História Memories of the past ~ volume 2 - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Aventura, Bts, Bts Bangtan Boys, Bts Imagine, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Rap Monster, Romance, Suga, Suspense, Tae
Exibições 40
Palavras 1.372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe qualquer erro ortográfico ❤
Espero que gostem *_*
Boa leitura 😍

Capítulo 4 - Morte


Eu estava tão destraida olhando para o nada que nem percebi que já tinha acabado toda a comida da mesa e eu não havia comido nada.

-(S/N) ?....você ta...bem ?
-ahhh jungkook, to, é claro.
-ah, você parece triste ou...com medo.
-é impressão sua, eu estou bem.
-se é assim.

Eu me levanto com uma certa dificuldade e tontura, olho para o chão e estava tudo ficando preto, pisquei os olhos varias vezes e segui até meu quarto.

-está se vestindo ?- ouço jimin perguntar do outro lado da porta.
-não, pode entrar...
-você está queimando.
-eu sei.
-não quer que eu chame o yoongi ?
-não. Se não for grosseria ou coisa do tipo...eu...queria ficar sozinha.
-claro, eu já vou.

Eu me deito na cama e me cubro com o cobertor, ligo a TV com aquela cara de tédio.

-(S/N)...vamos sair, você vai ficar ?-jungkook invadia o quarto com uma cara despreocupada.
-vou, não quero fazer esforço para andar.
-tudo bem, yoongi e jhope vão ficar, qualquer coisa...estão na sala.
-tudo bem, obrigada.

Continuei assistindo um desenho muito infantil que passava aquele horário, sim, eu gostava de desenhos infantis.

***

-posso entrar ?- yoongi perguntou já entrando no quarto.
-bom...se fosse entrar de uma vez não precisava perguntar.
-nossa, ta estressada hein.
-desculpa, eu odeio ficar doente.
-eu sei...tenho uma coisa pra você.
-você ? Uma coisa pra mim ? - digo ironicamente.
-não foi muito caro mas...achei que fizesse seu estilo e que você gostaria.
-isso é serio ?
-eu sabia que não era o certo.
-ta brincando ?! Eu adorei-disse segurando um colar de perolas brancas.
-era pra ser um presente de natal mas você sabe como eu sou ansioso em tudo.
-obrigada, "vou guardar pra sempre".
-então, ta se sentindo melhor ?
-sim.

Um silêncio toma conta por uns segundos até ele se deitar ao meu lado pegando parte do cobertor.

Ligação on ~

-já disse pra não me ligar hoje sua peste.
-desculpa sr rap destruidor, você precisa voltar pra cá, agora.
-JISUNG....não vou discutir com você, não posso voltar agora, estou em um compromisso. "Você não está nada"- eu sussurro e dou um leve empurrão em seu ombro.
-tenho que desligar jisung.

Ligação off ~

-desculpa.
-yoongi...se quiser voltar...volte.
-eu não quero voltar. E...
-estamos sozinhos.
-jhope está lá embaixo.
-eu sei.
-no que está pensando ? Você ta com febre.
-ta bom sr rap destruidor, desculpa.
-você ta muito maliciosa pra alguem que está doente.
-não estou nada.
-sim...eu vou lá embaixo, não levante.
-tudo bem.

***

Eu estava no sofá depois de sair da cama escondida de yoongi e comer os doces da geladeira, ele estava na sala o tempo todo e nem percebeu minha presença. Os meninos já haviam chegado.

-alguem viu a (S/N) ?- yoongi pergunta olhando para os lados.
-essa pergunta...foi uma brincadeira ne yoongi ?- namjoon pergunta ironicamente.
-não, eu não a vejo desde quando sai do quarto e mandei ela...ahh, outra peste.
-eu to aqui, como você já deve perceber eu sai escondida e...- eu ia continuando a frase e olho de canto para jhope e faz caras e bocas pulando, para que eu não diga nada sobre os doces para yoongi.
-eu já entendi. Está de castigo mocinha.
-você não é meu pai.
-e você não pode piorar quando faltam menos de 2 semanas para o natal.
-desculpa, "papai".

Eu fiquei na sala assistindo filmes de terror, e como sempre, acabei dormindo.

Abri os olhos e via os meninos deitados no chão, a tv estava ligada em um volume baixinho. Eu me levanto devagar e ando na pontinha dos pés para não acordar nenhum deles. Vou até a cozinha e bebo um pouco de água

-que susto !!- sussurro em um tom duro me virando para yoongi.
-então você também ta sem sono ?
-não, eu só vim...- sou interrompida por ele quando o mesmo me puxa para um beijo calmo e com as duas mãos em minha cintura me trazendo pra maia perto dele.
-sabe o quanto eu senti saudade disso ?
-eu não quero mais me afastar de você, por favor.
-você não vai, eu prometo. Você acredita ?
-sim.

