História Memory - Capítulo 12


Escrita por: ~, ~lili_lulu13 e ~jisoozx

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jang Doyoon, Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Jeongcheol, Jihan, Meanie, Seventeen, Verkwan
Exibições 64
Palavras 636
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cap mais rápido q eu já fiz na life

Capítulo 12 - Chapter Twelve


- O Jeonghan é diferente... - disse Seungcheol.

- E como você pode ter tanta certeza? - disse Jisoo.

Seungcheol já estava perdendo a paciência, se levantou e foi em direção a Jisoo, mas foi segurado por Mingyu.

- Olha aqui, vocês dois se acalmem porque eu não sou obrigado a escutar coisas desnecessárias que aconteceram a muito tempo. - disse Soonyoung. - Jisoo vê se para de tentar estragar a felicidade do seu irmão, e Seungcheol, para de ficar tão estressado com essa história, você sabe muito bem o quanto aquilo fez mal pra você e pra todos nós, então trata de esquecer isso de vez.

Seungcheol soltou seu braço de Mingyu com certa brutalidade e foi para seu quarto.

- Mas você também Jisoo, para de ficar cutucando nesses assuntos. - disse Mingyu.

- Me deixem em paz. - disse Jisoo também indo para seu quarto.

~~

[21:00]

~~

- Jeonghan o jantar está pronto! - gritou sua mãe.

- Já estou indo! - gritou Jeonghan que foi apressado para a cozinha.

- Fiz a comida que você mais gosta. - disse sua mãe segurando uma bandeja.

- Ah, eu estava precisando mesmo disso. - disse o garoto pegando os talheres que estavam na mesa e logo depois comendo a comida que já estava em seu prato.

- E então, como é o nome da sua namorada? - perguntou seu pai.

- Que namorada?

- Você disse que havia dormido com uma garota.

- Ah... É... Melhor eu não contar, por enquanto não...

- Você que sabe. - disse seu pai que por sinal estava muito feliz.

- Ela deve ser uma boa moça. - disse sua mãe sorrindo. - Você tem que trazer ela aqui em casa.

Jeonghan havia ficado espantado por conta daquilo, aliás estava mentindo para os seus próprios pais, mas se contasse a verdade ele já imaginava o que iria acontecer.

- Eu não quero falar sobre isso... Perdi a fome, vou sair um pouco. - disse Yoon se levantando da mesa e indo em direção a porta.

- Viu só o que você fez. - disse seu pai.

- Mas eu só queria conhecer essa moça, ele que ficou todo estranho, nem parece o Jeonghan que eu conheço.

~~

Ele saiu de casa e foi até a varanda, estava muito nervoso e perdido, não sabia se estava fazendo a coisa certa ou errada, mas no fundo ele sabia que mais cedo ou mais tarde essa história ainda ia ser descoberta da pior forma possível.

- Jeonghan! - gritou Seungcheol. - Eu estava louco pra te ver. - disse o mesmo dando um abraço no menor.

- Cheol aqui não. - disse Yoon se afastando.

- Você está bem?

- A gente precisa conversar, vamos naquela trilha que você me levou naquele dia.

~~

Eles ficaram o caminho todo em silêncio, Jeonghan realmente não parecia nada bem.

- O que você quer me contar?

- Meus pais pensam que eu estou namorando...

- Eles estão certos. - sorriu Seungcheol.

- Não, é que eles pensam que eu estou namorando com uma garota...

- Mas é só você falar que é com um garoto.

- Se eu falar isso eles vão me odiar pro resto da vida.

- Se seus pais te amarem eles não vão se importar, na verdade nem tem porque se importar.

- Você não entende... Eles não aceitam isso de jeito nenhum, sempre falam que as pessoa devem seguir os padrões.

- Não sabia que seguir os padrões significava deixar de ser o que você realmente é.

- Seungcheol você não...

- Jeonghan se você quiser se afastar de mim o direito é seu.

- Não é isso que eu quero dizer. - disse Yoon abraçando-o. - Eu só estou com medo deles descobrirem e eu não poder mais ficar com você.

- Não se preocupe. - disse Seungcheol desfazendo o abraço e colocando suas mãos no rosto do menor. - Você não vai conseguir se livrar de mim. - disse o mesmo dando um beijo no garoto.





Notas Finais


ah meu jisoo tem tanta coisa pra acontecer ainda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...