História Memories of the past ~ volume 2 - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Aventura, Bts, Bts Bangtan Boys, Bts Imagine, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Rap Monster, Romance, Suga, Suspense, Tae
Exibições 39
Palavras 1.400
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura *_*
Desculpe qualquer erro ortográfico ❤
HOOOOOOOTTT (͡° ͜ʖ ͡°)

Capítulo 5 - Minhas regras


Fanfic / Fanfiction Memories of the past ~ volume 2 - Capítulo 5 - Minhas regras

Nós voltamos para o hotel. Mas eu não tirava da cabeça aquele mendigo do aeroporto, como alguém assim pode estar em um lugar com pessoas totalmente diferentes. Eu fui para o meu quarto e me sentei na escrivaninha, abri umas das gavetas, a última. Tinha um livro que mais se parecia um diário, e como aquele simples livrinho mudou aquele momento. Na capa tinha várias flores verdes e detalhes coloridos mas a capa estava acabada como se fizesse anos que estava ali. Eu abri e bem na contra capa tinha "meu diário" eu sorri ao pensar que aquele diário seria de uma criança que talvez se hospedou alí e o esqueceu.

Comecei a ler as primeiras paginas, que falavam de como a escritora perdeu seus pais em um acidente. Em um total de 20 páginas nunca se citou o nome dela. Sim, eu já tinha lido quase o diário todo e já eram 15:34.

Eu acabei por deixar o diário de lado e me deitando na cama por cansaço, dormi antes de colocar o livro no lugar em que achei.

-(S/N)...acorde- jungkook diz balançando meu braço.
-não.
-você tem que acordar.
-por que ?
-você sabe que faltam 4 dias para o natal, não é ?
-sim.
-nós vamos fazer esses 4 dias serem incríveis pra você.
-sério ? OK, tchau.
-é super sério, acorde.
-você é mau, não ver que estou morrendo de sono ?
-desculpa, você vai gostar mais da minha ideia.

Eu me levantei e jungkook se sentou ao meu lado colocando uma de suas mãos em minhas costas.

-vamos acampar.
-SÉRIO ?!!
-sim, sabia que surtaria.
-não acredito que finalmente vou acampar de verdade.

Eu disse enquanto corri para o banheiro, tomei um banho rápido e vesti um vestido completamente preto.

Eu fui para a sala e...não tinha ninguém (???)

-cadê todo mundo jungkook ?!
-eles já foram, estão em uma reserva.
-porque não nos esperaram ?- eu disse pegando uma mochila e colocando alguns pacotes de biscoito dentro.
-vamos ?
-espera...minha bolsa.
-yoongi já levou.

Aquilo tudo estava muito estranho, eu acordei e já estava indo para um acampamento onde já tinham levado minhas coisas, tudo oque eu precisava para ser os melhores 4 dias da minha vida, e a véspera de natal não seria diferente.

Nós pegamos um táxi e fomos para a reserva. Era tudo verdinho, a grama, as árvores eram bem separas e dava pra ver claramente um pequeno riacho no fim da reserva.

-vocês chegaram- jhope diz largado a comida e correndo para pegar a mochila de jungkook.
-sim, ah yoongi...- eu digo indo em direção de yoongi
-suas coisas estão aqui- ele responde com 3 mochilas ao seu lado.

Nós sentamos ao redor de uma fogueira, eram 02:30 e ninguem estava dormindo ainda, yoongi e tae estavam tentando montar a barraca, namjoon e jhope estavam instalando as luzes nas árvores, jimin e jin estavam sentados no chão apostando quem terminaria primeiro de escrever até 100, eu e jungkook fomos andar pela reserva enquanto o outros terminavam de fazer seus afazeres.

-então... Oque você queria de natal ?-ele pergunta olhando para o chão com as mãos no bolso.
-eu já tenho tudo que eu queria.
-oque ?!
-vocês.
-entendi.
-é melhor voltarmos, está ficando tarde e escuro.
-sim, vamos.

Nós andamos procurando por luzes em árvores e seguimos todas que achamos, até chegar no acampamento.

-por que demoraram tanto ?!- yoongi pergunta olhando para jungkook.
-nos perdemos, eu não achei as luzes.- eu respondi entrando em uma das barracas.
-ei oque está fazen....ah é você.- jhope diz enquanto segurava seu celular.
-não se importa se eu ficar aqui por enquanto né ?
-não, mas...e o yoongi ?
-ele...está lá fora.
-entendi, vocês brigaram de novo ?
-claro que não.
-ta...oque você quer fazer ?
-bom...oque você tava fazendo ?
-assistindo.
-na verdade eu não quero fazer nada.
-ta bem.

