História Meninas Más - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Personagens Originais
Tags Agustín Bernasconi, Carolina Kopelioff, Colegial, Internato, Karol Sevilla, Michael Ronda, Romance, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna, Valentina Zenere
Exibições 112
Palavras 994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá galerouss capítulo novo pra vocês, com treta jsjshd
Boa leitura e até as notas finais! ☪

Capítulo 5 - Who is that girl?


Fanfic / Fanfiction Meninas Más - Capítulo 5 - Who is that girl?

[Karol]

Acordei com uma dor de cabeça dos infernos! Me arrependi de ter bebido muito ontem, ainda bem que hoje é sábado e não tem aula. Tirei minha venda de dormir e levei um susto.

- Ai caralho, o que você está fazendo aqui? - falei recuperando o fôlego.

- Nossa me desculpa, não sabia que eu sou tão feio assim. - falou Ruggero com cara de ofendido.

- Ai Pasquarelli não estou em um bom dia, me deixa em paz tá bom? Cade minhas irmãs? - perguntei olhando pros lados e não encontrei nenhuma delas.

- Se você não sabe acha mesmo que eu vou saber?

- Ai meu Deus minha cabeça, Ruggero sai daqui vai - falei e fechei os olhos tentando dormir denovo, mas senti um peso em cima de mim - porra, sai daqui seu gordo, tira essa barriga obesa de cima de mim.

- Ah tem certeza que sou gordo mesmo? - ele perguntou levantando a camisa, mordi os lábios, que tanquinho era aquele Jesus?

- Tenho, agora da pra sair e me deixar dormir?

- Não senhorita mandona, se você não está lembrada estamos em um internato onde tem hora pra acordar, e já são 10:00 da manhã e você está aí.

- Tô pouco me ferrando que horas são, vou dormir e acabou.

- Ah então eu não saio daqui - ele pulou denovo em cima de mim.

- Ta bom, ta bom, eu levanto. - ele saiu e eu me levantei - agora posso pelo menos me trocar em paz?

- Olha se fosse por mim eu ficaria pra apreciar a cena de você se trocando, mas eu levaria um tapa então estou indo, tchau Sevilla. - ele se levantou e se retirou do quarto.

O que esse cara tem? Beleza de sobra né... não, espera, que que eu tô falando Deus!?

Tomei um banho rápido, coloquei uma saia na cor vinho, uma meia calça preta que ia até o joelho, uma bota e uma blusa preta com alguns detalhes. Hoje estava um dia um pouco frio, estava chegando o inverno.

Deixei meu cabelo solto mesmo, passei um rímel e sai do quarto.

Chegando na cantina, onde todos estavam, já tinha um monte de meninos babando por mim, claro eu era a mais perfeita daqui.

Vi as minhas irmãs em uma mesa junto com Agus, Mike e Rugge, fui até eles e me sentei.

- E ai gente, o que vamos fazer hoje? - perguntei olhando para as minhas irmãs.

- Não sei, a gente podia ir em algum parque de jogos. - Ruggero falou.

- Te perguntei alguma coisa? - falei.

- Vai trouxa - Mike comentou rindo.

- Nossa calma aí estressadinha, só estava dando uma sugestão. - ele respondeu.

Estávamos conversando sobre coisas aleatórias, então eu e minhas irmãs fomos pegar suco quando uma ruiva sem noção trombou com a gente e derrubou suco em nós.

- Garota o que você tem na cabeça? Não olha por onde anda? - falei.

- Sua idiota! Olha o que você fez, ridícula! Minha roupa novinha acabou de ser estragada. Sai da minha frente agora. - Valu falou estressada, um conselho, nunca estrague as roupas dela.

- Hahaha, bem feito. Aliás, eu ajudei vocês, vão trocar essas roupas aí que estão ridículas. - a ruiva falou, nesse momento já estava todos em silêncio ouvindo a discussão.

- Quem você pensa que é pra falar assim com a gente? Sabe ao menos quem somos, fofa? - Caro disse.

- Eu? Bom, meu nome é Candelária e NÃO é um prazer conhecê-las. E não, eu não sei quem são vocês e não me importo em saber.

- Pois deveria se importar, vai arrumar esses dentes antes de falar da gente, salsicha ambulante. - falei e todos riram.

- Me chamou do que!? Agora você vai ver sua vadia! - ela falou e veio pra cima de mim mas eu desviei.

- Ta pensando que vai me tocar com essas mãos sujas aí? Eu não quero pegar leptospirose não em, ratazana, volta pro esgoto. - todos riram denovo, e ela já estava vermelha de raiva - a propósito, sou Karol Sevilla e preferia nunca ter te visto, quase fiquei cega com tanta feiúra assim.

- Ah e te damos um conselho: não se meta com a gente, ou vai se arrepender. - Valu falou e fomos ao banheiro, empurrando ela e todos aplaudiram. Depois que entramos começamos a rir.

- Foi hilário, essa menina é quem pra falar aquilo da gente? Acha que é melhor que nós haha vai sonhando - Caro disse enquanto limpávamos nossas roupas.

- Pois é, ela mexeu com as meninas erradas, aquela salsicha ambulante, olha já temos uma inimiga aqui. Mas agora mostramos respeito, e acho que ninguém mais vai querer tentar brigar com a gente depois dessa, arrasamos! - Valu disse e fizemos nosso toque de irmãs. Saímos do banheiro e não vimos mais aquela ridícula, então voltamos pra mesa.

- Vocês foram demais! - Agus falou quando sentamos.

- Verdade, deviam ter visto a cara dela quando vocês saíram e todos aplaudiram - Rugge comentou rindo.

- Eu sei, nós sempre arrasamos. Não é meninas? - falei.

- Óbvio! - elas responderam.

Depois fomos pro camping, ficamos mexendo no celular, ouvindo música e essas coisas, enquanto os meninos jogavam futebol. Quando o Rugge tirou a camisa quase tive um ataque ali mesmo, ele era muito gostoso e eu tinha que admitir. Até que nós faríamos um belo par de rei e rainha do baile, populares, ricos e lindos. A dupla perfeita, mas eu não podia dar esse gostinho, ele tinha que ficar implorando nos meus pés pra nós tornarmos isso. E com certeza isso vai acontecer rapidinho.

Ficamos ali até dar a hora do almoço, depois que almoçamos resolvemos ir ao shopping, compramos algumas coisas e comemos no MC Donalds. Depois quando já estava na hora de voltar, voltamos pro internato e fomos pro quarto. Tomamos banho e resolvemos dormir. Mesmo que amanhã seja domingo, eu estou cansada e tenho que acordar super linda pra acabar denovo com aquela Candelária caso ela aparecesse.


Notas Finais


E aí, oque pensam da Candelária? Coisa boa que não vai ser né dksnds, tentou arrumar briga com as populares, saiu na derrota 😂😂
Lembrando que ja postei aquela fic de terror de sou Luna, aqui o link:

https://spiritfanfics.com/historia/the-supernatural-always-wins-7166719

Comentem o que acharam e até o proximoo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...