História Mensagens - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Bts, Mensagens, Suga
Exibições 50
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Então era você.


— Suga? — o analisei e ele se desencostou do muro, me aproximei lentamente e seu olhar subiu do chão para meu rosto. Ele esticou sua mão.

— Min Yoongi. — sorri e estiquei minha mão para cumprimentá-lo formalmente. — Não vai me dizer seu nome? 

— Ah, certo. — desfiz nosso aperto de mãos. — Kwon JanHi. 

Ele assentiu e olhou para os lados provavelmente envergonhado de eu estar olhando-o como se fosse um objeto não identificado. Para quebrar o gelo encostei-me no muro ao seu lado e guardei eu celular no bolso.

— Por que você confia em um estranho? 

Voltei a olhá-lo, ele ficava bonito visto desse ângulo de lado. Foi aí que fiquei pensativa, por que eu sinto confiança em um desconhecido que me enviou uma mensagem estranha e depois começou a querer saber sobre mim? E o pior, eu respondi. 

— Para ser sincera, eu não sei. Apenas acho que ele não quer me fazer mal. 

— Você acreditaria em mim? — ele finalmente me olhou e quis entender o motivo de ter me perguntado isso. — Digo, você acredita em quem nem conhece.

— Uau. Nunca pensei que ia estar falando algo do tipo com um idol. 

Observei um sorriso formar em seus lábios. 

— Não sou um idol. Trate-me normalmente, por favor.

Eu assenti. 

— Desculpa. Acho que meu amigo secreto não vai vim. — abaixei meu olhar para o chão.

— Mas ele está aqui. Vou dizer alguns fatos sobre mim: Gosto muito de dormir e pertenço a uma empresa. 

— Yoongi?! Do que está falando? 

Ele balançou seu celular na minha frente. 

— Eu disse que viria. 

— Você não está falando sério. — peguei meu celular e na mesma hora digitei uma mensagem para o suposto Min Yoongi.

Eu: Você não vai vim? 

A tela do celular dele brilhou e percebi que minha mensagem havia chegado lá. 

— Meu Deus. — abri minha boca, pasma. — Como isso foi acontecer? 

— Naquele dia eu estava esperando uma trainee, ela vai ser a rapper do grupo e marcou comigo e com o Namjoon de ensaiarmos e passarmos algumas dicas para ela. Só que como ela demorou o Namjoon me passou o número que ele tinha anotado no celular dele, só que eu troquei o final sem querer e caiu no seu celular. 

— Eu pensei que fosse qualquer um, estranhei quando você falou sobre gostar de você. Agora entendo. 

— E eu pedi uma foto sua para saber quem era você no fansign mais cedo, mas você nem sequer me olhou. 

— Desculpa, me sinto envergonhada em dizer que não gosto de vocês. 

— Está tudo bem, ninguém é obrigado a gostar. Pelo menos sei que é sincera. Agora podemos sair daqui? 

— Sair? Para onde?

Yoongi segurou minha mão e eu o observei, mas ele parecia estar acostumado a fazer isso e me puxou para longe do restaurante em que estávamos sem dar explicações aos outros. Passamos pelos becos escuros para evitarmos de encontrar pessoas que o reconhecessem, mesmo ele estando de boné. 

— Yoongi! Para onde vamos? — indaguei quando adentramos um prédio e pegamos o elevador, o observei apertar o botão do trigésimo sexto andar. — Tenho medo de altura.

— Relaxa, também tenho. 

Quando chegamos saímos do elevador e eu tive a visão da cidade, haviam outros prédios maiores, mas mesmo assim eu conseguia ver maior parte de tudo. 

— Por que me trouxe aqui? — virei-me e o observei sentado sobre uma espécie de latão, Yoongi parecia pensativo, então preferi não perturbá-lo. 

Voltei minha atenção à cidade e aproveitei para tirar uma foto da paisagem, observei também uma mensagem da Eun Bi e fui ler.

Melhor amiga: Você viu o Suga? Os rapazes estão procurando ele para poderem ir embora. 

Eu: Obrigada por não sentir minha falta.

Melhor amiga: Espera, vocês estão juntos? Onde?

Eu: Não faço a mínima, mas parece que ele não vai embora. Irei perguntar, espera.

Melhor amiga: Ok. Me fala depois. 

Aproximei-me de Yoongi mesmo não querendo incomodá-lo e balancei minha mão na frente de seu rosto.

— Seus amigos estão lhe procurando. 

— Eles não me mandaram mensagem nenhuma. — ele pegou seu celular e verificou. — Viu?! Não tem nada.

— Minha amiga que mandou a mensag...

— Deixa isso. Tá bom? 

Ele pegou o celular da minha mão e o guardou em seu bolso do casaco, seu braço envolveu minha cintura e ele me puxou para mais perto.

— Vamos apenas nos divertir. 

Fechei meus olhos esperando por algo, mas apenas ouvi sua risada e abri meus olhos novamente.

— Não quero saber dos meus amigos por enquanto, quero apenas ser eu mesmo. 

Engoli à seco envergonhada e assenti, então afastei-me novamente.

— Escuta, Yoongi. Isso acabou, né? Agora que eu descobri quem era nas mensagens, não tem o porquê de continuarmos nos falando. 

— Hã? Por que não? 

— Não vai dar, de jeito nenhum. Me desculpa, Min Yoongi. Não quero me envolver com pessoas como você.

Coloquei minha mão em seu bolso e peguei meu celular.

— Vou voltar e fingir que nunca nos falamos. — comecei a andar em direção do elevador.

— Por que está fazendo isso, JanHi? Você não quer ser minha amiga? 

— É isso, Yoongi. Eu esperava ser alguém normal, alguém fácil de lidar. 

Entrei no elevador e o observei, o vento batia em sua roupa e tudo que eu vi antes da porta se fechar foi ele esticando sua mão.

Apertei o botão do térreo e suspirei.

Eu conheci Min Yoongi. Troquei mensagens com ele pensando ter sido outra pessoa, como isso tudo foi acontecer? Por que eu tive o pensamento de que ele iria me beijar? Como alguém consegue me confundir? Por que fui dramática dizendo que não quero a amizade dele? 

O que esse cara tem que me deixa sem certeza do que fazer? 

No meu celular havia uma mensagem.

Número Desconhecido: Não faça isso, JanHi. Você é a única pessoa que não surtou ao me ver. Por que não fazemos isso do jeito certo? 

Eu não respondi.

No térreo me surpreendi ao ver muitas pessoas acumuladas e todas me olhando estranho.

— Você viu o Suga? — era a única pergunta que todos me faziam, mas eu apenas balancei a cabeça negando. — Diga que sim, por favor. Pessoas nos disseram que ele veio para cá.

— Me desculpa, eu não o vi. 


Notas Finais


Não culpem a JanHi, ela apenas não quer virar sua vida de cabeça para baixo ~coitada~
Essa fanfic não será muito grande, mas ainda não está acabando.
Obrigada pelos comentários, adoro ler a interação de vocês com a fic ^^
Eu tava depressiva, por isso esse cap foi depressivo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...