História Anjos e Demônios - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Anjos|demônios|amor|disputa
Visualizações 300
Palavras 3.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura \(^_^)/

Capítulo 10 - Tentando esquecer


《♡¤|S/n narrando|¤♡》

Depois que eu cheguei em casa, vi minha mãe e meu pai sentados no sofá, passei por eles correndo, minha mãe perguntou o que houve mas eu apenas ignorei, quero esquecer de tudo, não quero nunca mais pisar naquela escola!! Tomei um banho demorado e depois me deitei na cama e comecei a chorar. Era tudo que eu podia fazer; chorar. Hoje foi o pior dia da minha vida!! 

{...}

Acho que era umas 21:30 quando o Richard me chamou pra comer, eu não queria ir mas tava com fome... mas antes de descer, é claro, ensaiei um sorriso no espelho e desci. Sabe... é muito difícil fingir-se animada quando seu humor é colocar luto!! Me sentei em silêncio na mesa, mas tentei sorrir, não quero que minha mãe e nem o Richard  saibam disso pois além de armar o maior barraco, todos iam ficar sabendo e provavelmente ela me mandaria morar com meu pai e eu não quero voltar pro Brasil, por mais que eu goste de lá... prefiro a Coréia.

Rebeca: Filha, porque tão quieta? A comida não está boa?- Pergunta me encarando.

-Não mãe, só estou pensativa... e sua comida está uma obra de arte.- Digo forçando um sorriso. 

Richard: Ah... Hoje você chegou mais tarde da escola e chegou... estranha, aconteceu algo?- Merda, esqueci que dei showsinho quando cheguei!!

-Não, está tudo perfeitamente bem, é só que uma amiga da escola vai se mudar e tals...- Invento. Até que era uma desculpa plausível.

Rebeca: Ah por isso meu bebê tá tão quietinha... Agora come meu anjo, e depois... CAMA!!- Diz sorrindo e eu tento retribuir o sorriso.

{...}

Depois da janta, ajudo minha mãe a lavar a louça e subo pro meu quarto. Tento dormir mas aquela sena... Não saia da minha cabeça, então eu... chorei e chorei novamente até que meu celular toca. Era minha amiga do Brasil, Jiovanna.

-Alô?

Jih: Oi manaaaa!! Fala em português viada!! Tudo bem?

-Sim... me ligou por quê?

Jih: É que hoje de tarde, eu pensei em você e senti um aperto no coração então quero saber se tá tudo bem!!

-Não, tá tudo bem sim... 

Jih: Certeza? Sua voz tá falha, você tava chorando S/a?

-Não...

Jih: Mentira!! Fala pra mim, o que aconteceu? Eu e o Dudu tamo aquí pra te ajudar!!

-O Dudu tá aí com você? Agora?

Jih: Não, ele tá no quarto dele mas nós três somos melhores amigos né? Então, mesmo o Dudu sendo um péssimo irmão, ele é um ótimo amigo e vai apoiar você, então conta logo.

-Tá bom, pra você eu conto mas não conta pro Dudu!! 

Jih: OK, ah más antes tenho que te contar... Eu e o Dudu vamos estudar aí!! Vamos morar na mesma cidade que você e pedimos para o papai e a mamãe nos matricular na sua escola!! Não é legal?

-Nem tanto... Se eu... ah deixa.

Jih: Não entendi... mas fala, o que aconteceu pra meu bebê tá chorando, hein xurumela?

-Eu... eu... eu fui... eu fui  molestada.

Jih: O QUE? NÃO BRINCA COMIGO!!! pera, vou falar mais baixo pra não acordar o pessoal... mana,isso é sério? Não né? Você já foi à uma delegacia? A tia Rebeca já sabe? ME FALA QUEM EU DEVO MATAR!!

-Eu não tô brincando, sim é sério, não falei nada pra minha mãe e nem vou falar, quero que esse assunto morra, ninguém pode ficar sabendo, só você... E quando você chegar aqui eu te conto quem fez isso.

Jih: Não conto pra ninguém, mas fica longe dessa pessoa que fez isso é me aguarde aí porque esse desalmado vai se ver comigo, ninguém mexe com meu tisoro!! 

-Ha ha, tô te esperando. Eu não tô conseguindo dormir... Mas você tem que dormir então Tchau.

Jih: OK, se sentir medo de madrugada me liga, eu converso com você... Beijo. CAMBIO, DESLIGO!!

