História Memories of Love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 286
Palavras 3.210
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Primeiramente, não é a bea que está postando. Meu nome é Leticia, e eu sou a @Leh_Cabello e to postando hoje porque a bea está doente e não vai poder entrar aqui. Espero que gostem do capítulo ♥

Enjoy baby

Capítulo 4 - Chapter Three


Fanfic / Fanfiction Memories of Love - Capítulo 4 - Chapter Three

CHAPTER THREE

 

→Wolverhampton, Reino Unido, sexta-feira  24 de março de 2016, 22:42 pm ← Camila Cabello

 

A música alta se fazia presente, e o cheiro de bebida estava mais forte dentro da casa do que lá fora onde estávamos há alguns poucos segundos. Lauren já havia sumido em meio às varias pessoas que estavam presentes, e agradeci mentalmente por me livrar do mau humor dela. Segui normani até a sala, onde a música parecia menos alta e estridente. Logo a mesma jogou-se no sofá e eu sentei ao seu lado.

— Estes são Harry, Chris, Lucy, Verônica, e esta é minha namorada Dinah,—Normani falou apontando para cada um e no final sua mão tocou o rosto da loira alta ao seu lado. Logo seus lábios se uniram em um selinho e eu franzi o cenho.

— Hã.. Meu nome é Camila, — Falei e Lucy me abraçou, não estou acostumada com tanta demonstração de afeto dessas pessoas então me limito a abraça-la rapidamente.

— Essa festa está meio morgadinha, a gente poderia jogar um jogo,— O garoto de topete a qual normani o havia apresentado como Harry falou enquanto tomava um gole de sua bebida.

— Verdade ou desafio, alguém pega uma garrafa na cozinha por favor, — Dinah falou enquanto sentava no tapete na frente do sofá, logo uma rodinha foi feita ao redor da mesma e Normani me puxou para sentar ao seu lado. Lucy trouxe uma garrafa vazia e duas garrafas, uma que supús ser vodca em seu conteúdo, e a outra a qual eu não soube distinguir. Eu nunca havia bebido e a ideia de beber me pareceu estranha, meu estômago contraiu.— Gira aí vero.

A garota ficou sob seu joelho e girou a garrafa, a mesma deu seis voltas, acompanhei cada volta com o olhar, espero que a mesma não pare virada para mim, até por que a última coisa que eu precisava no momento era beber alguma coisa ou ter que fazer algum desafio estúpido.

— Lucy Vives verdade ou desafio?— Normani falou segurando a garrafa, e em seguida a garota de cabelos castanhos a olhou avaliando, deu um meio sorriso e mordeu os lábios.

— Não vou te pedir desafio, eu não sou louca mani, então verdade.— Lucy respondeu olhando para Normani e a morena soltou um sorriso irônico.

— Há quanto tempo você e vero estão transando?— Normani falou e Dinah soltou uma gargalhada alta, Lucy a olhou assustada e em seguida fitou veronica ao seu lado, observei as duas se entreolharem e soltar um risinho nervoso.

— Não estamos transando, você é louca, — Vero se defendeu e Lucy soltou um meio sorriso enquanto baixava a cabeça. — Somos apenas amigas.

— A gente também era,— Dinah falou apontando para normani que riu alto fazendo as duas garotas rirem. Harry girou novamente a garrafa e seu olhar passeou entre as pessoas na roda. A garrafa girou algumas repetidas vezes e logo parou em harry... E em mim.

— Verdade ou desafio caloura?— O garoto falou enquanto arrumava seu topete, por um momento eu realmente cheguei a avaliar a possibilidade de pedir um desafio, mas, eu não o faria agora principalmente por saber que ninguém pegaria leve.

— Verdade,— Falei e Lauren soltou uma risada debochada enquanto tomava um gole de sua bebida.

— Não tem coragem de ser desafiada camz?— Ela falou e em seguida o sorriso idiota voltou aos seus lábios.