Eu me deitei ao lado de jhope que estava sentado rindo sozinho com os filmes e videos de seu celular. Eram umas 01:56 quando yoongi abre o zipper da barraca me chamando para fora. Eu me levantei e o segui. Nos sentamos em um tronco ao lado da fogueira e ele começou a mexer no fogo pra ficar mais alto.

-você ta bem...ta tão... Tão calada.
-to bem, só que não tenho nada pra falar.
-entendi.

Ele se afasta pra mais perto de mim e coloca uma de suas mãos em minha coxa.

-oque está tentando fazer ?- eu pergunto quase suspirando e encolhendo meus ombros com as mãos apoiadas no tronco.
-oque você acha ?- era uma pergunta retórica, logo em seguida ele sobe mais sua mão. Eu não contenho um gemido baixinho.

Ele se levanta e estende suas mãos para segurar as minhas, eu obedeço.
Ele me puxa para um beijo lento e calmo. Oque vai ficando mais quente e rápido, ele coloca uma das mãos em minha cintura, procurando o zipper do vestido. Quado acha, sem cerimônia desce por completo, oque me faz ficar só de roupas íntimas. Ele se afasta do beijo para tirar sua camisa e calça. Ele me empurra para dentro de sua barraca e a fecha.

-hoje você vai ser uma boa garota, certo ?- ele pergunta apertando meu seio.
-vai fazer oque eu mandar ?- outra pergunta retórica enquanto coloca uma das mãos dentro da minha calcinha começando a massagear o lugar.
-vai deixar eu fazer oque eu quiser com você ?- dessa vez apertando muito forte, fazendo eu arquear minha cabeça pra trás em um gemido alto, que provavelmente os meninos ouviram.
-daddy te fez 3 perguntas, amor ?- ele pergunta fazendo uma trilha de beijos até o meio das minhas pernas.

Ele começa a lamber a passar a lingua em minha entrada. Eu gemi baixinho e ele apertou minha perna fazendo com que suas unhas curtas me arranhassem.

-qualquer som que sair da sua boca à não ser sua respiração eu arranho sua coxa- ele diz autoritário.

Então seria assim, eu não podia emitir outro som à não ser minha respiração, não podia gemer, suspirar ou gritar. Até porque os meninos iam ouvir mas essa era uma das menores preocupações, a maior era, se eu conseguiria seguir a regra de yoongi até o final daquela tortura.

Eu mordo o lábio inferior tentando conter um grito quando ele coloca sua língua por completo fazendo um movimento circular. E antes que eu pudesse me limitar ele volta a me beijar. Ele se afasta um pouco para tirar sua última peça de roupa, ele se posiciona em cima de mim enquanto leva uma de suas mãos até minha perna, levantando para tornar tudo mais prazeroso.

-eu vou exigir que você emita sons impróprios.

Ele me penetra em apenas um deslize. E um gemido fica preso em minha garganta quando ele começa a se mover devagar.

-não me ouse privar desse som maravilhoso.

Eu queria gemer, mas minha respiração estava muito pesada pra conseguir.

-vou ter que arranjar outros meios de te fazer gemer.

Ele diz enquanto desliza sua mão até minha coxa, arranhando com força, oque me faz gemer.

-ainda não está perfeito. Você consegue fazer melhor.

Ele começa a aumentar a velocidade e arranha minha perna com mais força logo em seguida acariciando e apertando. Ele coloca sua cabeça na curva do meu pescoço para beijar e me ouvir gemer, oque não era difícil.

Ele ver que estou quase chegando no ápice e diminui a velocidade logo em seguida se retirando de mim e se desfazendo em minha coxa com marcas vermelhas de suas unhas.

Ele deita ao meu lado e puxa um dos cobertores para cima de mim.

-agora você tem a melhor véspera de natal da sua vida- ele diz me entregando uma caixinha de veludo azul.
-obrigada...- eu digo abrindo a mesma, sou impedida por ele que segura minha mão balançando a cabeça em negação.
-so pode abrir no natal, quando for 00:00 do dia 24 de dezembro você abre essa caixinha e corre até mim.
-você vai mesmo me fazer esperar isso tudo pra abrir uma caixinha ?
-oque tem dentro dela é muito importante.
-posso pensar no que seria ?
-não, se você pensar e ficar muito claro, vai saber oque é. Faça oque eu disse, abra só no horário e na data que eu disse.
-tudo bem- eu respondi resmungando.

Eu acabei dormindo enquanto yoongi acariciava meus cabelos.


Notas Finais


ETA
Espero que tenham gostado ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...