《¥¤|ligação encerrada|¤¥》

Depois da Jiovanna desligar, eu tentei dormir, mas não obtive sucesso. Fiquei acordada a noite toda.

{...}

[5:40]

O despertador tocou, nem foi necessário, afinal eu nem dormi. Tomei uma banho demorado e fiz minha rotina matinal e fui tomar café. Minha mãe e meu pai já tinham saído pro trabalho, fiz meu café e tomei sentada no sofá enquanto assistia Nicky, Ricky, Dicky & Dawn até que a campainha tocou e era as meninas. Abri a porta e elas entraram.

Yang mi: Porque ontem você sumiu na aula? Você disse que ia tomar água e puf!! Desapareceu.

Sun hee: É, aconteceu algo? 

Yang lee: Porque você tá com cara de quem não dormiu?

-Calma, eu passei mal, me tranquei no banheiro e esperei que todos saíssem pra pegar minhas coisas e vim pra casa.

Sun hee: Viu, foi quase o que eu disse!!

-E quanto a cara de quem não dormiu... esqueçam. Vamos logo pra escola por que quanto mais cedo chegarmos mais cedo saímos.- Falo deixando meu prato e minha caneca na pia e pegando minha mochila. Elas assintitam e saímos. No caminho, fomos conversando, eu meio que tava já esquecendo tudo aquilo.

-Ah... meus amigos do Brasil, Jiovanna e Eduardo vão vir pra Coréia...- Digo quando adentramos o portão da escola.

Yang mi: Sério? Que bom... pra você!!- Fala bufando.

Yang lee: Verdade, agora ela vai esnobar a gente por causa dos amiguinhos de infância!!

Sun hee: OLHA A TRETAAAAA!!- Diz gritando e todos nos olham.

-Calma, não vou não!! Vocês são minhas amigas, não, minhas viadas, lokas, maridas, minhas tudo!!- Falo as abraçando. Olho pro lado e vejo as sete pessoas que eu mais abomino em todo o mundo- Meninas, posso pedir uma coisa pra vocês?- Elas fazem que sim com a cabeça- Não me deixem sozinha, fiquem perto de mim, não desgrudem por nada ok?!- elas me olham com uma cara de "Tá né"

Sun hee: AH MASECRARU MARIDA!!-Diz gritando de novo e pulando no meu pescoço.

Yang mi: EITA, LARGA ELA, ELA É MINHA VIADA!!- Me agarra também.

Yang lee: SUA O K7!!- Me agarra junto e eu fico soterrada.

-SOCORRO!! TRÊS LOKAS ME ESMAGANDO!!- Elas me soltam e nós rimos.

Yang lee: Ei... Yang mi... seu crush ali ó!!- Diz apontando o Suga e o sorriso dos meus lábios se desfaz. Sinto meus olhos marejarem.

Yang mi: É assim? OK, vou ali bater um papinho com o Xiumin!!- Diz rindo más depois me olha- S/N!! TÁ TUDO BEM? VOCÊ TÁ... CHORANDO???- Diz gritando, mas que porra, ela num sabe fala sem gritar. As pessoas nos olham curiosa incluindo as sete razões das minhas lágrimas.

Yang lee: Amiga? o que aconteceu? fala pra gente!!- Eu só enxuguei minhas lágrimas e balancei a cabeça.

-Não nada... eu só...- sou interrompida.

Sun hee: NÃO TEM NADA DE "EU SÓ" FALA LOGO POR QUE CARALHAS VOCÊ TÁ CHORANDO!!- Diz meio que irritada.

-TÁ BOM PORRA, NÃO GRITA COMIGO, ATÉ PARECE QUE EU... Ah esqueçam, tô bem, só meio sentimental.- Falo e olho para os sete sentados no banco com cara de choro. Sun hee acompanha o meu olhar.

Sun hee: Ah mas... me esperem aqui, eu já volto.- A mesma vai na direção deles. MAS QUE PORRA ELA VAI FAZER? Eu e as meninas chegamos mais perto pra escutar.

Sun hee: QUE MERDA VOCÊS FIZERAM PRA S/N?- Diz gritando. NÃO!! AÍ QUÉ PORRA, PORQUE COMIGO? PORQUE ELA ACHO QUE FOI ELES? Ata talvez seja por que eu olhei com cara de choro pra eles né?! Que banza!!

Namjoon: Do que você tá falando?- se faz de desentendido.

Seokjin: Pois é, tomem quero saber!!- Cruza os braços em forma de desentendimento.

