História Memorias perdidas,Momentos recuperados. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Lay, Lu Han, Mark, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Do Kyung Soo, Drogas, Exo, Festas, Imagine, Imagines, Jimim, Perda De Memória, Revelaçoes, Romance, Sexo, Soo, Violencia
Visualizações 12
Palavras 2.644
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Nova casa!!


Quando cheguei na sala de jantar,a mesa estava cheia de comidas,alem de ela ser enorme,doces de todos os tipos,sucos de todos os sabores,frutas de todos os tipo,alem de ela ser cercada de seguranças e empregadas.A sala de jantar era um dos comodos mais grandes da mansão,alem da sala,do meu quarto,a sala de reunião,e a area de lazer,tudo  era banhada em luxo.A mesa que tinha mais de dez cadeiras,tinha agora duas ocupadas,avia   dois agentes que estavam completamente nevorsos.Um deles era um gordinho baixinho mas aparentava ser jovem,o outro era um fortão,aparentava ser mais velho,só que responsavel,eles tinham uma coisa incomum,eles não eram coreanos.O gordinho olhava os doces de uma maneira engraçada,que faz eu rir daquela situação.

Com o barulho de minha risada faz  eles se assustarem e se levantam rapido,se curvando.O agente bonitão olhava  para meus olhos,já o gordinho olhava para minhas pernas que estavam completamente a mostra,que faz eu ficar timida.Vou em direção a meu lugar na mesa,e me sento,que faz os dois sentarem tambem:

-Sabem falar coreano?-falo olhando para o gordinho.

-S-sim,nos já estamos 2 anos na coreia-ele fala olhando para o grandão,olha desconfiada para eles.

-Porque vieram aqui?-pergunto bebendo um pouco de meu suco.

-Para ver se vocé conseguiu se lembrar?-o gordinho fala olhando os doces.

-pode pegar-falo e ele abre um sorriso.-porque voces estam tão interessados,nas minha lembranças?-pergunto mordendo o morango de uma maneira sexy.

-Voce foi encontrada em alguns roubos de bancos,só queremos saber se voce esta envolvida no roubo que aconteceu ontem de noite-O mais velho fala me olhando serio-Se voce dizer,podemos parar de te vizinhar-ele fala rindo.

-Eu não estou envolvida-falo olhando para as minhas unhas que estavam sem pintar.

-Onde vocé estava ontem a noite?-o gordinho pergunta.

-Eu estava na casa de umas  amigas-falo mentindo.

-Te vimos sair da balada com um cara bem bonito....e assustador!-o gordinho volta a falar-Onde voce foi depois?

-Eu fui tranzar-falo mentido,comendo outro morango-eu nem sei porque descofiam de mim.

-Senhora vocé esta atrazada?-a menina que estava no meu quarto fala,entrando na sala de jantar,olhando para o chão.

-Ah?....É verdade-falo sorrindo-Até mais garotos!-falo me levantado.

Me levanto sorrindo ,me curvo para os rapazes que estavam me olhando com os olhos cheio de raiva,por eu te fugido no meio da conversa.Ando até a porta que é aberta pelos os guardas,passei na frente da menina deixando ela para traz ,a menina vinha correndo tentando me alcançar.Chego em minha sala,vejo seguranças levando minhas malas para fora de casa,conserteza eles estavam levando para o carro,que estava me esperando.Me emprecionei com a minha nova empregada,eu pedi para ela apenas fazer minhas malas,mais ela prepararou tudo,chamo até o motorista.

Saio para fora,o carro estava me esperendo com a porta já aberta,olhei para traz "minha" empregada,que conserteza chegou esse semana,estava traz de mim olhando tudo calmamente,vejo que ela mordia os labios nervosa.

-Oque eu fasso se perguntarem por voce´?-ela fala,olhando nos meus olhos,fiquei impressionada pela a coragem.

-Diga que eu me mudei-ela me olha sem entender-vou arrumar um lugar para mim ir-falo andando,e a menina me seguia-venho te visitar sempre.....?

-Jessi-ela fala rapido.

-Venho te visitar jessi,pois se eu não vir você perde o emprego-falo me sentando no banco do carro.

-Adeus senhora-ela fala assenando,fechando a porta pra mim.

-Adeus-falo vendo o carro dando partida.

Me empressionei com essa menina,depois do nosso beijo,ela se aproximou de mim.Ela não me olhou como hoje de manhã,ela me olhou como alguem proximo.Isso me deixou um pouco pensativa.O motorista para o carro,e olha para mim.

-Aonde deseja ir senhora?-ele pergunta com um sorriso.

-Para esse endereço.-falo entrengando um papel em sua mão,e o mesmo lê-é longe?-pergunto.

