História Memory - Capítulo 10


Escrita por: ~, ~lili_lulu13 e ~jisoozx

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jang Doyoon, Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Jeongcheol, Jihan, Meanie, Seventeen, Verkwan
Exibições 57
Palavras 898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


queria agradecer n somente aos yaoi assistidos mas tbm a flávia que me ajudou a escrever isso amém

Capítulo 10 - Chapter Ten


Seungcheol intensificou o beijo, fazendo ambos se separarem por conta da falta de ar.

- Yoon Jeonghan o que foi isso? - ironizou.

- Mas... você que começou...

- Você é muito bobo. - disse Seungcheol levando-o até o chalé. - Então... se eu te pedir pra passar a noite comigo você aceita?

Jeonghan ficou paralisado por conta do pedido, ele não esperava por aquilo, havia ficado mais nervoso que antes.

- Não se preocupe, não vou te obrigar a fazer nada que não queira. - disse passando suas mãos pelo cabelo do menor, que logo sussurrou um "aceito", o mais velho riu aliviado e o levou para um dos quartos que tinham no local.

~~

Eles retornaram a se beijar, cada vez com mais intensidade, Seungcheol retirou a camisa de Jeonghan e começou a trilhar beijos em seu pescoço, deixando também alguns chupões, Yoon não perdeu tempo e logo retirou a camisa do maior, deixando-os apenas de calça. O moreno levou Jeonghan até a cama, sem interromper o beijo, o clima estava ficando cada vez mais quente, cada vez mais queriam ter o corpo um do outro. Seungcheol retirou as calças do menor, já dava para perceber o volume evidente de seu membro, e isso fez com que ele ficasse cada vez mais excitado. Choi sorriu diante da visão que tinha e retirou o restante da única peça de roupa que cobria seu corpo.

Jeonghan sentiu suas bochechas esquentarem, pois ninguém o havia visto daquela maneira, mas não o interrompeu em momento algum, queria aquilo mais que tudo. Seungcheol começou lentamente a masturbar Yoon, que tentava ao máximo segurar os gemidos por conta da vergonha que estava sentindo naquele momento, mas foi inevitável, a cada vez que o moreno aumentava a velocidade, mais gemidos eram ouvidos, ele foi parando os movimentos aos poucos, pois percebeu que já iria gozar. O mesmo olhou para o mais novo que estava com os olhos fechados, seu rosto estava com uma expressão tímida mas ao mesmo tempo fofa, vendo aquilo, Seungcheol foi em direção a sua testa deixando um leve beijo.

- Não se preocupe. - ouvindo aquilo, Jeonghan parecia mais tranquilo, aliás ele estava com o garoto que amava e não tinha porque ficar nervoso ou algo do tipo.

Choi voltou a dar beijos no mais novo, indo novamente em direção ao seu membro, que logo foi colocado lentamente em sua boca fazendo movimentos de vai e vem. A cada gemido que Yoon dava, mais o moreno ia aumentando a velocidade das suas lambidas, deixando-o cada vez mais excitado e ofegante. Ele foi parando aos poucos, dando algumas lambidas e beijos naquela região, logo depois limpou sua boca que estava suja de pré-gozo. Seungcheol retornou á boca de Jeonghan, dando-lhe mais beijos e mordidas, o menor então inverteu as posições, ficando por cima.

- Você está fazendo um ótimo trabalho. - disse o mais velho dando um sorriso malicioso para Jeonghan.

Ele foi descendo suas mãos até a borda da única peça de roupa que tinha em seu corpo, tirando-a lentamente, fazendo com que Choi o desejasse cada vez mais, o mais novo começou a dar pequenos beijos pela extensão de seu corpo até chegar na região do pênis, posicionando suas mãos ao redor e começando a masturba-lo, gemidos roucos e prazerosos eram ouvidos por todo o quarto, e isso fazia a tensão sexual ficar cada vez mais vívida. Jeonghan parou com os movimentos e logo ficou com certo receio do que fazer, percebendo aquilo, Seungcheol foi o guiando. Yoon começou tímido, mas aos poucos foi se tranquilizando, seus movimentos iam ganhando velocidade assim como os gemidos iam ficando mais altos. Ele foi parando aos poucos, pois já havia percebido que o mesmo já iria chegar em seu ápice. Jeonghan voltou até a boca do garoto, e isso fez com que o mesmo invertesse novamente as posições, deixando-o de quatro.

- Seungcheol...

- Fique tranquilo, não irei fazer nada para te machucar.

Ele então foi beijando suas costas até chegar em sua entrada, colocando um de seus dedos, Yoon soltou um gemido de surpresa, Seungcheol continuou com alguns movimentos e acrescentou mais um, fazendo-o gritar por conta da dor que estava sentindo naquele momento. Choi percebeu que o garoto já estava relaxando e então parou.

- Você já está pronto?

- S-Sim.

O mais velho introduziu seu membro dentro de Jeonghan, que soltou um leve gemido, que fora aumentando conforme os movimentos, as estocadas foram ficando cada vez mais fortes e doloridas, e isso levou a ambos gemerem o nome um do outro, deixando-os mais ofegantes e suados. Seungcheol percebeu que estava prestes a gozar e então retirou seu membro de dentro do garoto, que logo se virou e limpou tudo com sua boca. Eles se jogaram na cama deitando um do lado do outro e riram diante do que acabara de acontecer, não acreditavam que tinham realmente feito aquilo.

- Você não me decepcionou nem um pouco. - disse Seungcheol.

- Não acredito que a gente fez isso. - disse Jeonghan ainda com a respiração ofegante, que ia se normalizando aos poucos.

- Você sabe que eu te amo né?

- Claro que sei. - disse Yoon se deitando no peitoral do maior, que já estava cansado e seu corpo foi tomado aos poucos pelo sono. - Durma bem. - disse o mesmo dando um breve selinho em Seungcheol.


Notas Finais


primeira vez q nós escrevemos isso enton n julguem caraleo obg t amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...