, você foi pra casa dele, do Mark, um amigo bem próximo seu, so que também era meu amigo, ou eu achava que era, ele namorava um menino, um tal de jinyoung, o chamavam de Junior, você não voltou pra casa, e eu fui ver o que tanto queria me mostrar no quarto, esse dia eu chorei, acho que ate me desidratei, nosso quarto estava cheio de fotos nossas, com flores e varias coisas bonitas, na cama tudo, e ainda tinha uma caixinha na cama, eu a abri e La tinha uma carta, você tinha escrito uma carta pra mim, e junto a ela você me deu um colar, nele estava escrito nossos nome, eu chorei lendo sua carta, você dizia que me amava, e aquilo foi horrível pra mim, você voltou pra casa e eu tentei te abraçar mas você me empurrou, me disse que ia embora eu chorei mas você apenas me ignorou, disse que ia morar com o Mark e com o namorado dele, se eu soubesse que isso o tiraria totalmente de mim eu não deixava, você se foi, se mudou pra china com os dois, 3 meses depois, o namorado de Mark terminou com ele pois viu o mesmo aos beijos com você, ele veio ate mim e chorou eu chorei junto, ele se mudou pra minha casa e me trata como um filho, e agora ele namora um menino que virou meu melhor amigo, Jackson, esse era o nome dele, Jack se mudou pra minha casa e com ele trouxe seu irmão e mais o namorado dele, confesso que nos primeiros 3 meses isso me deixou feliz mais depois disso algo me abalou muito, você e Mark tinham postado na rede social uma foto se beijando e na legenda dizia que agora estavam namorado de aliança e tudo, eu chorei, chorei muito, meus amigos tentaram, tentaram me ajudar, mais nada, e foi assim o resto dos dois piores anos da minha vida, so não sabia que podia piorar.

 

- 8, de fevereiro de 2015-

 

La estava eu me olhando no espelho, a 5 meses você voltara pra coréia, mais voltara com uma noticia terrível, que tive que aceitar, você virou meu amigo, já que não tinha recentimentos, mais eu tinha, mais você não percebia, mais seu noivo percebia, Mark me odiava, pois sabia que eu ainda tentava, eu so não sabia que esse canalha, era o motivo de você não ter voltado pra mim, mas quando soube era tarde pra ter um nós de novo, você já não me amava mais, a um mês Mark te pediu em casamento, e você aceitou, nesse dia eu estava com vocês, foi num parque todos que estavam La aplaudiram, eu me segurei pra não chorar na frente de todos, na sua frente, eu te dei parabéns, Mark riu de mim, ele sabia que por dentro eu estava partido, estava chorando, e ele sorria vitorioso enquanto você me abraçava emocionado pelo pedido de Mark, eu te empurrei você me encarou como quando foi embora, e eu sai, eu sai correndo dali, você veio, ou tentou, vir atrás de mim, mais Mark te impediu, e você esqueceu de mim, eu sumi, por um misero mês, eu sumi, você não notou, apenas uma pessoa notou, e era o Mark, ele sabia onde eu estava, ele me torturava todo dia, mais você não sabia, você nunca soube, eu voltei e no mesmo dia você veio ate mim, eu sorria vendo que se lembrou de mim, mas você veio ao meu encontro pra pedir ajuda, ajuda com qual roupa você poderia ir no casamento, você me pediu ajuda pra isso, voce não sabia que eu ainda te amava, não sabia que Mark o tempo todo mentiu de mim pra você, eu te ajudei pois ainda te amava e seu sorriso, eu amava o ver, mesmo não sendo totalmente meu, jinyoung te odiava, você sabia disso, ele te odiava por me fazer sofrer, eu vivia isolado no meu quarto e so saia quando era sua visita.

 

Já tinha passado o tempo e lá estava eu olhando em frente ao espelho vendo a mim com o terno que fui destinado a usar naquela manha, a manha que meu sofrimento foi maior, seu casamento, eu seria seu padrinho, aceitei por ser seu amigo, mais aquilo doía, doía muito, eu vi você o beijando eu vi você dizendo o lindo, eu aceito, que poderia ter sido pra mim, se eu não fosse tão babaca na época, você se livrou da dor rápido Jae, eu não, eu sofri todos esses anos, e ainda sofro, ou melhor, eu sofria, você me deixou com tanta facilidade, que eu não sabia do porque foi tao fácil assim pra você, eu fui algo tao insignificante assim?  