— Cale a boca sua idiota, pode perguntar Harry,— Falei e o garoto assentiu e voltou a me encarar de forma estranha.

— Você é virgem Camila?— Ele falou em um tom baixo e todos os olhares da roda se voltaram a mim. Eu nunca havia tido nenhum tipo de relação mais íntima com roland, já que nunca havia me sentido preparada, e ele sempre respeitou a minha escolha de esperar até obter confiança para tal passo em nossa relação.

— Hum.. sou,— Falei e Lauren deu um meio sorriso largo, estava apenas esperando a piadinha da morena mas ela limitou-se apenas aquele sorriso idiota. Logo suas mãos giraram a garrafa.

A rodada não foi longa, Dinah desafiou Harry a tomar duas doses de whisky, normani teve que beber uma dose de vodca, Lucy teve que tirar a blusa, e vero não ficou feliz com isso. Logo em seguida parte do grupo já havia bebido.

— Te desafio a beber duas doses — Dinah falou estendendo a garrava de vodca e um copo.

— Hã.. Eu não bebo,— Falei e a mesma olhou para normani que deu de ombros. Dinah e a garota ao seu lado que se apresentou como Ally eram as únicas na rodinha que não tinham tatuagens ou piercings, talvez fossem as mais responsáveis. Ela estendeu novamente o copo até mim, e despejou um pouco da bebida transparente.

— Só Normani para te trazer a esta festa,— Lauren falou e dei de ombros, não iria gastar minha noite brigando com a mesma,— Vamos lá puritana, bebe um pouco para aliviar a tensão.— Neguei novamente e Lauren riu,— Qual é camz, todos bebemos, você não vai morrer se beber um pouco, ou a mamãe não deixa?

— Vai a merda Lauren,— Respondi e Harry soltou uma risada baixa no momento em que eu peguei a garrafa das mãos de Lauren

— Você não precisa beber se não quiser,— Harry falou e olhou para Lauren que bufou e passou a sussurar algo para Lucy que agora estava ao seu lado. Abri a garrafa em minha mão e o cheiro forte de álcool invadiu meu olfato. Meus lábios tocaram a boca da garrafa que estava molhada pelas garotas já o terem tomado algumas doses e a virei, um gole se arrastou por minha garganta deixando o local ardendo e em seguida senti a bebida bater em meu estômago causando uma ânsia momentanea. Talvez eu tenha feito uma cara muito feia, já que normani soltou um suspiro derrotado. Tomei um segundo gole por puro deboche e o sorriso no rosto de Lauren sumiu.

— Acho que chega não é?— Dinah falou tomando a bebida de minha mão e em seguida colocou a bebida ao seu lado. — O que achou?

Meu estômago se contraiu e eu entortei os lábios, Lauren continuava me observando e e dei de ombros para Dinah.— Hã... É meio forte, e meu estômago está doendo um pouco.

— Você apenas não está acostumada, quer tomar um ar lá fora?— Lucy perguntou levantando-se e eu neguei, — Vem mila.

Levantei contra minha vontade e andei atrás da garota de cabelos escuros, o som da música ainda estava presente e a mesma entrou na cozinha e a segui, a mesma abriu a geladeira e pegou uma garrafa de água me estendendo em seguida.

— Aqui,— Ela falou e abriu a porta lateral me puxando para tomar um pouco de ar. A brisa fria da noite bateu em meu rosto, sorri imediatamente, levei a garrafa aos lábios e em seguida senti a água fria descer por minha garganta aliviando a ardência no local.  — Você está melhor? — Lucy perguntou fazendo um coque mal feito em seus cabelos e me observou com calma.

            — Sim, eu não quero estragar sua noite. Pode voltar, — Falei e a garota fraziu o cenho e logo uniu suas sobrancelhas.

            — Não vai estragar nada, beba sua água e volte, vamos nos divertir um pouco mila, você irá adorar a faculdade, e se acostumará com nossas festas. — Lucy falou apontando para trás de si e eu apenas concordei com a cabeça. Não é difícil dar uma chance a elas.