-Não é aqui dó lado-ele fala voltando  dirigir.

O carro de grande porte da partida,ele andava pelas ruas de Seoul.O dia estava completamente nublado,amava aquele tempo,parecia que o céu estava em um momento ruim em sua vida,assim como eu.Minha cabeça estava encostada no banco,meus dedos tocavam a janela,fazendo desenhos que vinham em minha cabeça,a garoa era fina,mais faziam a janelas ficaram totalmente molhadas,e dando chances de eu desenhar meus pensamentos na mesma.Desenhava pequenas pessoas brigando,meus dedos estavam desenhando uma pessoa com uma pequena arma em sua mão,e encima dos desenhos escrevo uma pequena frase,que estava em minha cabeça."I HATE YOU".O caminho que apenas  arvores aviam  no caminho,agora tinha predios e casas enormes.Percebo que aviamos chegado.
                                                                        ................................................

-Até mais senhora-ela fala vendo eu sair do carro.

As malas pesadas estavam sendo arastadas em minhas mãos,e minha mochila com aparelhos eletronicos estava em minhas costas que tambem estava bem pesada.Meu estado era horrivel,eu não tinha feito maquiagem,então minhas olheiras estavam bem visiveis,assim com meus olhos em tom escuro por causa do rimel.Alem de minha cabeça estar doendo.

O motorista tinha me deixado em frente a uma escola,ela era enorme,me supreendi com o tamanho da mesma ,dois predios para cada sexo ,as paredes  era em tons amarelados,e seus mizeros detalhes,eram em em marrom escuro,avia varios seguranças,consertesa era uma escola para ricos.Carros estacionavam em frente a escola,e adolescentes,com a roupa escolar classica,saiam  de seus carros.Garotas com saias curtas se enfregavam nos garotos,que eram muito bonitos por sinal.Me suprendi quando encontrei,o carinha "palhaço"de ontem a noite,seu nome era taehyung,ele estava sozinho tentando atravesar a rua que estava cheia de carros,ele não estava igual a ontem,acontrario,sua perna estava quebrada,sua expressão era seria,parecia que ele não estava gostando muito de sua nova bengala,andava com dificuldade,e todos olhavam para o mesmo.Mas ele não estava de uniforme,então oque ele estava fazendo aqui?

-Taehyung!

Gritei e o mesmo se assustou não me reconhecendo.Fui correndo com dificuldade para sua direção,as malas arrastavam pelo o chão fazendo um barulho insurpotavel das rodinhas arrastando pelo chão com pedras,enquanto a outra ia na minhas costas.Quando me aproximo dele,o mesmo me reconhece e abre um largo sorriso,sua risada gostosa e ouvida logo em seguida.

-S/n-ele fala sorrindo-como me encontrou??

-Voce deixou esse papel comigo-falo tirando um pedaço de papel amassado do bolso do meu short,o mesmo da um sorriso quando vê o papel na minha mão-acho que precisa de ajuda-falo vendo a sua situaçaõ.

-Você que precisa-ele fala olhando as malas jogadas no chão-Seu namorado não quis te ajudar??-ele fala olhando em meus olhos.

-E-eu não tenho namorado,na verdade eu não tenho ninguem,por issso que eu vim te ver!!-falo olhando para o chão fazendo cara de dó.

-Como assim??-ele fala preocupado.

-Eu não tenho pra onde ir,vocé é a unica pessoa que eu conhece nessa cidade-falo olhando para seu cabelo que estava sendo bagunçado pelo o vento-Pensei em pedir ajuda para vocé,mas não é nada muito grande,é apenas alguns dias de incomodo até meus pais irem embora de minha casa-falo mechendo em meus dedos vendo o mesmo arregala os olhos.

-Eu não moro sozinho,moro com meus amigos,se vocé ir para lá ira ter que dormir em meu quarto-ele fala procurando uma resposta certa-voce pode ir para lá por alguns dias-ele abre um sorriso quadrado,que me faz rir.

Minha reação foi um pouco izagerada,no calor do momento não me aguentei e abraçei o mesmo,meus braços estavam em volta de sua cintura magra,e minha cabeça encostava em seu peito,seus braços começaram a se mecher,e em segundo eles estavam me abraçando.Meu abraço chamou a atenção de muitos olhares,pessoas olhavam supreendidas,parecia até que eu era famosa,ou ele!!.Taehyung continuava imovel,não se mechia por nada,sua respiração em segundos começou a ficar pesada,seu coração batia rapido como um carnaval,sua reação fez eu fica mais alguns segundos o abraçando com um sorriso de felicidade no rosto.Aos poucos eu fui me separando,fico assustada quando vejo seu rosto totalmente vermelho,ele parecia um pimentão:

-N-não pensei que esse ia ser sua reação-ele fala devagar e gaguejando.