 

Havia se passado, um mês depois do seu casamento, e você estava tão feliz, mais não percebia que eu não saia do quarto a mais de um mês, ninguém percebeu, apenas JinYoung, eu chorava no meu quarto como um bebe, sempre via  fotos suas com ele, eu sofria e não tinha quem tirar essa minha dor, eu não comia a 1 mês, vivia de água, não ia ao banheiro pra nada, nosso antigo quarto tinha virado um lamaçal, tinha tudo que você podia imaginar ali de mais nojento possível,  e eu sempre estava ali, tinha me prendido naquele quarto com tantas lembranças, já tinha me acostumado com isso, você me ligou uma terça feira, me perguntando onde eu estava e eu nada disse, você se preocupou na ligação, a ligação caiu e você deve ter achado que realmente ela tinha caído, eu escutei apenas, apenas não disse, você me contara que ia adotar um bebe, um bebe que seria seu e de Mark, eu não consegui chorar aquele dia, pois foi ali que percebi que não pertencia mais ao mundo, eu me levantei da minha cama e fui a cozinha, e peguei uma coisa que nosjá usamos uma vez pra fazer a comida, a única vez que eu cozinhei com você, foi com esse facão e foi no nosso aniversario de 5 meses de namoro, deve estar se perguntando, como estou escrevendo isso, estou apenas narrando o que eu fiz, já que Esta lendo, é porque eu já conclui meu tão desejo de parar de sofrer, so quero dizer que eu te amo youngjae eu sempre te amei, você foi meu tudo, minha vida, meu viver, e agora você foi o meu fim, a causa dele, saiba que aonde eu estiver, estarei te desejando boa sorte com o seu marido, boa sorte, e obrigado, por ter posto meu nome em seu filho, espero que ele seja um exemplo, coisa que eu não fui, adeus Jae, eu te amo, e sempre amei.

 

Pagina final-

 

- De im jaebum

 

-------------------------------------------------------------------------

 

Eu lia aquilo já chorando, Jin me disse que ele estava escrevendo isso desde terça ,  havia uma carta, uma carta de jinyoung, após a morte e o enterro de JB, apelido dele, ele e seus amigos foram embora da coréia, todos foram pra o Japão, diziam eles que não queriam lembrar de como a vida do amigo foi tao horrível, eu ri já que pra mim jb sempre foi muito feliz, eu peguei a carta de Junior a abrindo, não esperava no que eu estava pra ler .

 

--------------------------------------------------------------------------

 

Carta de JinYoung, Amigo de jaebum.

 

Hey, jae, estou escrevendo isso pra saber o que viveu o nosso jaebum, ele me contará e tudo era realmente verdade, Mark me traiu com você, criei ódio de você por isso, mas Mark fez algo pior que apenas o beijar pro jaebum, ele tirou fotos sua jae, nu, em vários momentos, ele tirou foto de voces em um beijo, de você falando que gostava dele, ele mandou tudo que vocês fizeram esses 2 anos, ele gravou seu momento íntimo com ele e mandou pro Jb, tudo, sabe o que é tudo? Jaebum soube de tudo que vocês fizeram, tudo mesmo, jb sofreu muito jae, Mark foi um cafajeste com você , e um canalha com o jb, jaebum sempre te amou, era mentira quando Mark disse que ele já tinha te esquecido e estava comigo, era tudo mentira, tudo, sobre os amassos e brincadeiras que Mark disse que jaebum teve, depois de sua ida, jaebum nunca beijou nem tocou ninguém e ninguém o tocou, nunca mais, ele te amou mesmo todos esse anos sofrendo, sempre esteve por você, ele não se segurou, seu sofrimento  era grande que o levou a fazer o que fez, eu escrevi isso, pois li o diário do jaebum, e o vi sofrer todos esse anos, então, me dói dizer que  jaebum, se matou, por sua culpa.

 

- Jinyoung e amigos de JB.

 

------------------------------------------------------------------------------

 

Falecido: Im  JaeBum

 

Data: 8, de dezembro de 2016, as 00:00.

 

Como morreu: se suicidou cortando os pulsos com um facão de cozinha.

 

Quantos anos: 29. 

 

Enterro- 11, dezembro de 2016.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

-----------------------------------------------------

 

 

 

 

 

Kissus, XOXO :*



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...