 — Tudo bem.. Venha, — Falou andando a minha frente e entrou na casa novamente, todos já haviam largado a garrafa no carpete. Não havia mais tantas pessoas na sala, Lucy seguiu em silêncio enquanto seu corpo balançava ao som de umbrella, continuei seguindo a mesma que me fez soltar uma risada ao fazer uma dança meio esquisita.

Chegamos à parte de trás da casa, onde várias pessoas dançavam e conversavam entre si, Lucy me puxou até onde verônica estava junto a Dinah, normani e Lauren.

            — O que eu perdi? — Lucy falou e vero puxou a mesma pela mão fazendo com que sua mão soltasse a minha e ambas as garotas tracassem um beijo rápido fazendo um sorriso se estender no rosto de lucy.

            — Apenas isso

            — Vou sumir mais vezes com a mila, — Falou e eu soltei uma risada, Harry estava próximo ao bar e quando virou-se pude ver a bandeja com algumas doses de whisky em suas mãos. Logo o mesmo aproximou-se de nós e entregou um copinho da bebida para cada um.

 — Já está com o sal e o limão. — Ele falou e uni as sobrancelhas sem entender o que o mesmo havia dito.

 — A cabello vai tomar shots? Eu pago para ver, — Lauren falou olhando para minha mão a qual segurava a bebida. Beber agora me parecia uma boa ideia, Lauren duvidava que eu podesse ser alguém diferente da que costumo ser, eu também duvido desta nova camila mas, eu quero dar uma chance a ela.

 — É só colocar um pouco de limão.. — Normani falou espremendo o limao sob minha bebida e em seguida Lauren negou com a cabeça, — E beber de uma vez, tudo bem?

Assenti enquanto a mesma colocava um pouco de limão em sua bebida e em seguida olhei para Lucy que jogou seu cabelo para o lado e assentiu me incentivando a beber. Mexi o copinho em minha mão e cheirei o conteúdo, o cheiro forte da bebida me fez fazer uma careta momentânea, dei de ombros e trouxe o copo até meus lábios. Sua borda tinha um gosto meio salgado e azedo ao mesmo tempo, virei o conteúdo em minha boca e o mesmo passou direto por minha garganta em um gole só, fechei os olhos sentindo a bebida descer arrastada e em seguida abri os olhos, todos haviam tomado suas respectivas doses, e minha visão vacilou por um segundo.

 — O que achou? — A voz rouca de Lauren soou em meio as garotas e dei de ombros, o sorriso de lado voltou ao rosto da mesma e então ela virou sua bebida, engolindo rapidamente o líquido. Sua lingua tocou os lábios entre abertos e um gemido satisfatório soou.

Logo Normani colocou sua dose no vale entre os seios de Dinah e os lábios que dançavam em sua clavícula foram descendo e deixando marcas avermelhadas no trajeto. A língua da morena tocou a pele da loira e caminhou lentamente até o copo com a dose de sua bebida entre os seios da maior, os lábios da morena tocaram o copo e segurou o mesmo o puxando dos seios de dinah e em seguida a mesma virou a dose em sua boca. Dinah observava tudo enquanto suas mãos permaneciam na cintura de normani e eu olhei para Lauren. Seu olhar estava perdido e vagava por cada canto de meu corpo, me fazendo observar os olhos da garota a minha frente.

Os olhos verdes permaneciam sob meu corpo. O mesmo estava quente e não sei se por causa da bebida ou do olhar nada discreto de lauren, fitei a mesma enquanto ela pegava uma nova dose e virava rapidamente gargalo a baixo. Suas mãos bagunçaram o cabelo o jogando para o lado direito de seu corpo, o deixando com um ar sexy a qual eu não o tinha percebido. Talvez o efeito da bebida em meu corpo tenha me feito observar melhor Lauren, os olhos verdes penetrantes pareciam mais escuros, e a boca avermelhada estava entre aberta dava uma feição mais sexy a Lauren.