Sun hee: OLHA AQUI, SÓ NÃO TE DOU UNS TAPAS NESSA TUA CARA POR QUE ESTAMOS NA ESCOLA!! AGORA, EU SEI QUE VOCÊS FIZERAM ALGUMA COISA E É MELHOR FALAREM SE NÃO...-Ela deixa a frase morrer ali. Eu vou até lá e puxo ela, nem tava sentindo minhas pernas, só tava com medo de que eles fossem fazer algo pra ela.

-Sun, deixa pra lá esquece isso, tá fazendo barraco a toa!!- Digo baixo e segurando seu braço.

Sun hee: Más S/a, eles...- Dou um corte nela.

-Não, nunca aconteceu nada!! Eu chorei por que... sei lá, eu apenas senti falta do Brasil, só isso; mas logo passa, vem vamos antes que as pessoas achem que é treta e comecem a se reunir em volta de nós!!- A puxo pra perto das meninas e o sinal toca.

Yang mi: Olha só, vamos pra sala e... Vê se não faz barraco por nada de novo, Sun hee!!- Fala repreendendo.

Yang lee: Não foi por nada, a S/n tava chorando e olhando pro grupimho do Seokjin ela só quis defender nossa amiga, mesmo que não aconteceu nada de verdade que foi só um engano... ela tava certa em querer defender nossa mozona!!- Fala me abraçando. Sun hee permanecía quieta, ela não engoliu a história do Brasil.

-É mas... foi totalmente desnecessário!! Agora esquecendo de tudo, bora estudar, afinal estamos aqui pra isso!!- Falo as puxando pra sala de aula e como sempre o grupinho do Seokjin já estava lá, o que é estranho já que não tem como eles terem chegado antes de nós, mas eu não ligo!! Me sentei no meu lugar, botei meu fone de ouvido e fiquei escutando Blank space da Taylor Swift até o professor da raba grande entrar na sala.

Mateus: Ah, senhorita S/n, ontem você foi tomar água e não voltou, aconteceu algo?- Disse ele se sentando em sua mesa e fazendo a chamada em silêncio.

-Eu passei mal, fui pro banheiro e pra não atrapalhara sua aula fiquei lá até  a sala estiver vazia para eu pegar meu material.

Mateus: Mas a sala não estava vazia... Namjoon e seus amigo ficaram aqui, estavam estudando eu até pedi a eles para entregarem seu material.- Diz ele e eu fico com uma cara de "Fodeu" Olho pro lado e vejo Sun hee me olhar desconfiada.

-E-eu sei é que... eu esperei a sala ficar vazia no banheiro mas quando eu cheguei aqui, não estava vazia, eles estavam aqui... estudando, peguei meu material e fui pra casa.- Gaguejei no começo mas depois consegui mentir direito.

Mateus: Ah sim... Bom, abram seus livros na página 175.- Disse se levantando. Eu olho pro grupinho do Seokjin e eles estavam como se nada estivesse acontecendo. Que raiva.

{...}

Algumas semanas depois...

Já haviam se passado semanas, mas mesmo assim todas as noites eu acordava chorando e lembrando do que aconteceu. Agora era 6:45 e eu estava andando pra escola, sozinha. As meninas não iam pra aula, Sun hee foi ao dentista, Yang mi ficou doente e Yang lee ficou em casa pra cuidar dela.

Quando cheguei na escola me sentei em um banco e avistei o grupinho do Seokjin do outro lado do pátio. Quando olhei pra entrada vi duas pessoinhas que eu conhecia muito bem... Me levantei e arregalei meus olhos. 

-SEUS PUTOS!! EU TÔ AQUI!!- Grito acenando pra eles e eles vem correndo pra mim. TODOS no pátio pararam só pra observar a cena. A gente se abraçou, chorou, pulou e se abraçou de novo.

Dudu: SENTÍ SAUDADES DAS SUAS LOKURAS!!- Grita também, e todos olham pois ele disse em português.

Jih: Tá tudo bem? Resolveu aquele problema?- Eu assenti e nós nos abraçamos de novo.

Dudu: Onde é o quadro de turmas?- diz separando o abraço.

-É ali mas eu não quero ir perto daqueles garotos lá!- Falo apontando pro quadro de turmas que está bem ao lado do banco onde se encontra o grupinho do Seokjin.

Dudu: E porque não?- Perguntou.

-Não gosto deles.- Digo dando de ombros.

Jih: São uns gatinhos, porém prefiro os boy do Brasil.- Revirei os olhos.