Nos abraçamos, um abraço longo e apertado.

-yoongi...jisung está te ligando.- jungkook diz segurando o celular de yoongi.
-de novo ? Oque esse garoto quer agora ?

Ligação on ~

-jisung ? Mais uma vez interrompendo...
-desculpa...é que...aconteceu uma coisa terrível- ele diz chorando.
-ta, me fale oque aconteceu.
-meu "bichinho" ele...
-respira...fale direito.
-ele...morreu.

Eu olhei para yoongi com uma cara muito triste.

- jisung...eu já to indo ai.

Ligação off ~

-yoongi...
-fique aqui...os dois.
-eu quero ir...- eu digo aumentando o tom de voz.
-você não tem preocupações lá.
-tenho- digo olhando para o chão.
-vamos logo, não vamos demorar.

Eu troquei de roupa e fomos à pé, já que estava de madrugada e não acontecia assaltos esse horário.

***

-jisung...cadê ele ?- yoongi pergunta sentando em sua cama do dormitorio.
-eu...fui no mercado e acabei demorando de mais, quando eu cheguei ele estava caído no chão, perto da geladeira. Eu sou um irresponsável, primeiro por ter um filho e depois por ter deixado ele morrer
-não foi culpa sua.- yoongi diz passando a mão em sua costas.
-é claro que foi.
-eu vou pegar água pra você, se acalme.

Yoongi saiu pela porta olhando para trás, e o silencio tomou de conta do momento.
Ate que eu discretamente me Afasto pra mais perto de jisung.

-pode parecer uma pergunta meio "invasão de privacidade" mas...a mãe dele...
-eu não quero falar sobre isso.
-tudo bem, desculpe. Eu...sinto muito.

Eu não digo mais nada e ele me puxa para um abraço ainda sentado.

-jisung, a sua...

Eu rapidamente me Afasto de jisung e olho para o chão com medo de que yoongi pensaria. Ele se senta no meio, entre eu e jisung entregando o copo para o mesmo.

-olha jisung, eu não posso ficar aqui com você mas...qualquer coisa, me liga. Vamos- ele diz sem tirar os olhos de mim.

Eu sai pela porta olhando pra trás e falando baixinho como uma leitura labial "eu sinto muito"

***

-yoongi, sabe quando você entrou no dormitório ?
-eu sei, você vai dizer que não é oque estou pensando.
-mas não é, eu...
-não precisa explicar nada.
-tudo bem.

Eu fui para meu quarto e continuei dormindo.

***

-ACORDEM SEUS IDIOTAS !- tae gritava batendo duas panelas.
-DE NOVO ?!- eu grito em resposta levantando e jogando uma almofada em sua cabeça.
-hoje nós vamos buscar o namjoon no aeroporto, ele decidiu passar as ultimas datas comemorativas do ano junto com a gente- disse yoongi que já tinha acordado e se arrumado para sair.

Eu tomei um banho rápido e vesti um macacão de saia com uma blusa branca por baixo, um tênis com estampa de abacaxi rosa e um rabo de cavalo alto.

A aeroporto estava quase vazio, 08:54 da manhã não havia muitos turistas. Não tinha ninguém sentado nas cadeiras de espera, exceto um senhor, bom...um mendigo.

Eu tento me sentar o máximo de longe dele mas as cadeiras estavam todas ocupadas pelos meninos e sobrou uma ao lado do suposto mendigo.

-olá garotinha...está esperando algum familiar ?

Eu respiro fundo e tento não responder até que ele coloca as mãos em uma de minhas coxas.

Eu tento me afastar fazendo com que yoongi não perceba, oque não acontece.

-oque pensa que está fazendo seu desgraçado ?- yoongi pergunta se levantando e tirando as mãos do mendigo de minha perna.

O mesmo se levanta e sai correndo, yoongi se senta ao meu lado, olhando para minha coxa.

-ele machucou você ?
-não.
-(S/N)...
-eu juro, eu to bem. Mesmo.
-nunca mais vá em um lugar público e sente ao lado de pessoas suspeitas.
-tudo bem.

Nos esperamos umas 2 horas até que todos se levantam e vão correndo até namjoon.

-eu senti saudades- jin foi o primeiro à abraçar namjoon, ele realmente sentiu saudades.
-foram só semanas.- namjoon respondeu retribuindo o abraço.
-semanas que mais pareciam anos- jhope diz empurrando jin para o lado.
-você veio, me disseram que estava doente..- ele diz vindo me abraçar, eu não penso 2 vezes antes de retribuir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...