A morena pegou uma nova dose e levou a mesma a seus lábios, virou a bebida rapidamente e jogou o copo na grama, sua língua tocou os lábios entre abertos da morena a minha frente e só então percebi o quanto estava olhando a mesma. Desviei o olhar e pude ouvir a risada baixa de Lauren se aproximando.

— Vamos jogar beer pong, você quer jogar também?

— O que é isso? — Perguntei a mesma que me olhou confusa, e em seguida voltou a sua feição normal.

— Ping pong, só que você terá que acertar as bolinhas em copos de cerveja, como aqueles garotos estão jogando.— Ela respondeu apontando para um grupo de seis garotos as quais estavam ao redor de uma mesa de ping pong arremessando bolas de ping pong na mesa e tentando acertar as bolas um uma porção de aproximadamente seis copos organizados em um triangulo na ponta lateral da mesa de ambos os lados.

— Não acho uma boa ideia, hã.. Acho que já bebi demais.— Falei e ela deu de ombros, continuei observando a morena com sua jaqueta de couro se aproximar das meninas e falar algo enquanto apontava para a mesa de ping pong vaga ao lado do grupo de garotos.

Andei até as mesmas para observar o jogo e então Lucy e Verônica resolveram apenas observar o jogo ao meu lado enquanto as garotas se posicionavam ao lado da mesa. De um lado estavam Dinah, normani e Ally, e do outro Lucy juntou-se a Lauren, e então olhou em direção a mim e a vero.

— Camila você vai ter que jogar conosco, — A mais baixa falou e então franzi o cenho dando de ombros e andando até o lado das mesmas. — Sabe como joga não é mesmo?

— Mais ou menos, Lauren me explicou,— Falei e Lucy olhou para Lauren que permanecia calada apenas nos observando.

— Ela sabe as regras e o que fazer, acho que consegue se virar.— A mesma falou dando de ombros voltando a ser a mesma idiota de sempre. Lauren parecia meio bipolar, e isso me incomodava um pouco, não que eu quisesse cobrar uma amizade da mesma mas.. Sei lá né.

— Pode começar,— Lauren falou jogando a bolinha de ping pong para Ally e a mais baixa a segurou, seu olho direito se fechou e a mesma parecia mirar no copo a minha frente. Logo ela jogou a bolinha fazendo com que ela betesse duas vezes na mesa e caísse no primeiro copo.

— Wow, parece que já começamos com o pé direito hein allyzinha,— Dinah falou fazendo um hi-5 com normani e ally. Lauren revirou os olhos e pegou uma nova bola de ping pong no saco pendurado na mesa e jogou a bola fazendo com que a mesma quicasse e entrasse no copo do meio. Um sorriso se formou em seus lábios e ela bateu sua mão em um hi-5 com Lucy.

— O que você disse Dj?— Lauren falou divertida e Dinah revirou os olhos levantando o dedo do meio para a mesma que gargalhou.

— Cale a boca e passe uma bola dessas para cá Michelle.— Normani falou e Lauren bufou, jogou uma bola para a morena que mirou no copo a minha frente e arremessou a bolinha mas a mesma caiu no chão ao lado da mesa.

A risada de Lauren soou rouca e eu olhei em direção a ela, a luz refletia em seus olhos os dando uma coloração mais clara ao verde, a mesma pegou a bolinha e estendeu a mim. Peguei a bolinha e mirei no copo, soltei a bola à mesa e a mesma quicou duas vezes, mas não entrou no copo, dinah pegou a bola e mirou novamente no copo acertando-o.

— Ganhamos,— Normani gritou enquanto batia suas mãos com Dinah e ally em um hi-5. — Vamos lá cara branca, deixe-me ver um bom desafio para vocês três.— Ela concluiu enquanto apontava para nós com um sorriso vacilante.

— Cala boca Mani, Dinah fala logo o que você quer.— Lauren falou e Lucy voltou a sentar-se, desta vez no colo de vero que estava bebendo um pouco de cerva.