-Essa reacão foi de felicidade-falo sorrindo animada.

-Vamos conhecer sua nova casa??-ele fala apontando com a cabeça.

-Voce´não iria para a escola??-pergunto

-Claro que não,eu vim ver se meu amigo jungkook tinha ido para a escola,hoje é seu primeiro dia nela-ele fala olhando para a escola-agora vamos??-ele fala coloquando a mochila em suas costas com cuidado.Eu assenti e o mesmo começa a caminhar.

 Coreia do Sul-12:00,Segunda Feira.

O caminho foi silencioso,taehyung andava devagar e cuidadosamente pela calçada,eu caminha ao seu lado,as vezes ajudava ele quando ele tinha dificuldade no caminho,mas nada alem disso.Ele olhava incomodado as vezes para mim que me deixava mais nervosa do normal:

-Oque aconteceu?-falo parando de caminhar em sua frente.

-Que??-ele fala fazendo cara de duvida.

-Você ta olhando incomodado para mim-falo vendo o mesmo sorrir.

-É-é q-que seu shorts é muito curto,e os caras ficam olhando sabe-ele fala timido,que faz eu abaixar meus shorts na chance de fazer ele não mostrar minha bunda.

-Agora vamos-falo andando apressada em sua frente.

O resto do caminho foi trauquilo,as vezes trocavamos algumas palavras na chance de nos conhessemos melhor.Quando chegamos em frente da casa,minha respiração começou a ficar pesada,deve ser porque vou invadir a  privacidade de alguem.Taehyung começa a subir as degraos da frente da casa sorrindo,e eu sigo ele logo em seguida,a casa era grande,deve ser porque mora muitas pessoas nela,as paredes brancas e suas portas e janelas eram marrom.

Em dentro dela,era tudo organizado,a sala com aparelhos  eletronicos simples mais uma tv enorme,na estante avia fotos dele e seus amigos sorrindo.A cozinha era cheia de comida e bolos encima das bancadas.A casa avia 2 andares,o segundo era apenas quartos dos garotos,que eu conheceria mais tarde.

Taehyung mostra toda a casa para mim,ele dizia que ela foi montada com  a ajuda de todos os garotos,ele faziam horas vagas em seus pequeno trabalho diferenciados,como show a noites,stripes,ou até cantar em bar.Foi uma epoca dificil para eles,mais com enforço eles conseguiram alcalçar seus objetivos,hoje  o unico motivo para trabalharem é para trazer comida para dentro de casa

Depois de mostrar  onde ficava a cozinha,a piscina e a sala de jogos,ele me mostrou seu quarto,onde eu iria me hospedar por um tempo.Seu quarto era muito belo,era em tons pasteis,com duas cama de solteiro grande,banheiro e closet,tudo era perfeito e organizado.

Taehyung me entrega uma toalha nova,para eu me banhar,mais eu sabia que era só pra eu colocar outra roupa,pois ele não estava se sentindo confortavel com a que eu estava.
                                                                             ................................

Saio do banheiro já trocada,estava com um vestido colodo da nike, e um tenis da adidas,ando em direção ao seu quarto  e dou de cara com taehyung que estava sem camisa por sinal,fico segundos observando seu abs maravilhoso,que estava quase na  minha cara,subo o olhar corada e vejo ele rindo indo para a direção de sua cama,e eu o sigo.
 
-Tenho que conversar com voce serio!!-ele fala sentando em sua cama.

-Sobre??-falo me sentando em sua frente,com as pernas cruzadas.

-Você pode ser apenas uma estranha que estou fazendo caridade-ele fala rindo,e eu fasso bico-mais eu sinto que eu posso confiar em você,espero que eu esteja certo-ele fala serio.

-Claro-falo no mesmo tom de voz que ele,e ele abaixa o rosto.

-Tenho segredos que só meus amigo proximos sabem,e como você ira morar comigo agora,sinto que devo contar para você,e eu tenho uma proposta tambem para você-ele fala levantando seu rosto.

-Proposta??

-Deixa eu contar o segredo primeiro-eu assenti-eu tinha sentimentos,mas especificamente atraçoes pelo meu amigo que se chama j-hope,eu não queria falar para ele com medo de perder nossa amizades por causa de um simples sentimento,eu escondi isso por muito tempo até que um dia saimos para beber e relachar em um barzinho aqui perto,eu bebi demais e contei tudo que eu sentia para ele,ele apenas disse que sentia o mesmo e eu e ele passamos uma noite juntos se você me entende-ele fala corado.

-Sim eu entendo,mais idai??-falo não entendendo.

