História Mensagens - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Personagens Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson
Tags Matthew Espinosa, Mensagens, Texting
Visualizações 163
Palavras 898
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


chegou a hora, boa leitura ♥

Capítulo 50 - Summer


Faz algumas horas que eu estou em LA, mas ainda não me encontrei com o Matt. Eu pedi que ele não fosse me buscar no aeroporto porque eu sabia que poderíamos encontrar muitas fans e ele teria que da atenção a elas. Eu não queria que nos conhecêssemos pessoalmente dessa maneira, com tantas pessoas querendo a atenção dele e sem podermos conversar direito. Eu queria que fosse o mais leve e sem pressão possível, então um encontro também não seria o ideal. Claro que eu quero ter um encontro com ele, mas não precisava ser agora. No fim decidimos sair todos juntos para um pub, os amigos dele e as minhas. Eu me senti mais segura por conhece-lo dessa maneira. Até achei que ficaria menos nervosa, mas não está funcionando.   

— Para de andar de um lado para o outro que você vai acabar me dando uma notificação de perturbação no meu primeiro dia – Luiza disse me olhando de cara feia. 

— Foi mal – respondi me sentando e começando a roer a unha. 

— Para com isso – Maya bateu no meu braço fazendo eu tirar a unha da boca – deu trabalho pra deixar essa unha linda assim e você não vai estragar.  

— Eu to tão nervosa – falei me levantando e indo até o espelho que tinha na sala - estou bonita? - perguntei me olhando no espelho. 

Eu estava usando um short jeans, meia calça, uma blusa preta que realçava meus seios, coturno médio e um casaco camuflado. 

— Você esta linda, perfeita – minha prima disse. 

— Fica calma, vai da tudo certo – Maya disse se aproximando e me abraçando - podemos ir? O taxi chegou. 

Afirmei com a cabeça e peguei meu celular em cima da mesa. Pedi que a Maya guardasse as minhas coisas em sua bolsa e então descemos e entramos no taxi. Recebi uma mensagem do Matt dizendo que eles já tinham chegado e estavam em uma mesa do canto, fiquei mais nervosa ainda. Levamos cerca de 15 minutos pra chegar no local.  

— Ei respira – Maya me disse e assim eu fiz. 

— Vai da tudo certo – Luiza falou – vamos?  

Assenti e nós entramos no pub. All That Matters do Justin Bieber invadiu os meus ouvidos e eu dei um sorriso fraco sem mostrar os dentes. Percorri meu olhar sobre todas as mesas do local e ele parou em uma pessoa. Era ele. Assim que os nossos olhares se cruzaram o meu coração acelerou. Matt sorriu enquanto se levantava e eu não consegui evitar abrir um sorriso. Meus pés grudaram no chão enquanto ele caminhava na minha direção e tudo que eu conseguia pensar era em quão lindo ele é. Assim que ele chegou perto o suficiente a minha ficha caiu e eu me joguei em seus braços lhe dando um abraço apertado. Depois de meses conversando apenas por mensagem, ele finalmente estava aqui na minha frente. 

— Você não tem ideia de como eu queria isso, anjo – ele disse no meu ouvido. 

Seu cheiro me invadiu e eu fechei automaticamente os olhos o apertando mais ainda.  

— É muito bom estar finalmente com você – falei nos seus ouvido e percebi que ele se arrepiou. 

Quando nos separamos ele me olhou de cima a baixo e deu um sorriso tordo. 

— Você é ainda mais linda pessoalmente – senti minhas bochechas esquentarem e sorri abaixando a cabeça. 

— Oi Matt, eu sou a Maya – minha amiga disse cortando o clima. 

Depois de uma pequena sessão de apresentações nos sentamos todos juntos. Além de Matt e Sammy também estavam ali Cameron e Shawn e eu fiquei orgulhosa da minha melhor amiga não ter dado uma de fã maluca, mas o sorriso no rosto dela mostrava como estava feliz por estar ali com alguns de seus ídolos.  

Eu me sentei ao lado do Matt e ficamos conversando sobre diversas coisas durante a noite. O meu nervosismo desapareceu no segundo em que coloquei os olhos nele. Eu tinha medo que fossemos ficar desconfortáveis pessoalmente ou que fosse estranho, mas foi exatamente o contrário. Nunca me senti tão bem na companhia de uma pessoa como estava me sentindo com ele.  

O local começou a ficar cheio e o pessoal resolveu ir dançar na pequena pista de dança dali. Sobramos apenas o Matt e eu na mesa. 

— Eu nem acredito que você ta aqui, que você é real – ele disse com um sorriso bobo no rosto. 

Estávamos sentados no mesmo sofá, porem um virado para o outro. De pertinho eu podia perceber cada traço dele, cada pintinha, a forma como o cabelo dele fica jogado, o desenho da sua boca. Eu não conseguia entender como um ser humano consegue ser tão bonito assim.  

— Você é linda demais, Summer – ele disse colocando uma mexa do meu cabelo atras da orelha. Senti minhas bochechas esquentarem e sorri – ainda mais com vergonha – ele disse dando uma risadinha – eu quero te perguntar uma coisa. 

— Pode falar, Matt. 

— Eu.. - ele disse e engoliu a seco, parecia estar nervoso – eu queria saber se você quer sair comigo amanha? Tipo, só eu e você, sabe? - ele me olhou com uma expressão preocupada. 

— Um encontro? - perguntei. 

— Sim, um encontro – ele afirmou e eu senti as famosas borboletinhas no meu estomago. 

— Com certeza eu quero sair com você - respondi e ele abriu um sorriso lindo, daqueles que te deixam sem ar só de olhar.  

Matt me dava sensações novas e eu estava gostando demais daquilo. 


Notas Finais


Awn, fofenhos ♥

Preciso saber uma coisa de vocês, querem que o encontro deles seja narrado pela Summer ou pelo Matt?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...