Dinah trocou um olhar cúmplice com normani, e depois ambas olharam para mim. Todos pareciam ter entendido uma piada interna já que seus olhares estavam divididos entre Lauren e eu.

— Chancho, — Dinah falou olhando para mim e franzi o cenho,— Não se importa se eu te chamar assim né?

— Hã... Tudo bem,— Falei e a loira assentiu enquanto pegava um dos copos de cerveja e bebeu todo o conteúdo em poucos goles.

— Vou animar um pouco esta festinha morgada, vocês duas,— Normani falou atropelando algumas palavras e em seguida olhou para Dinah enquanto apontava para Lauren e eu.

A bebida corria por minhas veias no momento em que levei o copo de cerveja á boca, tomei um gole considerável e em seguida Dinah puxou minha mão soltando uma risada. Deixei que meu corpo ficasse abaixo do braço da maior que por sua vez atravessou seu braço por meus ombros e soltou um sorriso para Lauren.

— Você sabe o que é body shot?— Dinah falou e normani soltou uma risada, acabei rindo também sem motivo aparente. Maneei negativamente com a cabeça e dinah concluiu,— Lauren irá te explicar, você fará um nela chancho.

—Fará o que? — Lauren perguntou enquanto tomava uma nova dose de tequila e sorria ao se aproximar de nós.

— Camila fará um body shot em você, aqui e agora. — Dinah falou e em seguida normani entregou a mesma um shot de tequila e dinah me entregou, levei a bebida aos lábios mas a mão da loira me impediu de bebe-la. — O que está fazendo chancho? Você irá beber isso no corpo da Laur.

Olhei para Lauren de olhos arregalados e sua feição séria ficou me observando, seus olhos verdes me analisavam e as mãos inquietas mexiam frenéticamente em seu cabelo. A jaqueta preta havia sido tirada de seu corpo por verônica que depositou um beijo no pescoço da garota e afastou-se. Lucy então aproximou-se da morena puxando sorrrateiramente a blusa da morena deixando o abdômen exposto e os seios cobertos pelo sutiã preto. Lauren conseguia ser ainda mais linda, sem roupa do que vestida. Toquei minha língua aos lábios umedecendo os mesmos que estavam bastante secos e olhei dinah ajudar Lauren a deitar sob a mesa.

Meu cérebro trabalhava incansavelmente e dizia o quanto aquilo era louco, onde merda eu estava me metendo, eu iria tomar tequila sob o corpo de uma garota, e aquilo parecia absurdamente normal para aquelas garotas. Aquilo era estúpidamente louco e contra meus princípios mas, meu corpo parecia não obedecer as ordens que meu cérebro mandava. Dinah derrubou a tequila sob o abdômen torneado de Lauren e meus lábios seguiram um rastro da bebida em volta do mesmo. Logo a bebida foi jogada no vale entre os seios de lauren, e eu olhei para a mesma que tinha a íris verde mais escura quase um musgo, seus olhos seguiram os meus até seus seios onde eu tomei cada gota que havia ali, os lábios de Lauren se afastaram e um gemido rouco e arrastado saiu de seus lábios.

            Aquela era definitivamente a coisa mais errada e insana que eu havia feito em minha vida e meu corpo agia como se fosse a mais divertida e correta. Deixei um chupão a qual ficaria a marca no seio esquerdo de Lauren e a mesma gemeu ainda mais alto. Tudo parecia girar e no momento em que minha língua fez um movimento circular e em seguida meus lábios chuparam o resto do liquido no vale de Lauren, Dinah gritou algo a qual eu não prestei atenção, meus olhos estavam perdidos sob a íris escura de Lauren e tudo o que me passava em mente era.... Eu havia tomado tequila no corpo de Lauren Jauregui.

 

“Opte por aquilo que faz seu coração vibrar, independente das consequências”


Notas Finais


Twitter: @hstylescabeyo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...