Dudu: Cala a boca, você não prefere nada. Vamos logo.- Ele nos puxa até o quadro de turmas. Por sorte, Dudu ficou na mesma sala que eu mas como a Jih é mais velha ficou na turma do terceiro  ano.

Dudu: Haha!! Ficou sozinha em quanto eu fiquei com a mozona!!- Diz e o grupinho do Seokjin nos olha.

Jih: Eduardo Navarro...- Diz irritada.

Dudu: Eduardo Navarro...- Diz imitando o tom de voz dela.

Jih: Me respeita, eu sou sua irmã mais velha!!- Fala ficando vermelha de raiva.

Dudu: Me respeita, eu sou sua irmã mais velha!!- Diz rindo e eu acompanho a  risada.

-Olha só meu amor e minha amora, deu de briga!! No recreio nós nos falamos tá, mozona?- Digo rindo.

Namjoon: S/a, quem são eles hein.- Diz Namjoon sorrindo e pondo o braço em volta dos meus ombros e eu fico tipo "Socorro"

-Não me tisca!!- Falo tirando o braço dele e indo pra perto do Dudu. Minha vontade agora é gritar chorar e morrer.

Jih: OMG!! Isso são... COVINHAS!!-Diz apertando as bochechas de Namjoon e eu faço uma cara de reprovação e Eduardo tira as mãos dela das bochechas dele.- Sai Dudu!! Vou falar pro pai!!

Dudu: A la, só fala bosta!! Cala boca Jiovanna.

-Tá tá tá tá tá!!- Digo imitando o professor Girafales.

Dudu: Aí que burro da zero pra ele!!- Diz imitando o chaves e rindo de mim.

-Eduardo!! Você não me irrita se não eu ligo pra Ritinha agora é conto pra ela da sua quedinha!!- Digo puxando sua orelha.

Dudu: Aiaiai!! Tá maluca? Faz isso não!! Eu vim lá da puta que pariu apenas pra te ver e você me trata assim? OK, eu vou pra casa, já que você não me ama mais, fica aí, com a sua Jiovanninha!! Depois, não me pede pra rackear os face dos seus crush, que eu não vou fazer!! Porque isso... Isso é uma injustiça contra minha pessoa que é tão boa pra você, e sempre teve do seu lado, e te deu cola em matemática é ciências e inglês a vida toda!!- Fala fazendo drama.

-Você tá pior que a novela Violetta!! Amor; drama, drama e mais drama!! E você me deu cola nessas matérias mas eu te dei cola em história, geografia, português, espanhol e literatura, porque você é uma merda quando se trata dessas matérias.- Disse e a Jih e eu e até o grupinho do Namjoon riu também.- Tá vamos, vou mostrar sua sala Jih e Dudu vem comigo.- Saio puxando eles.

{...}

O Dudu sentou do meu lado hoje, e ficamos conversando a aula toda, que nem no Brasil.

Tocou o sinal pro recreio e saímos e fomos pra lanchonete e sentamos na mesma mesa que eu sento com as meninas. E logo a Jiovanna apareceu gritando no meio da lanchonete.

Jih: EDUARDO E S/N, EU FIQUEI PROCURANDO VOCÊS PELA ESCOLA TODA E QUASE ME PERDI E VOCÊS ONDE? COMENDO!!  EU VOU CONTAR PRO PAPAI QUE VOCÊ ME DEIXOU SOZINHA, NO PRIMEIRO DIA, E EU NEM TENHO AMIGOS!!- Diz furiosa e provocando risadas dos outros inclusive de mim e do Dudu.

-Jih!! Não estamos mais no Brasil, você não pode gritar assim, não é que nem lá que você grita e todos acham normal!!- Digo rindo.

Dudu: É sua anta!!- Diz e ela revira os olhos e se senta ao meu lado.

Seokjin: S/n, podemos falar com você?- Seokjin brota ao nosso lado.

-Kim Seokjin? Não vocês não podem falar comigo.- Digo bufando.

Dudu: Uia!! Trocou a ferradura, mozona?- Diz rindo.

Yoongi aparece ao nosso lado.

Yoongi: Fica na tua, estrangeiro!!- Fala ríspido.

Jih: Cala a boca aí o folha de ofício!! Num fala assim com meu irmão, a não ser que queira arruma treta comigo!!- Diz se levantando.

-Pera, Jih, mal chegou e já de treta? Não né!! Ainda mais com esses aí... 

Jih: Comassim?- Pergunta ela confusa.

