História Meninas Más - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Personagens Originais
Tags Agustín Bernasconi, Carolina Kopelioff, Colegial, Internato, Karol Sevilla, Michael Ronda, Romance, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna, Valentina Zenere
Exibições 99
Palavras 688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


EU VOLTEI, SIM, RESSURGI DAS TREVAS
ok não, gente queria pedir mil desculpas pela inatividade e por não postar capítulos, é que está acabando as provas e a gente precisa passar de ano não é mesmo? Mas prometo que nas férias vou postar bastante.
Boa leitura (o cap ta curto pq não tinha muito oq escrever mesmo)

Capítulo 4 - Party time - Part 3.


Fanfic / Fanfiction Meninas Más - Capítulo 4 - Party time - Part 3.

[Caro]

Eu estava super desanimada pra ir nessa festa, pra falar a verdade, cansei desse negócio de só ficar pegando todo mundo e depois fingir que nem conhece.

Isso é bom? Pra mim, era. Agora já não é mais.

Eu não sei oque está acontecendo comigo depois que vi o Agus chegando através daquela porta do blake.

Me da raiva quando passa algumas meninas e ele solta aquela piscadinha pra elas se derreterem

Nunca senti isso por nenhum menino. E não queria estar sentindo

Se eu falasse essas coisas pra minhas irmãs com certeza elas me matariam, perguntariam se estava tudo bem ou até perguntariam se era eu mesma que estava falando.

Mas a verdade é que tudo isso está dentro de mim e já estou cansada disso…

Aqui estou eu no meio desses pensamentos vendo a festa rolar, jovens dançando e bebendo, minhas irmãs devem estar transando em qualquer lugar da festa, junto com os crushs delas e eu tô aqui com o Agus do meu lado, mas não tenho coragem de tar iniciativa pra conversar com ele.

- Caro, ta tudo bem? - ele me cutucou e falou.

- Ta tudo ótimo porque? - respondi.

- Sei lá, parece que você não queria estar aqui. - ele deu de ombros.

- A verdade é que eu não queria estar mesmo.

- Pensava que eu era o único, mas enfim vamos ter que animar, me concede essa dança princesa?

- Claro! - soltei um risinho e fomos pra pista de dança.

Primeiro estava tocando Jump Short, uma música animada, estávamos dançando tão bem que parece que já tínhamos ensaiado a música mil vezes, mas na verdade não.

Dançamos mais umas músicas animadas até que começou Give Me Love, uma música lenta e calma, Agus colocou uma mão na minha cintura e a outra entrelaçou com a minha. Eu coloquei a mão no ombro dele e começamos uma valsa improvisada ali mesmo.

Estávamos tão juntos, nossos olhares se encontraram e eu senti uma corrente elétrica percorrer por meu corpo, eu não sabia o que estava sentindo, não era bom nem ruim, mas gostei.

Depois de um tempo dançando a valsa, acabou a música e nossos olhares desceram pra ambas as bocas.

Eu queria muito sentir aquele gosto, então ele foi se aproximando e em um momento tão esperado, nos beijamos.

Primeiro foi um selinho demorado, cheio de… Não sei o sentimento, nem quero saber, mas depois ele pediu passagem com a língua, eu deixei, quando nossas línguas se chocaram novamente veio aquela sensação mas depois virou apenas desejo.

Nossas línguas estavam em uma batalha e nenhuma queria perder.

Mas aí faltou o bendito ar, então nos separamos e por algum motivo senti minhas bochechas esquentarem quando ele olhou diretamente pra mim e sorriu.

- Sabe Caro, você é a menina mais linda que eu ja conheci. - ele falou enquanto dançávamos.

- Obrigada Agus, você também não é nada mal. - falei, óbvio que ele era o mais gato,perfeito,delicia, etc mas eu não podia dar uma de fácil e tenho que manter a posição.

- Então...quer beber algo?

- Mas aqui só tem refrigerante e suco.

- Não tem problema, trouxe uma "sprite" mas na verdade coloquei vodka, vai querer?

- Óbvio. - falei e fomos a mesa pegar dois copos.

Continuamos bebendo, dançando, trocando beijos e rolando várias mãos bobas ali, mas era só isso porque eu não tava com muito ânimo e ele parecia não ter também pra rolar algo mais que aquilo.

Depois fomos pra fora com minhas irmãs e os crushs delas jogar verdade ou consequencia, beber e 'namorar' mais.

Depois fomos pro quarto, conversei com as meninas e elas pareciam ter adorado.

A Valu, obvio, já saiu dando pro Mike, a Karol quase mas chegamos a tempo antes dela transar com o Rugge ali no corredor mesmo.

E eu só fiquei nos beijos com o Agus mesmo.

Fui tomar banho, coloquei meu pijama e deitei.

Fiquei mexendo no celular, ate que recebo uma mensagem do Agus

"Melhor noite, podíamos repetir né?"

Então, respondi.

"Claro, quando quiser 🌚"

"Boa noite linda ❤"

AAAAH ELE MANDOU UM CORAÇÃO, AI QUE FOFO…não, espera, porque estou tão feliz assim por causa de um emoji? Quantos corações eu já recebi na vida e nem liguei.

Porra, esse menino ta fazendo alguma coisa comigo, melhor eu ir dormir mesmo


Notas Finais


Eai, gostaram de aguslina?
Será que o coração da Caro ta mudando? Ih, vai dar treta
Gente estou escrevendo uma Short fic de 5 capítulos, é de terror e é Lutteo, Simbar e Gastina.
Vocês querem q eu poste?
Comentem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...