-Depois disso começamos a namorar contamos para nosso amigos e nossos pais e eles aceitaram tranquilos,meus pais demoraram um pouco para aceitarem mais isso não importa,nos ficamos quase um ano namorando-ele fala-Ele dizia que me amava e tinha sentimentos por mim e eu concordava,mas depois de um tempo a atração foi indo embora e eu não sentia mais nada por ele,e nem por outro homem.

-Você voltou a ser hetero?-falo olhando em seus olhos.

-Exatamente,eu começei a ir em boates,eu bebia e ficava com mais de 4 mulheres por dia-ele fala com seus olhos marejados-eu não conseguia olhar em seus olhos porque eu me sentia um lixo,ele era uma pessoa feliz e bondosa,e eu era apenas o cara que  dizia o amar,e a noite saia com outras pessoas.Depois de muito tempo traindo ele com outras mulheres,alguem contou para ele e ele descobriu tudo,ele me amava tanto que me perdoou  e me deu uma segunda chance,e nosso relacionamento continuou por um tempo,semana passada eu fiz tudo de novo ele arrumou outro,e ele terminou comigo de vez,mais ele terminou em um dia ruim,naquele dia  eu estava bebado e falei tudo oque ninguem gostaria de ouvir-as lagrimas desseram.

-oque voce disse taehyung??-pergunto me aproximando dele.

-Eu disse que nunca amei ele e que ele era apenas uma diversão,disse tambem que eu sempre trai ele com mulheres,porque eu não era gay-ele fala me olhando-Quando eu tive pela primeira vez s/n,senti uma coisa especial,eu sabia que você era uma pessoa boa,mais no fundo era igual a mim, e por isso que eu quero esse favor-eu assenti-quero que você finja ser minha  namorada,porfavor diz sim,eu tenho que provar que eu virei uma pessoas boa,e em troca eu deixo você morar aqui permanente-ele fala se ajoelhando apoiando o braço em minhas coxas chorando.

-Você acha que machucando a pessoa que você diz "amar",você ira provar que mudou??-falo rude tirando seus braços de minha perna.

-Apenas diz que aceita!

-Eu vou pensar-falo.

Me levato indo até a porta deixando ele sozinho no quarto ajoelhado,a porta dava para um corredor cheio de portas e no final avia uma escada que dava para a sala,desço as escadas que eram enormes.Sento no sofa  com o celular na mão e ligo a televisão que passava o jornal da tarde,que estava passando a economia das empresas.A materia começou a me irritar quando cita a familia S/S(Seu sobrenome),que era a minha familia,aparece a foto de meus pais e minha irmã pequena de 7 anos.

"A familia s/s Ontem no leilão compraram a obra mais cara do evento,e foram consideradas uma das familias mais ricas de Seoul,hoje eles contaram com a presença da filha mais nova  Na Haeun que já está com seus 7 aninhos,seus pais contaram que trouseram ela para o evento para ela já ir aprendendo  a controlar os assustos da grande Familia pois como seus pais disseram  seu sonho é comandar a empresa.Mas da pessoa que estavamos contando com a presença é da sua filha mais velha S/n,que estava na sua fase de rebeldia.Como sabemos ela ia em festas do colegias e em uma dessas festas sofreu um grave acidente,mas não sabemos detalhes.Sua indas nos eventos da familia era uma coisa entraordinaria pois ela sempre saia com um carro novo do ultimo lançamentos.Seus pais não falaram detalhes  sobre sua saude mais deixaram escapar  uma suposta vizita para a mais velha hoje a tarde,e reportes estaram esperando a sua chegada na porta de sua grandiosa mansão"

-Vão catar coquinho-falo desligando a televisão.

Ousso um barulho de buzina e do portão da garagem vejo passos vindo da escada atraz de mim,taehyung vem correndo  em minha direção tentando tirar sua calça,ele me deita no sofa com as pernas abertas que faz meu vestido subir e se encaixa no meio delas que faz eu ficar corada,ele posiciona  a cabeça de um jeito que que esta vindo pela porta pensa que estamos nos beijando,ele susurra um "desculpe",e a porta é aberta nos fazendo separar,me levanto e vejo 5 cabeças nos olhando com as buchechas completamente vermelhas.

-Quem é ela?-alguem fala rude.

-Minha amiga j-hope-Tae fala sinico,que faz seu amigo citado com j-hope revirar os olhos.

-Sai daqui garota-ele fala vindo na minha direção  apontando para a porta que faz eu ficar com um medo.

-Ela mora aqui agora-tae fala,e faz j-hope  arregalar.

-Mais tarde falamos  disso-falo outro entrando na sala com ar de cansado-Agora eu vou dormir.-ele fala subindo as escadas



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...