-Lembra aquela vez que você me ligou e... Bom você sabe né?!- Digo lembrando do que aconteceu no pior dia da minha vida.

Jih: Sim, ah miga, eu chorei por você e...- Ela para é olha pro Suga.- NÃO! Foi...- Eu abaixo a cabeça e ela toma isso por um sim.- Saiam daqui vocês dois agora!! Fiquem longe da minha amiga!!- Diz baixo para que os demais alunos não ouçam. 

Namjoon: O que tá acontecendo? Jin, a gente falou pra você chamar a S/n e vocês ficaram de treta!!

Jih: O das covinha, fica longe!! Olha aqui... Se o folha de ofício ou qualquer um de vocês chegar perto da minha mozona de novo eu mato vocês e mando vocês pro inferno!! Tá me entendo??- Diz apontando pra eles.

-Não, Jih... Não faz isso por favor, você prometeu!!- Falo sussurando. 

Jih: Eu prometi não contar pra tia Rebeca, pro tio Carlos, pro Eduardo e pro Richard!! Mas eu prometi também que quando encontrasse quem mexeu em você ia matar e é o que...- Ela é interrompida por Eduardo.

Dudu: Comassim? Que porra que tá acontecendo? Do que você tá falando Jiovanna?- Ele se altera.

-Nada...- Digo de cabeça baixa.

Seokjin: Lembra do que eu disse? "Isso nunca aconteceu". Você...- Eu começo a chorar. 

-TÁ CALEM SUAS BOCAS!! MAS QUE MERDA SAIAM DE PERTO DE MIM, VOCÊS JÁ NÃO...- Minha voz falha.- Eu vou pra sala.- Me levanto e saio da lanchonete. 

{...}

Eu tava de cabeça baixa na minha carteira até que alguém se senta ao meu lado.

??: Desculpa a gente?- Essa voz era do Seokjin!! Eu ergui a cabeça lentamente e vi que ele não tava sozinho.

-Por favor, me deixem sozinha...- Falo chorando- Eu quero que vocês fiquem longe de mim.

Jimin: Todos estão na educação física agora, o sinal já tocou você tem que ir pra lá se não vai ganhar falta.- Diz ignorando meu pedido.

-CALA A BOCA PARK JIMIN!! EU TE ODEIO, ODEIO VOCÊS TODOS!!- Digo gritando.

Tae: A gente só quer te pedir desculpas!!- Diz ele meio... triste?!

-E eu só quero esquecer tudo que aconteceu e fingir que vocês não existem, mas querer não é poder né?! que pena!!- Falo sarcástica.

Suga: Ah para de ser ignorante garota!!- Fala ríspido. Ata!! Eu? A ignorante? Tá bom.

-Tá, vocês me molestarae eu sou a ignorante? Legal,  ok!! Ah cala a boca, vai tomar no seu cu!! Me deixa em paz.-Aff!! Vou dar um soco na cara desse branquelo!! 

Suga: NÃO ME MANDA CALA A BOCA SUA...- Eduardo entra na sala e me puxa pra perto dele. 

Dudu: Por que você não me contou?- Fala me abraçando- Você deveria ter deixado a Jih me contar, sou seu amigo né?!- Ele diz fazendo cafuné na minha cabeça.

Jungkook:  Desculpa atrapalhar o momento fofo mas...- É interrompido por Eduardo que da um soco na cara dele.

Dudu: Você, cala, a, sua, boca! Seu merda!!!- Diz pausadamente. Jungkook apenas ri. Como assim ele tá rindo? 

-Eduardo!! Tá venu? É exatamente por isso que eu não falei!!- Digo dando um tapa na sua testa.- E... eu tô tentando esquecer.

J-hope: Na Bíblia diz que é impossível esquecer sem perdoar.- Oia la, só fala bosta.

-Não apela não o risadinha!!- tá ele tem razão, na bíblia tem mesmo isso.- Tá... Se eu disser um "Ta de boas" ... me deixam em paz?- Eles fizeram um sim em uníssomo.- Tá de boas!! Vem Eduardo.- Puxo ele e ele fica tipo "Você é doida?" 

{...}

A aula terminou. Fui pra casa, Jih e Dudu me acompanharam até em casa. Quando eu cheguei, mamãe e papai não estavam em casa, deveriam estar no trabalho. Fui pro meu quarto e vesti meu pijama do Pikachu e fiquei assintindo animes pelo tablet.  Acho que dormi enquanto assistia porque não lembro de mais nada.

[ continúa... ]





Notas Finais


Tchau \(^_^)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...