História Menina de má sorte - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Jeff The Killer, Slender Man, Ticci-toby
Visualizações 45
Palavras 514
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Oi 😔ei realmente fiquei triste porque vcs me deixaram no vácuo sobre o grupo de whatsapp , eu sei que a fanfic ta uma bosta e tals mas vcs precisam me dizer se tá bom ou não isso me chateou muito pq teve 7 visualizações e ninguém fez comentário falando se ta bom ou não, não vai me chatear se vcs falaram que ta ruim por isso tomei a decisão que vou dar um tempo a fic pelo menos uma semana pra poder refletir ter ideias melhores e tals então esse vai ser o "último' cap então aproveitem


Boa leitura

Capítulo 23 - Tortura


Sorrio com sua fala e ando até chegar em sua frente, aproximo meu rosto do seu e falo olhando no fundo de seus olhos

--Você não se lembra de mim??--ele faz um não com a cabeça-- que tolinho--rio com a sua expressão de medo , vou até uma messa onde tinha vários instrumentos de tortura. Pego um alicate especial (quem assistiu Tokyo ghoul sabe do quê estou falando)e vou em frente a cadeira novamente 

--tem certeza??--ele fica parado olhando pro nada, parece estar tendo um flashback, rio psicopaticamente, arranco um dedo de sua mão com o alicate, ele grita com dor até que seu dedo cresce novamente e fico fazendo isso varias vezes ouvindo e vendo ele gritar de dor várias vezes , rio alto , isso é muito prazeroso, faço mais duas vezes me canso, logo em seguida pego um alicate de unha normal e arranco todas as suas unhas da mão uma por uma vendo o sangue escorrer e ele gemer e gritar de dor. Pego um copo de álcool puro, jogo em sua mão vendo ele gemer de dor e rio mais ainda com isso

--p-para por favor--fala ele com dificuldade, solto ele com minhas mãos e o seguro com tentáculos, um tentáculo pega um cano grosso e grande enquanto outro tira as suas vestes, coloco lubrificante no cano e enfiou em sua bunda sem mais nem menos ,ele solta um berro bastante doloroso para os meus ouvidos mas isso não é problema, fico fazendo vai e vem várias vezes vendo lágrimas grossas saíndo de seus olhos

--NÃO MORRA AGORA AMIGUINHO TENHO TANTOS PLANOS PRA TI--riu totalmente domina pelo prazer dos gritos, berros, gemidos de dores do muleke,paro de fazer vai e vem quando vejo sangue saindo de seu cu, tiro o cano de lá ouvindo ele gemer alto de dor, vou até a mesa novamente pegando um grande facão e vou em sua direção o soltando do tentáculo, ele estava tão fraco quê não conseguia se levantar, com o facão arranco o seu braço direito sentindo o sangue jorrando em minha face, me olho no velho espelho que tinha alí, vejo meus tentáculos bastantes agitados e vejo uma face sem olhos, boca e nariz, solto uma risada (nem sei como)e volto a tortura, pego o menino pelo ombro o virando de cara para mim, quando seus olhos vêem a minha face lágrimas de pavor saem do seus olhos,isso deve ter acertado o seu psicológico, ele estava traumatizado,como eu sei isso?? eu posso sentir através de seus olhos, pego uma serra elétrica, a ligo dando o famoso barulho irritante e vou em sua direção,serro sua perna esquerda vendo mais sangue sendo jorrado,sua perna direita (sangue)e seu braço esquerdo, pego um balde de álcool, jogo em seu corpo ouvindo seus gemidos baixos, pego um esqueiro o acendendo jogando o objetivo em seu corpo e saio da sala a fechando ouvindo seus gritos ,rio psicopaticamente e mando uma telepatia para slender

      *Minha vingança foi comprida*falo soltando uma risada

         *Realmente dava para ouvir os gritos, parabéns*

       *Obrigada*falo saíndo da telepatia e notando que já estava de manhã

Continua


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...